CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Soneto feito de traição V

À minha Sakura

Se da forma que me sinto já se sentiste
Eu penso, em minha desprezível situação:
É como crer que Deus 'stá morto, que não existe,
Diante de toda a nossa beligeração.

"Contudo como se inda pulsa o coração
E o que e por que contra a sua própria morte insiste?"
Assim também me sinto, tal na escuridão
Uma estrela que não brilha mas que resiste!

Ao meu despeito, para quem o esplendor viu,
Eu nunca pareci insensível ainda frio...
Eu sou o que em meu peito há: pequeno, nunca extinto!..

Eu tenho sido um talho à face se sorriu
Amenizando a ameaça que ninguém mais ouviu:
Cogito ergo sum! Ainda vivo, a dor eu sinto!
01 de dezembro de 2012 — 04h 25min
João Pessoa  -  Paraíba  -  Brasil

Adolfo J. de Lima

Submited by

sábado, dezembro 1, 2012 - 08:25

Poesia :

Your rating: None (3 votes)

Adolfo

imagem de Adolfo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 semanas 3 dias
Membro desde: 05/12/2011
Conteúdos:
Pontos: 3573

Comentários

imagem de Adolfo

Questions

Quisera eu somete ter resposta, de qualquer altura. Contudo, eu tenho percebido, quanto mais eu quero saber mais eu me f***... Complicado, é complicado...
Muito grato pela atenção, de verdade.

E que esta semana ao menos seja menos má que a anterior.
Um abraço, amiga Sofia.

Até,

Adolfo.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Adolfo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Soneto "Deus está morto!" 4 1.711 03/06/2020 - 22:34 Português
Poesia/Soneto Quatro de Copas 0 66 03/06/2020 - 22:33 Português
Poesia/Soneto Cântico do cântaro 0 75 03/04/2020 - 07:18 Português
Poesia/Soneto Autumnus 0 92 01/17/2020 - 01:59 Português
Poesia/Soneto Stigma 0 87 01/15/2020 - 08:15 Português
Poesia/Desilusão Versos natimortos 2 184 01/15/2020 - 08:05 Português
Poesia/Tristeza Cicatriz 3 1.179 03/21/2018 - 23:49 Português
Poesia/Fantasia Meu pequeno mito da criação 5 891 03/18/2018 - 20:29 Português
Poesia/Desilusão 18 - Uísque 2 1.798 03/18/2018 - 20:28 Português
Poesia/Desilusão Uma nau sem rumo 2 1.143 03/18/2018 - 20:25 Português
Poesia/Soneto Ocaso 2 967 03/18/2018 - 20:24 Português
Poesia/Soneto Pontius Pilatus 1 1.747 02/28/2018 - 17:24 Português
Poesia/Soneto Boemia 1 1.052 02/27/2018 - 19:05 Português
Poesia/Paixão Konijntje 2 794 04/20/2017 - 17:11 Português
Poesia/Erótico Austeridade 2 1.196 04/14/2017 - 15:48 Português
Poesia/Soneto Última lua juntos 1 1.011 01/20/2017 - 10:50 Português
Poesia/Amor Leviatã 0 985 02/23/2016 - 00:36 Português
Poesia/Paixão A sós em Cabo Branco 2 1.419 08/27/2014 - 22:21 Português
Poesia/Haikai Hai-kai da lua 1 3.535 06/14/2014 - 00:07 Português
Poesia/Poetrix Do quarto-minguante 2 1.051 06/13/2014 - 23:35 Português
Poesia/Intervenção Choque! 0 1.309 06/21/2013 - 20:30 Português
Poesia/Soneto Eu quero ver a grande confusão! 0 1.314 06/19/2013 - 22:31 Português
Poesia/Soneto Revisão De Princípios - Fim Dos Princípios 0 1.690 04/12/2013 - 01:31 Português
Poesia/Meditação Aranhas 0 2.027 04/05/2013 - 01:49 Português
Poesia/Soneto Cochilo do ímpeto 1 1.546 04/04/2013 - 10:43 Português