CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

AS RUÍNAS DA CAPELINHA

Beirando a cerca, ali na invernada
feito roupa branca quarando no varal,
corre uma seriema garbosa e assustada,
porque a noite logo vai jogar as trevas no umbral

da velha capelinha branca em ruinas. E, perto dela
lá na curva do caminho foi que mataram o peão,
que dedilhava na viola caipira, em sua sela,
para seu único amor, uma nova canção.

A seriema, com certeza, sabe da estória
da menina apaixonada, que morreu de tanto amor.
Ela ainda mora na capela, numa obsessão alucinatória,
e jura que vai segui-lo em outra vida por onde ele for.

As pessoas contam causos e evitam por ali passar.
O riacho transparente, que de dia corre melodioso e sereno,
ao cair da noite se turva. Parece rouco e tristonho a soluçar.
Eu já passei ali, e quem se arrepia eu não condeno.

J. Thamiel
Guarulhos, 20.03.2020
20:03h

Submited by

sexta-feira, março 20, 2020 - 18:54

Poesia :

No votes yet

J. Thamiel

imagem de J. Thamiel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 horas 11 minutos
Membro desde: 05/02/2016
Conteúdos:
Pontos: 3002

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of J. Thamiel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão Longa Espera 0 166 04/04/2020 - 15:19 Português
Poesia/Fantasia ÊXTASE 0 187 03/23/2020 - 16:58 Português
Poesia/Geral A TI SENHOR, TE PEÇO 0 79 03/22/2020 - 20:18 Português
Poesia/Geral Caros poetas 0 149 03/21/2020 - 23:29 Português
Poesia/Desilusão AS RUÍNAS DA CAPELINHA 0 286 03/20/2020 - 18:54 Português
Poesia/Fantasia VALSA AO LUAR 0 199 03/14/2020 - 13:26 Português
Poesia/Geral E NO SÉTIMO DIA DESCANSOU... 0 195 03/09/2020 - 14:48 Português
Poesia/Geral CABOCLO 0 260 03/03/2020 - 19:40 Português
Poesia/Meditação QUO VADIS? 0 241 02/27/2020 - 16:05 Português
Poesia/Fantasia OS DRACONIANOS 0 356 02/15/2020 - 15:32 Português
Poesia/Amor ¿Quien soy yo? 0 352 01/25/2020 - 13:04 Português
Poesia/Amor ¿Quien soy yo? 0 364 01/25/2020 - 13:00 Espanhol
Poesia/Desilusão DIABÉTICOS 0 328 01/20/2020 - 18:27 Português
Poesia/Meditação INTROSPECTO 0 302 01/19/2020 - 14:48 Português
Poesia/Pensamentos VADE RETRO 0 197 01/17/2020 - 13:49 Português
Poesia/Meditação INTROSPECTO 0 541 01/09/2020 - 14:43 Espanhol
Poesia/Meditação INTROSPECTO 0 329 01/08/2020 - 22:57 Português
Poesia/Fantasia ANO NOVO, NOVA ERA? 0 444 01/03/2020 - 19:09 Português
Poesia/Dedicado ODE À NATUREZA (dedicado a todos os poetas do WAF) 1 465 12/24/2019 - 21:16 Português
Poesia/Geral ESCOLA DE POETAS 0 365 12/21/2019 - 13:39 Português
Poesia/Geral FILOSOFIA DE UM BÊBADO 0 655 12/17/2019 - 14:15 Português
Poesia/Geral UM DIA EU TAMBÉM ERREI 0 652 12/10/2019 - 12:59 Português
Poesia/Tristeza NOSSA LÍNGUA PORTUGUESA 0 638 12/04/2019 - 14:02 Português
Poesia/Geral A VIDA É APENAS UMA TARDE. 0 679 11/25/2019 - 17:42 Português
Poesia/Geral MÁ X I M A S 0 476 10/28/2019 - 13:31 Português