CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Poetas, artesãos da vida

Sejam agradáveis as palavras da minha boca
Seja agradável a meditação do meu coração
As palavras que saem da minha alma
A meditação que faz a reflexão
Sobre o mundo e sobre a vida
Que aborda com audácia e realismo
O drama vivido pelo ser humano
Diante das adversidades da existência...

Que seja bálsamo ao descrever tragédias
Mas que sejam eufóricas
Ao exaltar os momentos de glórias.

O poeta, artesão da vida,
Descreve em suas palavras
As belezas naturais da vida
Os seus olhos veem a perfeição
Enxerga com riquezas de detalhes
E enche o coração das pessoas sensíveis
As quais se deslumbram de contentamento.

A poesia é de linguagem universal
Fala ao coração do ser humano
Na sua intimidade
Na sua consciência
A poesia fala de tudo
Nunca se cansa, nunca se esgota.

A poesia, às vezes, quer ser apenas compreendida
Outras vezes,
Ela quer simplesmente ser amada
Apreciada em sua verdadeira essência.

O poeta, artesão da vida,
É uma pessoa comum, falível
Sujeito às paixões da vida.
Mas os poetas
São inspirados
E escrevem suas poesias
Com a alma
Na sinceridade dos seus pensamentos
E, com isso,
Revelam a alma de todas as pessoas
Sensíveis e apaixonadas.

É pela pena dos poetas
Que o ser humano é descrito
Os poetas traçam o perfil da conduta humana
Diante das adversidades,
Falam dos sofrimentos,
Descrevem os prazeres e alegrias,
As escolhas,
As incertezas,
A fé e a razão.

A vida diante do poeta
É como uma tela de um pintor,
Como uma prancheta para o arquiteto,
Uma melodia para o músico...

Os poetas, artesãos da vida
São coautores de verdadeiros
E exuberantes momentos da humanidade!

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

quinta-feira, abril 21, 2022 - 16:09

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 dia 11 horas
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 7727

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Intervenção Sustentabilidade 3 25 05/20/2022 - 22:22 Português
Poesia/Amor Se te amo tanto assim 3 53 05/20/2022 - 18:32 Português
Poesia/Desilusão A maior de todas as mentiras 3 44 05/19/2022 - 18:55 Português
Poesia/Pensamentos De mãos dadas com a Morte 3 107 05/18/2022 - 18:53 Português
Poesia/Pensamentos Do pensamento 3 86 05/17/2022 - 18:36 Português
Poesia/Desilusão O teu olhar 3 51 05/16/2022 - 23:29 Português
Poesia/Intervenção Destruam essa arte 3 50 05/16/2022 - 18:38 Português
Poesia/Desilusão Silenciosa sombra de solidão 3 51 05/16/2022 - 12:38 Português
Poesia/Amor Saber entender, crescer e viver 3 80 05/13/2022 - 19:25 Português
Poesia/Meditação Cantem as canções que não escrevi 3 62 05/12/2022 - 22:56 Português
Poesia/Tristeza Alma em suplício 3 52 05/11/2022 - 23:12 Português
Poesia/Meditação Feliz com sua presença 3 79 05/11/2022 - 18:42 Português
Poesia/Desilusão Insensatez 3 69 05/10/2022 - 18:37 Português
Poesia/Pensamentos Eu navegarei 3 62 05/09/2022 - 23:13 Português
Poesia/Pensamentos Fantasmas de um tempo passado 3 122 05/09/2022 - 13:28 Português
Poesia/Dedicado Mãe, o maior amor que pode existir 3 79 05/08/2022 - 20:33 Português
Poesia/Dedicado Mãe - Eu canto a ti o amor! 3 72 05/06/2022 - 23:57 Português
Poesia/Meditação Dias melhores virão 3 129 05/06/2022 - 19:01 Português
Poesia/Meditação A impossibilidade física da morte na mente de alguém que está vivo 3 77 05/05/2022 - 19:11 Português
Poesia/Meditação O peso do mundo 3 66 05/04/2022 - 23:02 Português
Poesia/Meditação E se não estiver tudo bem? 3 80 05/04/2022 - 18:45 Português
Poesia/Amor Inimaginável 3 83 05/03/2022 - 18:34 Português
Poesia/Tristeza Querida solidão 3 83 05/02/2022 - 18:29 Português
Poesia/Intervenção Não lastimo o próximo perigo 3 127 05/02/2022 - 12:41 Português
Poesia/Pensamentos Palavras apenas não servem 3 72 04/30/2022 - 21:59 Português