CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

PERIGO NO PENSAMENTO (DÉCIMAS)

Para versos tenho insumos
-Realidade e fantasia
O pensamento me guia
Sigo os mais diversos rumos
Tronco velho desses ramos
Já fui ramo de ancestrais
Dos quais eu trago sinais
Que tento passar adiante
Como mero coadjuvante
Dos meus avós e meus pais

Porém, a bem da verdade
Sem tapar sol com peneira
Minha rima é verdadeira
De pura sinceridade
Tem desprezo por vaidade
Mas dela não sou isento
Creio que só seja, o vento
Que à toa sopra apenas
Não escreve cantilenas
E nem versos de lamento

Como que num labirinto
Vivo em vários momentos
Expresso meus sentimentos
Falo a verdade e minto
Vou do meu ao seu recinto
Invisível, silencioso
Confesso ser perigoso
Porém não cedo ao pedido
Também penso igual bandido
Mas imito um ser bondoso

Nessa estação triste e fria
De inverno, que eu detesto
Faço aqui o meu protesto
Através da poesia
E ao contrário desse dia
Que alcança tanta gente
O meu verso consciente
Que tão pouca gente alcança
Afirma que só criança
Nesse mundo é inocente.

Sérgio da Silva Teixeira
BAGÉ/RS/BRASIL.

Submited by

quinta-feira, junho 27, 2024 - 13:09

Poesia :

No votes yet

Sérgio Teixeira

imagem de Sérgio Teixeira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 dias 5 horas
Membro desde: 01/24/2011
Conteúdos:
Pontos: 855

Comentários

imagem de J. Thamiel

Caro poeta

> Reto e claro:
um dos mais belos poemas
que já li.

J. Thamiel

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Sérgio Teixeira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral APAGÕES 2 415 07/20/2024 - 23:03 Português
Poesia/Geral RIMAS QUÂNTICAS 0 114 07/10/2024 - 18:25 Português
Poesia/Geral CONTAGEM REGRESSIVA 2 367 07/10/2024 - 18:03 Português
Poesia/Geral PERIGO NO PENSAMENTO (DÉCIMAS) 1 365 06/27/2024 - 16:00 Português
Poesia/Soneto QUANDO O SONO ME ABANDONA 2 449 06/25/2024 - 16:30 Português
Poesia/Soneto SONNETO DE LA ESPERANZA 1 1.067 06/24/2024 - 20:28 Espanhol
Poesia/Geral O VERSO E O REVERSO 0 129 06/10/2024 - 21:45 Português
Poesia/Geral EU E O CHÃO DO PÁTIO 0 315 05/23/2024 - 23:35 Português
Poesia/Geral INCREDULIDADE 0 525 04/19/2024 - 18:10 Português
Poesia/Soneto SONETO DE DIA E NOITE 0 370 04/17/2024 - 00:39 Português
Poesia/Meditação O ÓCIO E A GANGORRA 0 243 03/07/2024 - 00:14 Português
Poesia/Tristeza POESIA CATASTRÓFICA 0 263 03/03/2024 - 21:20 Português
Poesia/Soneto SONETO DO MEDO 0 231 03/02/2024 - 00:39 Português
Poesia/Geral PRINCÍPIOS (IA) 0 334 02/20/2024 - 17:48 Português
Poesia/Geral TEMPO DA GRAÇA - (O CAOS NO COMANDO) 0 578 01/12/2024 - 02:10 Português
Poesia/Geral O DIA SEGUINTE 0 285 12/24/2023 - 20:25 Português
Poesia/Soneto SONETO À ESPERANÇA 2 1.544 12/19/2023 - 18:54 Português
Poesia/Geral DE QUEM VIAJA NO TEMPO 2 1.813 12/15/2023 - 16:34 Português
Poesia/Geral A MESMA COISA DIFERENTE 0 252 12/03/2023 - 17:09 Português
Poesia/Geral RASTROS DE VERSOS 0 297 11/25/2023 - 18:11 Português
Poesia/Geral DISTRAINDO O TEMPO 0 410 11/10/2023 - 14:14 Português
Poesia/Geral MINHAS MADRUGADAS 0 426 10/28/2023 - 15:11 Português
Poesia/Geral DESPEDIDA 0 295 09/04/2023 - 15:35 Português
Poesia/Geral SETEMBRO PRESENTE 0 454 09/01/2023 - 14:57 Português
Poesia/Dedicado ORAÇÃO DE AMÉM A MIM 0 437 08/24/2023 - 22:16 Português