CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A DAMA QUE GOSTAVA DE CAMA III ( A INICIAÇÃO DE SANDRO )

 

 

Cecília saiu da casa de Ingrid às 8 h da manhã, e foi para casa, se trocar e ir para seu escritório em seguida. Enquanto se arrumava colocando uma roupa bem clássica, lembrava da noite anterior:


Ingrid mexera com ela, talvez por ser o mesmo nome que sua mãe tinha...

'Não, não era isso', pensava...

Sentiu que uma mulher também poderia lhe dar prazer, coisa que havia negado sua vida inteira.

Ela havia sido carinhosa, e aos poucos foi deixando Cecília bem segura, para continuar a transa daquela noite...

Sempre ouviu de algumas pessoas que ninguém lambe um clitóris melhor, que outra mulher. Isso ela comprovou, pois gozou como louca nos lábios macios de Ingrid...

Mas agora voltaria aos homens, sua caça de todos os dias!

Teria novos encontros com Ingrid esporadicamente, sabia disso... Talvez em noites que faltassem homens a lhe agradar, ela seria o seu consolo...

******************

Ao chegar ao escritório, estava mais linda do que nunca, e quando passou, os olhos de todos, foram para a chefe.

Um rapaz que havia sido contratado há pouco mais de uma semana, disse baixinho, comentando com outro:

_ Nossa, a chefe está linda demais hoje!

_ Sim, é mesmo... Mas vamos continuar trabalhando, porque ela vai notar que estamos cochichando sobre ela...

_ Claro, claro... Mas o que eu não daria, para passar uns momentos com uma mulher assim!

_ Esqueça, ela não é para ninguém aqui.

_ É mas posso sonhar, isso não é proibido...

Os dois voltaram aos seus afazeres habituais.

*******************

Cecília pediu um café.

A secretária enviou o rapaz novato, para que levasse até ela, com uns biscoitinhos amanteigados, que ela amava...

O rapaz adorou a idéia de levar o café, para estar mais perto da chefe e poder olhar a sua beleza. Bateu na porta.

Cecília dentro do escritório, disse para que entrasse...

_ Com licença, aqui está seu café com biscoitos, senhora.

_ Retire o senhora, rapaz. Não sou casada, nem idosa...

_ Desculpe. É questão de respeito, por ser minha chefe.

_ Ok, mas não precisa. Apenas me chame por Cecília, como todos aqui fazem, há muito tempo. Você é o rapaz que entrou na semana passada, não é?

_ Sim, estão fazendo com que circule por várias funções, como um estagiário.

_ Hum, é próprio da minha secretária, ela sempre faz isso com quem entra.

Disse Cecília, sorrindo...

_ Bem, se está tudo como deseja, eu já vou saindo então...

_ Não, espere! Você mora onde?

_ Não esperava que me perguntasse isso... Moro no subúrbio. Minha família toda está lá.

_ Ok, não se envergonhe, minha mãe veio do interior e aqui na cidade, seria chamada de 'caipira'... Eu não tenho vergonha das minhas raízes.

_ Não é que eu tenha, mas é que quando a gente diz que é do subúrbio, todos olham com certo desprezo, como se isso fosse atestado de pobreza...

_ Sabe de uma coisa? Eu não sou assim. E até poderia ser, pois fui criada entre os ricos. Olha, não se menospreze, porque é jovem e pode vencer na vida, basta estudar e confiar em si, seja otimista.

_ Obrigado pelas palavras, Ce- Cecília.

Gaguejou envergonhado... Ela sorriu e balançou a cabeça:

_ Ah, mais tarde, quando acabar o expediente, me procure.

_ Sim.

Ele fechou a porta, saiu com um sorriso que ia de canto a canto dos lábios, por ter conseguido manter uma conversa, mesmo pequena, com a chefe.

******************

Bateu na porta, pela segunda vez naquele dia:

_ Boa noite, Cecília. Já estou indo embora, meu horário encerrou.

_ Hum... então está pronto?

_ Para o quê?

_ Para sair comigo, ora!

_ E- eu?

_ Sim, vamos sair juntos hoje, ou não quer?

_ Mas cla-claro! Só não esperava esse convite da chefe!

_ Você gagueja sempre, ou só quando está nervoso?

_ Só- só quando estou muito nervoso!

_ Bem se é assim, menos mal. Olha, fique calmo, eu não mordo...

Quer dizer só quando eu quero, em momentos especiais...

 

Cecília deu um sorriso enigmático para ele. Apanhou a bolsa, arrumou os cabelos, passou mais batom e deu o braço para o rapaz, que nessas alturas estava trêmulo de ansiedade...

Quando eles passaram pela portaria do prédio, alguns funcionários ainda estavam ali conversando, e viram a cena.

