CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Vela de cera

O amor é como de cera uma vela:
Calor a mais ao frio do coração,
De fato luz em nossa escuridão
E por luz ser nos é a coisa mais bela.

Contudo em torno de si a treva sela,
Um ponto que em meio a um imenso vão
Vendo que luz em vão à imensidão
Bruxuleia como quem o fim protela...

Confidente do que ninguém ouviu,
Imerso numa agonia verdadeira
Que sabe apenas quem assim se viu,

O amor é como uma vela de cera
Que torcendo o que resta do pavio
Sempre em silencio chora a sua canseira...
11 de dezembro de 2012 – 11h 12min
João Pessoa  -  Brasil  -  Paraíba

Adolfo J. de Lima

Submited by

terça-feira, dezembro 11, 2012 - 16:33

Poesia :

Your rating: None (3 votes)

Adolfo

imagem de Adolfo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 semanas 4 dias
Membro desde: 05/12/2011
Conteúdos:
Pontos: 3573

Comentários

imagem de mase albuquerque

Oi Adolfo

Obrigada p comentáros. Vc tem uma maneira gostosa de escrever. Também gosto do que vc escreve. Abraços

imagem de Adolfo

Obrigado pela reciprocidade,

Obrigado pela reciprocidade, por assim dizer rsrsrsrsrs
Sempre perambulando pelos teus escritos, pode ter certeza, ainda que não comentando em todos: "como um deus bom e justo" hehehe
Um forte abraço!

imagem de Nuno Lago

Vela de cera

O soneto lírico é um género sempre apreciado. Original caraterização do amor. Parabéns pela tua inspiração, Poeta Adolfo. Grato pela visita.
Abraço luso.
Nuno

imagem de Adolfo

Muitíssimo obrigado! ((:

Grato eu pelo comentário, Nuno! E espero que esteja sempredando uma espiada por aqui ((:
Grande abraço!

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Adolfo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Soneto "Deus está morto!" 4 1.717 03/06/2020 - 22:34 Português
Poesia/Soneto Quatro de Copas 0 67 03/06/2020 - 22:33 Português
Poesia/Soneto Cântico do cântaro 0 78 03/04/2020 - 07:18 Português
Poesia/Soneto Autumnus 0 94 01/17/2020 - 01:59 Português
Poesia/Soneto Stigma 0 88 01/15/2020 - 08:15 Português
Poesia/Desilusão Versos natimortos 2 184 01/15/2020 - 08:05 Português
Poesia/Tristeza Cicatriz 3 1.189 03/21/2018 - 23:49 Português
Poesia/Fantasia Meu pequeno mito da criação 5 892 03/18/2018 - 20:29 Português
Poesia/Desilusão 18 - Uísque 2 1.799 03/18/2018 - 20:28 Português
Poesia/Desilusão Uma nau sem rumo 2 1.147 03/18/2018 - 20:25 Português
Poesia/Soneto Ocaso 2 967 03/18/2018 - 20:24 Português
Poesia/Soneto Pontius Pilatus 1 1.750 02/28/2018 - 17:24 Português
Poesia/Soneto Boemia 1 1.053 02/27/2018 - 19:05 Português
Poesia/Paixão Konijntje 2 794 04/20/2017 - 17:11 Português
Poesia/Erótico Austeridade 2 1.196 04/14/2017 - 15:48 Português
Poesia/Soneto Última lua juntos 1 1.015 01/20/2017 - 10:50 Português
Poesia/Amor Leviatã 0 985 02/23/2016 - 00:36 Português
Poesia/Paixão A sós em Cabo Branco 2 1.422 08/27/2014 - 22:21 Português
Poesia/Haikai Hai-kai da lua 1 3.539 06/14/2014 - 00:07 Português
Poesia/Poetrix Do quarto-minguante 2 1.053 06/13/2014 - 23:35 Português
Poesia/Intervenção Choque! 0 1.309 06/21/2013 - 20:30 Português
Poesia/Soneto Eu quero ver a grande confusão! 0 1.315 06/19/2013 - 22:31 Português
Poesia/Soneto Revisão De Princípios - Fim Dos Princípios 0 1.690 04/12/2013 - 01:31 Português
Poesia/Meditação Aranhas 0 2.028 04/05/2013 - 01:49 Português
Poesia/Soneto Cochilo do ímpeto 1 1.549 04/04/2013 - 10:43 Português