CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

QUANDO SOAR A TROMBETA DO ANJO

Somente agora vos preocupais e lamentais, pobres humanos?

Lembra que teu narcisismo te fazia carregar o espelho na mão.
Tudo era tão belo, tão singelo, tão admirável de se contemplar.
Enquanto eras feliz, passaram-se os dias, os meses, os anos.
Parecia impossível a proximidade do fim. Todo aviso foi em vão.
Não crestes que este céu azul poderia despencar sobre o mar,

Tu não percebias a fragilidade da tua raça, do teu belo planeta.

Foste  sábio rei onipotente dominando sobre todas as criaturas
e o tempo ia passando e achaste que tudo poderias conquistar.
Não acreditastes no aviso de que antes do fim soaria a trombeta.
E agora, volátil, inexistente, curtes arrependimentos, amarguras,
procurando o teu corpo integrado na natureza simbiótica do mar.

J. Thamiel
Guarulhos, 17.01.2021
10:32h

Submited by

domingo, janeiro 17, 2021 - 18:15

Poesia :

No votes yet

J. Thamiel

imagem de J. Thamiel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 horas 48 minutos
Membro desde: 05/02/2016
Conteúdos:
Pontos: 3526

Comentários

imagem de Maria Letra

QUANDO SOAR A TROMBETA DO ANJO

Este poema é uma fonte de reflexão, J. Thamiel e, por incrível que pareça, os pontos importantes nele abordados "dariam pano para muita manga".(No Brasil conhecerão este dito popular, certamente).
Há muitos anos que reflicto sobre o tema que abordou poeticamente, tema este que me seduz, mesmo não tendo nunca chegado a qualquer conclusão que me levasse a desviar a minha atenção da História que estudei, para enveredar por outras convicções.
Somos meras peças de um "jogo de xadrez". Movimentamo-nos sobre uma plataforma imaginária, muito delicada, a que chamo Universo. Temos sobre ela um bom número de "peões distraídos" que vivem no estado "ZEN". Será de esperar que se esse seu estado se mantiver, apareça um "cheque-mate" de qualquer ponto da plataforma, que surpreenderá até as peças mais seguras "do chão que pisam". Perdoe-me a divagação, amigo J. Thmiel.
Parabéns pelo seu poema.

imagem de J. Thamiel

Muito feliz eu fiquei com seu

Muito feliz eu fiquei com seu comentário.

imagem de Odairjsilva

Excelente

Meu nobre amigo. Fiquei deveras arrepiado com esse magistral texto. Faz-nos pensar seriamente na nossa vida. Abraços poéticos!!!

imagem de J. Thamiel

Na verdade antigamente eu

Na verdade antigamente eu escrevia
muita coisa assim e nem sabia o motivo.
Então, me chamavam de poeta louco.

Mas, depois lendo com atenção eu entendia
que era para mim desabafo e lenitivo,
e que loucura todos nós temos um pouco.

imagem de Ana Martins

QUANDO SOAR A TROMBETA DO ANJO

Um poema para ler, reler e meditar, que a trombeta do anjo toca quando menos esperamos!
Gostei muito, poeta J. Thamiel.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of J. Thamiel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor PERDIDOS NO TEMPO 0 147 02/25/2021 - 21:55 Português
Poesia/Poetrix GUARULHOS HOJE 0 110 02/23/2021 - 19:03 Português
Poesia/Amor O MAIS BELO POEMA FEITO PARA VOCÊ 0 264 02/18/2021 - 19:19 Português
Poesia/Amor TUA BELEZA 0 162 02/15/2021 - 12:49 Português
Poesia/Amor O ETERNAMENTE 0 247 02/15/2021 - 11:39 Português
Poesia/Amor UMA ILUSÃO LETAL 1 223 02/13/2021 - 19:20 Português
Poesia/Geral JOSÉ DE TAL 1 71 02/10/2021 - 21:42 Português
Poesia/Geral CORAL DE MARMANJOS 1 122 02/10/2021 - 21:27 Português
Poesia/Geral E, AS VACAS ? 1 151 02/10/2021 - 21:20 Português
Poesia/Geral PORQUE ME TORNEI POETA 4 199 02/10/2021 - 11:36 Português
Poesia/Amor FLORES DE HORTELÃ 0 148 02/05/2021 - 22:55 Português
Poesia/Haikai VENTO ANDALUZ 0 153 02/05/2021 - 17:27 Português
Poesia/Fantasia SOLIDÃO - (Rimas interpoladas) 3 187 02/04/2021 - 09:24 Português
Poesia/Fantasia H A R M O N I A 3 131 02/03/2021 - 21:26 Português
Poesia/Fantasia TROAM TROVAS TRIVIAIS 0 143 02/03/2021 - 19:44 Português
Poesia/Desilusão SONHO PERDIDO - (ensaio de rimas) 0 141 02/03/2021 - 17:56 Português
Poesia/Geral PALAVRA NÃO IMPRESSA 3 184 02/02/2021 - 16:12 Português
Poesia/Amor PAIXÃO 0 109 02/01/2021 - 19:03 Português
Poesia/Dedicado CASTRO ALVES, estrofes IV e V 4 356 01/29/2021 - 21:56 Português
Poesia/Geral TIVE TANTAS VISUALIZAÇÕES... 4 130 01/29/2021 - 01:02 Português
Poesia/Geral O POETA FERIDO 1 125 01/28/2021 - 21:58 Português
Poesia/Amor TER NA MENTE 1 90 01/28/2021 - 21:54 Português
Poesia/Amor O NASCER DA POESIA 1 136 01/28/2021 - 21:52 Português
Poesia/Geral O REGATO 1 123 01/27/2021 - 15:06 Português
Poesia/Geral P A R A D O X O 1 108 01/27/2021 - 15:04 Português