Como aquele rapaz novato, conseguiu sair de braços dados, com a 'toda poderosa', Cecília?

Sandro sabia que seria alvo de mil perguntas dos colegas, no dia seguinte... Estava preparado, Cecília lhe dera confiança para isso!

*****************

Cecília abriu o carro e eles entraram. Passados poucos instantes dirigindo, ela disse:

_ Já teve experiência com uma mulher um pouco mais velha do que você, antes?

_ Não, para dizer a verdade... Apenas tive duas namoradinhas que fiz umas brincadeirinhas, mas não entramos no ato sexual, propriamente dito...

_ E depois, mais ninguém???

Cecília espantou-se, porque um rapaz de seus 20 anos já teria uma vida sexual bem ativa...

_ Não. Sempre tive pouco tempo para isso, apenas me dedicando aos estudos na faculdade e ajudando minha família...

_ Sabe, mal dá para acreditar nisso, porque até na faculdade se faz sexo, sempre arrumam um jeito.

_ Então sou mais diferente do que pensava...

Disse Sandro, balançando a cabeça.

_ Para dizer a verdade, melhor assim, dá para eu te ensinar muita coisa, serei sua mestra, nessas artes...

Ele deveria estar sonhando, não podia ser o que tinha ouvido: Ela, a chefe, seria sua 'professora' de sexo!

*****************

Cecília o levou para a casa de Ingrid. E ao entrar lá, disse para sua nova amante:

_ Este é o Sandro. Vai ser o meu pupilo sexual. E juntas vamos fazer com que ele goze como louco, vai ser nossa primeira transa, de muitas que virão...

_ O- olá...

Sandro ficou sem jeito pela forma que foi apresentado para Ingrid...

_ Oi, Sandro. Seja bem vindo. Se é amigo de Cecília, é meu também. Fique bem à vontade...

_ Obrigado.

Cecília pediu para que Ingrid servisse vinho tinto para todos.

Ela já se encontrava perdidamente apaixonada por Cecília, e faria tudo que ela quisesse, até dividi-la com os homens, porque sabia que nunca poderia ter Cecília apenas para si mesma...

As taças foram cheias e um brinde fora levantado por Cecília:

_ Aos nossos momentos de prazer, meus queridos!

E responderam em coro:

" Aos prazeres"!

***************

Cecília se colocou frente ao rapaz e começou a dançar lentamente, retirando cada peça bem devagar, exibindo aquele corpo perfeito e sensual...

Ingrid vinha por trás dela, se esfregando e a lambendo desde a nuca, até estar aos pés de Cecília, lambendo dedinho por dedinho... Ele timidamente retirou a roupa e ficou de cueca.

Cecília aproximou-se, arrancando a cueca ele, com seus dentes.

Ingrid, a lambia já posicionada entre suas coxas, enquando Cecília sugava o pênis de Sandro. Ele fechou os olhos e se deixou levar pela delícia de momento, que estava vivendo ali...

Não demorou, ele já estava quase gozando, e Cecília colocou o pênis dele entre seus seios generosos, para que viesse o orgasmo dele ali, lambuzando-os de esperma...

E assim foi, quando ele gozou, deu um urro delicioso, que excitou as duas mulheres... Cecília disse então para Ingrid:

_ Vem minha fêmea, lambe todo o leite dele, aqui nos meus seios...

Nem precisava dizer, porque foi com a maior vontade que ela fez isso:

Saboreava cada gota do semen de Sandro, nos seios deliciosos de Cecília... Depois sugou os mamilos, com força, mamando bem, porque era assim que aprendera que Cecília mais gostava. Ela era uma serva aos pés de sua dona...

 

Sandro seria o próximo a ficar louco por Cecília, com certeza...

Enquanto ele se recuperava do sexo oral e da 'espanhola', as mulheres brincavam entre si, fazendo um 69 no tapete felpudo, para excitar mais ainda, Sandro...

Cecília disse então para Ingrid:

_ Vai minha fêmea, chupa agora você, o nosso macho, para que ele fique bem duro...

Ela obedeceu sem reclamar. Mesmo não gostando muito de transar com homem, ela não poderia desapontar jamais à sua dona...

Cecília comandava tudo, enquanto Ingrid sugava Sandro, ela lambia-lhe a virilha, os testículos, o ânus... Isso o deixou louco de tesão!

Ele não sabia que poderia ter tesão nessas partes, acabara de descobrir pelos lábios de Cecília...

Depois, ela pegou o pênis teso dele, passou um pouco de óleo de amêndoas doces, lubrificando-o bem, e posicionou na vulva de Ingrid.

Em seguida, deu um tapa forte nas nádegas dele, como se faz com o cavalo para galopar, dizendo:

_ Agora usa e abusa dela, anda!

