CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A um anjo de olhos claros

A um anjo de olhos claros
Mais um poema eu escrevi...
Ainda assim peço: não chora.
Não por mim que fiz a ti
Muito mais mal do que bem.
Tudo o que peço é: não chora.
A mim tu só quiseste bem.

Meu anjo, não chora... não chora...
03 de janeiro de 2010 – 01h 03min


A um anjo de olhos claros - Carta
Pensei em dizer que perdi todo um fim de tarde
Pensando em ti. Que dentre todos os sorrisos
O único do qual eu consigo me lembrar
Perfeitamente é o teu sorriso. Ele é bonito...

Mas não, eu não perdi mais uma dentre tantas
Chances de ver o dia acabar. Não perdi
Pois por os olhos meus nos lindos olhos teus
Foi uma chance única em toda a minha existência...
Única feito foi este simples fim de tarde
No qual eu estive a me encantar pela infinita
Beleza há no brilho destes olhos teus.

O brilho eterno destes teus eternamente
Sinceros olhos, foi ele quem me salvou, meu anjo.
Me livrou da desolação que é cada tarde
Aqui em meu exílio. Sem qualquer amigo perto...

Quero pedir por teu perdão. Quero feito eu
Nunca quis antes. Por eu não ter pedido antes.

Se um fim de tarde eu fui capaz de perder, foi
Aquele no qual eu não estava a conversar
Com você... ou pior, no qual eu não queria te ver...

Até que não é uma idéia tão má te esquecer.
Eu gostaria de uma outra vez me ver pensando
Em anjos ao ouvir tua belíssima voz.
Eu gostaria muito de ser apresentado
Uma segunda vez a ti. Apenas pra mim
Poder lembrar-me do primeiro abraço que
Você me deu. Quando você me abraçou, eu
Ainda me lembro bem, você o fazia sorrindo...
Fazem dois anos e ainda assim não me esqueci
Do teu sorriso. Perguntei como você
Era capaz de abraçar uma pessoa que era
Conhecida a tão pouco tempo da maneira
Que você apenas é capaz de fazer... Da
Maneira que você naquele dia abraçou-me...
E mesmo assim você ficou sorrindo sempre.

Durante as aulas trocávamos alguns poemas
Até que nós, em simples folhas de papel,
Não muito raro até mesmo em pedaços mínimos,
Nos vimos a trocar as nossas maiores dúvidas.
Nos vimos a trocar sinceras confidências.
Até que por fim escrevi um poema pra ti.

Talvez não seja este um dos meus melhores poemas
Porém é um de meus favoritos... Só porque
Eu nuca vou terminar de escrevê-lo... Pelo
Menos não enquanto eu pensar em você... não enquanto
Eu gostar da forma que gosto de você...
Pois eu vou sempre te adorar, meu querido anjo...

Amo-te, meu lindo anjo de olhos claros.
                                                                         Amo-te.

03 de janeiro de 2011 – 01h 51min
 

Submited by

sexta-feira, maio 13, 2011 - 21:25

Poesia :

No votes yet

Adolfo

imagem de Adolfo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 semanas 6 dias
Membro desde: 05/12/2011
Conteúdos:
Pontos: 3573

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Adolfo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Soneto "Deus está morto!" 4 1.904 03/06/2020 - 22:34 Português
Poesia/Soneto Quatro de Copas 0 319 03/06/2020 - 22:33 Português
Poesia/Soneto Cântico do cântaro 0 216 03/04/2020 - 07:18 Português
Poesia/Soneto Autumnus 0 140 01/17/2020 - 01:59 Português
Poesia/Soneto Stigma 0 141 01/15/2020 - 08:15 Português
Poesia/Desilusão Versos natimortos 2 270 01/15/2020 - 08:05 Português
Poesia/Tristeza Cicatriz 3 1.348 03/21/2018 - 23:49 Português
Poesia/Fantasia Meu pequeno mito da criação 5 981 03/18/2018 - 20:29 Português
Poesia/Desilusão 18 - Uísque 2 1.968 03/18/2018 - 20:28 Português
Poesia/Desilusão Uma nau sem rumo 2 1.356 03/18/2018 - 20:25 Português
Poesia/Soneto Ocaso 2 1.041 03/18/2018 - 20:24 Português
Poesia/Soneto Pontius Pilatus 1 1.851 02/28/2018 - 17:24 Português
Poesia/Soneto Boemia 1 1.118 02/27/2018 - 19:05 Português
Poesia/Paixão Konijntje 2 888 04/20/2017 - 17:11 Português
Poesia/Erótico Austeridade 2 1.273 04/14/2017 - 15:48 Português
Poesia/Soneto Última lua juntos 1 1.166 01/20/2017 - 10:50 Português
Poesia/Amor Leviatã 0 1.081 02/23/2016 - 00:36 Português
Poesia/Paixão A sós em Cabo Branco 2 1.582 08/27/2014 - 22:21 Português
Poesia/Haikai Hai-kai da lua 1 3.776 06/14/2014 - 00:07 Português
Poesia/Poetrix Do quarto-minguante 2 1.150 06/13/2014 - 23:35 Português
Poesia/Intervenção Choque! 0 1.384 06/21/2013 - 20:30 Português
Poesia/Soneto Eu quero ver a grande confusão! 0 1.469 06/19/2013 - 22:31 Português
Poesia/Soneto Revisão De Princípios - Fim Dos Princípios 0 1.797 04/12/2013 - 01:31 Português
Poesia/Meditação Aranhas 0 2.158 04/05/2013 - 01:49 Português
Poesia/Soneto Cochilo do ímpeto 1 1.627 04/04/2013 - 10:43 Português