CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Telegrama Íntimo

Postei um telegrama para o meu eu,
Pedi-me que recordasse devaneios de outrora...
Que trouxesse-me à baila o sonho que não feneceu
Para que no instante presente eu seguisse pelas estradas afora.

Os devaneios estavam camuflados num nicho da memória,
Prontos para serem resgatados quando quiser,
Eu prontamente os vislumbrei, sem demora,
E os revivi intensamente num lugar qualquer.

A lembrança passou-os atormentada
Pelos delírios estonteantes da juventude
Que me massageavam de forma emocionada...

Senti os arrepios da minha inquietude
Ao rememorar aventuras pelo tempo consumadas
E que me acariciavam em total plenitude!

Submited by

sexta-feira, novembro 6, 2009 - 16:58

Poesia :

No votes yet

imelo

imagem de imelo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 dias 8 horas
Membro desde: 09/09/2009
Conteúdos:
Pontos: 1150

Comentários

imagem de Gisa

Re: Telegrama Íntimo

As vezes isso é muito bom, este telegrama saudosista...Gostei.

imagem de MarneDulinski

Re: Telegrama Íntimo

imelo!

Telegrama Íntimo

Postei um telegrama para o meu eu,
Pedi-me que recordasse devaneios de outrora...
Que trouxesse-me à baila o sonho que não feneceu
Para que no instante presente eu seguisse pelas estradas afora.
GOSTEI!
marneDulinski

imagem de RobertoEstevesdaFonseca

Re: Telegrama Íntimo

Parabéns por este lindo poema!

Um abraço,
REF

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of imelo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral O PENSAMENTO 0 16 03/27/2020 - 00:10 Português
Poesia/Geral VETORIAIS 0 36 03/25/2020 - 05:00 Português
Poesia/Soneto VIÇO 0 25 03/24/2020 - 05:13 Português
Poesia/Soneto DIA FESTIVO 0 28 03/24/2020 - 02:51 Português
Poesia/Soneto BILATERAL 0 18 03/23/2020 - 04:17 Português
Poesia/Soneto SINTOMAS 0 35 03/21/2020 - 22:26 Português
Poesia/Soneto VESTÍGIOS 0 24 03/21/2020 - 21:51 Português
Poesia/Soneto PRINCÍPIOS 0 25 03/21/2020 - 02:29 Português
Poesia/Soneto INSTANTES ÚLTIMOS 0 21 03/20/2020 - 02:58 Português
Poesia/Geral DÚVIDAS 0 32 03/17/2020 - 03:26 Português
Poesia/Geral VÍRUS 0 55 03/14/2020 - 02:17 Português
Poesia/Soneto VEREDAS ÍNTIMAS 0 32 03/12/2020 - 02:46 Português
Poesia/Soneto MUNDO CÃO 0 87 03/11/2020 - 05:18 Português
Poesia/Amor SONATA DE AMOR 0 29 03/09/2020 - 01:56 Português
Poesia/Soneto O MUNDO 0 30 03/09/2020 - 00:02 Português
Poesia/Geral AUTOCÍDIO 0 83 03/08/2020 - 18:43 Português
Poesia/Soneto SAUDOSISMO 0 31 03/07/2020 - 04:02 Português
Poesia/Soneto MAR DE TERRA 0 46 03/06/2020 - 03:42 Português
Poesia/Soneto JUÍZO 0 73 03/01/2020 - 03:47 Português
Poesia/Geral INEXORÁVEIS 0 77 02/29/2020 - 01:40 Português
Poesia/Soneto AXIOMA 0 62 02/27/2020 - 02:33 Português
Poesia/Intervenção AJUDA 0 90 02/25/2020 - 01:11 Português
Prosas/Cartas AJUDA 0 59 02/25/2020 - 01:10 Português
Poesia/Geral DORAVANTE 0 42 02/24/2020 - 01:17 Português
Poesia/Soneto ESTRELAS 0 34 02/23/2020 - 04:12 Português