CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Suas letras

Suas letras

Débora devora as letras uma a uma.

Se formam novas e velhas de roupas
novas.

Prosa, poesia, contos e letras entrelaçadas
com gotas de alegria e paixão.

Ela tem mesmo um bom coração.

Débora devora os versos.

Débora incorpora os certos.

Certos encontros verbais.

Inconscientes, consoantes, soantes,
soantes mais.

Débora escreve e com as letras ela
tece.

Dá sons novos aos meus ouvidos.

E como prece me diz palavras que
ouvir eu preciso.

Débora devora.

Débora veio.

Débora vai embora.

O NOVO POETA. (W.Marques).

O NOVO POETA.(W.Marques).

Submited by

sexta-feira, setembro 4, 2009 - 23:47

Poesia :

No votes yet

onovopoeta

imagem de onovopoeta
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 22 semanas 6 dias
Membro desde: 04/19/2009
Conteúdos:
Pontos: 1469

Comentários

imagem de FlaviaAssaife

Re: Suas letras

Belo Poema!

"E como prece me diz palavras que
ouvir eu preciso."

Que bom se tivessemos sempre alguém a dizer o que precisamos ouvir!

imagem de HaiderChaby

Re: Suas letras

belissimo, fantastico, amei este poema e' um dos meus favoritos. parabens.

imagem de PedroDuBois

Re: Suas letras

Caro NovoPoeta, do Hebreu "Deburah", a abelha ressoa em seu voo, como sua Débora: e mesmo que se afaste - ir embora -, retorna em nova coleta: é preciso paciência. Abraços, Pedro.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of onovopoeta

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos Santo do pau oco 0 518 11/03/2018 - 21:51 Português
Poesia/Geral Gemas acabrunhadas 0 160 10/19/2018 - 14:06 Português
Poesia/Geral Receio do remate 1 1.093 10/15/2018 - 16:47 Português
Poesia/Meditação Talvez um anjo 1 615 10/15/2018 - 16:46 Português
Poesia/Meditação Oscilação 1 1.259 10/15/2018 - 16:45 Português
Poesia/Geral Dito-cujo 2 408 10/15/2018 - 16:43 Português
Poesia/Geral Abstrato 2 1.062 03/15/2018 - 09:42 Português
Poesia/Amor Sobejar de paixão 2 275 03/15/2018 - 09:41 Português
Poesia/Geral Beiços de homens 1 408 02/27/2018 - 11:37 Português
Poesia/Meditação Morte e vida 1 663 02/27/2018 - 11:36 Português
Poesia/Amor Pétalas do amor 1 389 01/22/2018 - 14:58 Português
Poesia/Meditação 10 graças 1 518 05/29/2016 - 13:03 Português
Poesia/Geral Sinfônica saúde 0 618 04/22/2016 - 15:02 Português
Poesia/Geral Santas descabidas 0 671 02/21/2016 - 20:22 Português
Poesia/Amor Vinho triste 0 829 02/21/2016 - 20:20 Português
Poesia/Amor Lucidez abstrusa 0 1.291 12/24/2015 - 12:19 Português
Poesia/Geral Oportunista 0 615 11/07/2015 - 22:42 Português
Poesia/Geral Fluidos mínimos 0 625 09/23/2015 - 11:55 Português
Poesia/Geral Mortos odoríferos 0 1.076 07/21/2015 - 11:30 Português
Poesia/Amor Princesa do gueto (A morte da princesa). 0 936 06/13/2015 - 19:21 Português
Poesia/Meditação Dias encafifados 0 790 04/29/2015 - 12:07 Português
Poesia/Amor Amor de seis rimas 0 1.058 03/27/2015 - 12:29 Português
Poesia/Geral Mortos do vaso 0 917 02/15/2015 - 13:26 Português
Poesia/Amor Memórias de girasol 0 751 01/15/2015 - 11:12 Português
Poesia/Fantasia Luzes dos lampiros 0 900 12/23/2014 - 14:55 Português