CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

TOXICODEPENDÊNCIA

Invariavelmente
sempre acordo num corpo 
que não parece o meu,
penso como não sendo eu
e vivo a verdade dos fracos,
a indizível opacidade
de quem não se olha no espelho,
de quem não sabe que o sangue
que nos corre nas veias é sempre vermelho...
vivo entre as variações de humor
com que a minha incúria me presenteia
e sou como o sol quando não nasce,
assemelho-me à lua  em quarto minguante,
pequena, frágil, incompleta...
sou a outra face do dia,
sou a noite... triste, solitária e negra.
Sou como uma estrada de terra batida,
onde o pó se sente rei
e não sei onde me deixei. 

An@martins
I_2017S04

* Reservados todos os direitos de autor ©

 

Submited by

quarta-feira, fevereiro 3, 2021 - 00:59

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Ana Martins

imagem de Ana Martins
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 21 semanas
Membro desde: 02/14/2014
Conteúdos:
Pontos: 525

Comentários

imagem de J. Thamiel

Coment

Me responda, onde você foste buscar isto?
Menina, foi um dos mais belos poemas que
eu li aqui no WAF. Não vou dar-te parabéns,
por que estou com inveja, mas digo 'amém'.

J. Thamiel

imagem de Ana Martins

TOXICODEPENDÊNCIA

Poeta J. Thamiel boa tarde.
Este é um daqueles poemas que nasceu fluído, sem esforço e sem procurar palavras, rimas e métricas. Talvez porque me preocupa particularmente e me entristece ver a facilidade com que o ser humano se perde e se confunde nas malhas da droga.

É uma honra receber um comentário destes e vindo de um poeta que também admiro.

Bem-haja!

imagem de Maria Letra

TOXICODEPENDÈNCIA

Um tema demasiadamente delicado e dificilmente abordado por quem não o viveu. Congratulo-te pela escolha da forma como o abordaste tão bem, Ana Martins. Bjnhs.

imagem de Ana Martins

TOXICODEPENDÊNCIA

Sabes que este é um tema que me perturba pela sua perigosidade e pelo enorme número de vítimas que faz pelo Mundo. Razão pela qual de vez em quando o trago a público.
Beijinho grande e muito obrigada pelos teus sempre carinhosos comentários.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Ana Martins

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Intervenção SOBRE A MESA... 3 346 02/09/2021 - 09:55 Português
Poesia/Poetrix RAÍZES 4 362 02/08/2021 - 02:26 Português
Poesia/Poetrix CONFESSA-TE 2 429 02/08/2021 - 02:25 Português
Poesia/Amor VIBRAÇÕES 2 281 02/08/2021 - 02:23 Português
Poesia/Amor O TEU CORAÇÃO AVE SEM ASAS 2 313 02/03/2021 - 18:34 Português
Poesia/Poetrix MUROS ALTOS 8 503 02/03/2021 - 18:29 Português
Poesia/Meditação DUBIEDADE 4 359 02/03/2021 - 18:13 Português
Poesia/Intervenção TOXICODEPENDÊNCIA 4 416 02/03/2021 - 18:11 Português
Poesia/Dedicado PARA QUE SAIBAS PAI... 4 446 02/03/2021 - 17:20 Português
Poesia/Poetrix DEAMBULAÇÕES 2 341 01/31/2021 - 18:55 Português
Poesia/Dedicado AMO TUDO EM TUA VIDA 4 499 01/31/2021 - 18:54 Português
Poesia/Amor OS TEUS OLHOS 2 343 01/31/2021 - 18:49 Português
Poesia/Geral OLHARES 2 363 01/31/2021 - 18:47 Português
Poesia/Soneto CALMARIA 2 413 01/30/2021 - 15:46 Português
Poesia/Intervenção AMA-ME MÃE! 0 381 01/30/2021 - 01:35 Português
Poesia/Amor NÃO TE DISSE... 4 340 01/28/2021 - 23:04 Português
Poesia/Geral CHIIIIIU! 2 1.133 01/27/2021 - 17:41 Português
Poesia/Tristeza E DEPOIS... A SAUDADE! 2 1.030 01/27/2021 - 17:32 Português
Poesia/Dedicado UM ADEUS... 4 459 01/27/2021 - 16:49 Português
Poesia/Meditação QUALQUER DIA 2 485 01/27/2021 - 16:40 Português
Poesia/Aforismo SAUDADE 0 339 01/27/2021 - 15:29 Português
Poesia/Geral VENHO DO NORTE 2 334 01/27/2021 - 00:09 Português
Poesia/Meditação SEM NOME 2 351 01/26/2021 - 19:29 Português
Poesia/Intervenção O POUSO DA ALMA 4 439 01/26/2021 - 02:04 Português
Poesia/Poetrix ENTARDECER PRIMAVERIL 3 369 01/26/2021 - 01:58 Português