CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Sou eu e o computador


Sou eu e o computador

Delírio quente aturdida está minha mente.

Sou mesmo um composto de software e
hardware implantado em minha placa mãe.

Programado estou para maioria das ações.

E minhas reações já são conhecidas se não
houver falha no sistema.

O meu sistema é parecido com o do meu pai
misturado a configuração da minha mãe.

Meu HD está cheio de lembranças quase sem
Importância e precisa de uma limpeza nos
programas raramente acessado.

Preciso também de coisas novas, aumentar
minha memória.

Atualizar minhas configurações valorizar
novas emoções.

Melhorar minha aparência, mudar minha
tela de fundo.

Entrar nas coisas boas da nova era e não
ficar mais em espera.

O NOVO POETA. (W.Marques).

O NOVO POETA.(W.Marques).

Submited by

sábado, maio 23, 2009 - 16:43

Poesia :

No votes yet

onovopoeta

imagem de onovopoeta
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 22 semanas 5 dias
Membro desde: 04/19/2009
Conteúdos:
Pontos: 1469

Comentários

imagem de mariamateus

Re: Sou eu e o computador

Entrar nas coisas boas da nova era e não
ficar mais em espera

POIS...
ENTRAR NAS COISAS BOAS,DA NOVA ERA!
SERÁ QUE JÁ NÃO ENTROU???
POR VEZES A ESPERA VALE A PENA.
DESEJO,TUDO DE MUITO BOM PARA VC

ABRAAACOOOO CARINHOSO ;-)

imagem de Henrique

Re: Sou eu e o computador

O futuro bem meditado!!!

:-)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of onovopoeta

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos Santo do pau oco 0 517 11/03/2018 - 21:51 Português
Poesia/Geral Gemas acabrunhadas 0 159 10/19/2018 - 14:06 Português
Poesia/Geral Receio do remate 1 1.093 10/15/2018 - 16:47 Português
Poesia/Meditação Talvez um anjo 1 615 10/15/2018 - 16:46 Português
Poesia/Meditação Oscilação 1 1.258 10/15/2018 - 16:45 Português
Poesia/Geral Dito-cujo 2 407 10/15/2018 - 16:43 Português
Poesia/Geral Abstrato 2 1.059 03/15/2018 - 09:42 Português
Poesia/Amor Sobejar de paixão 2 275 03/15/2018 - 09:41 Português
Poesia/Geral Beiços de homens 1 408 02/27/2018 - 11:37 Português
Poesia/Meditação Morte e vida 1 662 02/27/2018 - 11:36 Português
Poesia/Amor Pétalas do amor 1 389 01/22/2018 - 14:58 Português
Poesia/Meditação 10 graças 1 515 05/29/2016 - 13:03 Português
Poesia/Geral Sinfônica saúde 0 618 04/22/2016 - 15:02 Português
Poesia/Geral Santas descabidas 0 671 02/21/2016 - 20:22 Português
Poesia/Amor Vinho triste 0 828 02/21/2016 - 20:20 Português
Poesia/Amor Lucidez abstrusa 0 1.291 12/24/2015 - 12:19 Português
Poesia/Geral Oportunista 0 614 11/07/2015 - 22:42 Português
Poesia/Geral Fluidos mínimos 0 624 09/23/2015 - 11:55 Português
Poesia/Geral Mortos odoríferos 0 1.076 07/21/2015 - 11:30 Português
Poesia/Amor Princesa do gueto (A morte da princesa). 0 935 06/13/2015 - 19:21 Português
Poesia/Meditação Dias encafifados 0 789 04/29/2015 - 12:07 Português
Poesia/Amor Amor de seis rimas 0 1.058 03/27/2015 - 12:29 Português
Poesia/Geral Mortos do vaso 0 916 02/15/2015 - 13:26 Português
Poesia/Amor Memórias de girasol 0 750 01/15/2015 - 11:12 Português
Poesia/Fantasia Luzes dos lampiros 0 899 12/23/2014 - 14:55 Português