CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

SONATA DE AMOR

                              

                             Em meu jardim pessoal,
                                 Ó príncipe que sou!
               Quiseste tu fazer morada à minha revelia
                       E meu corpo te dei em fantasia
                   A fim que pudesses exaurir de amor.
               Dentro de mim há um quartel do silêncio
      E donde o sentimento que explode não é nada ilusão,
               Mas fatias de uma ternura em carinho que alicia
      Qualquer sofreguidão em dons homeopáticos de meiguice.
                       Sou Sol e Mar, Lua que se apaixona,
                                  Ó príncipe que sou!
                 Perante o sabor das nuvens eis-me teu
                        A sussurrar em teus ouvidos
                 As doces palavras que me fazem fecundo,
                   Nauta na arte de amar e de transformar
        Teu mundo tão róseo e sedutor em ninhos de amor
             E, assim, poder navegar qual tenaz marinheiro
                            Que busca em mim e em ti
                  O senso não compulsório da entrega,
             Porém da extrema exaustão de ser somente
                          O teu tão sonhado e desejado
                                   Príncipe que sou!

Submited by

segunda-feira, março 9, 2020 - 01:56

Poesia :

No votes yet

imelo

imagem de imelo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 23 semanas 6 dias
Membro desde: 09/09/2009
Conteúdos:
Pontos: 1659

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of imelo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Soneto AFECÇÕES 0 338 02/08/2021 - 01:22 Português
Poesia/Geral CONEXÃO 1 189 01/27/2021 - 16:36 Português
Poesia/Geral EXTRATIVISMO 1 221 01/27/2021 - 16:33 Português
Poesia/Soneto HOMEM/MULHER 0 265 11/10/2020 - 02:56 Português
Poesia/Gótico PAISAGEM 0 322 11/04/2020 - 02:15 Português
Poesia/Soneto INFINITESIMAL 0 204 11/03/2020 - 01:52 Português
Poesia/Geral SENSAÇÕES 0 217 11/02/2020 - 23:51 Português
Poesia/Soneto SENSAÇÕES EÓLICAS 0 153 11/02/2020 - 00:32 Português
Poesia/Geral HÁBITOS & VÍCIOS 0 179 11/01/2020 - 21:34 Português
Poesia/Gótico ALUVIÃO 0 266 10/29/2020 - 03:23 Português
Poesia/Soneto JUÍZO 0 122 10/26/2020 - 02:03 Português
Poesia/Soneto NEGRUME 0 137 10/25/2020 - 14:12 Português
Poesia/Geral CIENTÍFICO 0 253 10/21/2020 - 04:47 Português
Poesia/Geral MISTÉRIOS 0 260 10/19/2020 - 02:20 Português
Poesia/Geral OS SENTIDOS 0 343 10/18/2020 - 14:48 Português
Poesia/Geral IDONEIDADE 0 263 10/17/2020 - 14:11 Português
Poesia/Soneto INTRÉPIDO 0 189 10/17/2020 - 01:37 Português
Poesia/Soneto EMBALOS 0 213 10/12/2020 - 00:36 Português
Poesia/Geral FUTUM 0 187 10/12/2020 - 00:00 Português
Poesia/Geral FUTUM 0 283 10/11/2020 - 23:57 Português
Poesia/Geral DOUTRINA 0 226 10/06/2020 - 04:33 Português
Poesia/Geral AMAR 0 274 09/30/2020 - 02:36 Português
Poesia/Gótico AGONY 0 256 09/27/2020 - 00:58 Português
Poesia/Geral AGONY 0 644 09/27/2020 - 00:21 inglês
Poesia/Geral INDOMÁVEL 0 206 09/26/2020 - 15:45 Português