Ele obedeceu e galopou feito louco na vagina de Ingrid... Aos olhos atentos de Cecília, que cuidadosamente ficou por baixo de sua serva, para chupar-lhe o 'grelinho', deixando-a assim, bem relaxada para ser 'usada' por Sandro...

E quando ele gozou dentro dela, urrou mais uma vez.

Ingrid também gozava, mas na boca de Cecília...

******************

 

Cecília disse para Sandro:

_ Tome um ar, se recomponha, que ainda tem outras coisas por aí:

Você já experimentou nosso sexo oral, a 'espanhola', o ato sexual mesmo, e depois vai ter mais surpresas...

 

Ele ficou pensando o que seria mais, e se daria conta de gozar tantas vezes naquela noite...

Dentro em pouco, ele já estava pronto para a segunda lição:

Cecília disse que ele iria provar sexo anal...

Mas seria diferente do que imaginava... Ele achava que seria só transar no traseirinho de Cecília ou Ingrid e pronto!

MAS NÃO ERA ISSO QUE PASSAVA NA CABEÇA DA 'MESTRA DO SEXO', CECÍLIA:

Ela permitiria ele galopasse as ancas e fizesse sexo anal com Ingrid, só que Sandro não sabia que também seria penetrado por Cecília, com um pênis de borracha, preso na sua cintura, daqueles que vendem em sex shop...

Cecília adorava inversão...

Queria sempre que um homem estivesse disposto a atender sua fantasia preferida: Penetrá-lo enquanto batia nas suas nádegas, e que ele suplicasse que fosse mais fundo, que queria mais...

Fazia com que o homem ficasse de joelhos, para que ela o penetrasse com o membro artificial, e que não parasse de gemer, queria ouvir os gemidos de Aiii , Uiiii... (GEMIDOS DE PRAZER, LHE DEIXAVAM TÃO LOUCA DE TESÃO, QUE ELA GOZAVA E EJACULAVA MOLHANDO O CHÃO)...

Sandro ficou extasiado, e adorou a experiência...

Cecília, ainda dizia para ele:

_ Geme mais alto, anda! Pede que te coma fundo, porque está gostando muito de te comer...

_ Ai, aiiiii, uiiiii, me come mais fundo, minha dona! Tá muito bom, aiii, você como bem...

Cecília gozava mais, com aquilo... Ingrid nunca vira uma mulher ejacular, ela mesma nunca teve orgasmos em que ejaculasse junto...

Perguntou para Cecília, em dado momento:

_ Como você consegue, meu amor? Eu nunca tive um gozo assim!

_ É só questão de quanto você está louca de prazer:

GERALMENTE QUANDO ESTAMOS NOS MASTURBANDO SEM PARAR, MESMO DEPOIS DE JÁ SE TER GOZADO, É SÓ CONTINUAR QUE A EJACULAÇÃO VEM, OU QUANDO SACIAMOS UMA FANTASIA, MUITO DESEJADA, ISSO TAMBÉM ACONTECE...

_ Vivendo e aprendendo...

Disse Ingrid... Que agora, além de estar apaixonada por Cecília, se achava também 'aluna' dela...

Depois de mais essa experiência onde os 3 gozaram intensamente, fecharam a noite derramando vinho, uns sobre os outros e lambendo nos corpos...

Cecilia, Sandro e Ingrid foram tomar uma ducha.

E mesmo ali ,elas ainda se masturbaram mutuamente: A idéia era fazer Ingrid ter a primeira ejaculação de sua vida, presenciada por Sandro também...
Foi muito lindo, quando veio a tão esperada ejaculação!

Cecília ordenou para que Sandro se posicionasse embaixo de Ingrid e bebesse um pouco do prazer dela...

Essa noite ficou guardada na memória de Sandro:

A noite da sua 'INICIAÇÃO,' com a mestra Cecília...

Fátima Abreu

Submited by

quinta-feira, setembro 15, 2011 - 14:58

Prosas :

No votes yet

fatimaabreu

imagem de fatimaabreu
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 27 semanas
Membro desde: 10/26/2009
Conteúdos:
Pontos: 1929

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of fatimaabreu

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral AS AREIAS DO TEMPO I 1 1.941 02/27/2018 - 12:38 Português
Fotos/Outros MEU LIVRO : "O ESQUECIMENTO AZUL" 0 2.442 06/25/2014 - 18:29 Português
Fotos/Outros MEU LIVRO : "UM BAILE, UMA VIDA"... 0 2.184 06/25/2014 - 18:22 Português
Prosas/Contos CRISTINA & ALBERTINA / MINHA VERSÃO DE "JOÃO & O PÉ DE FEIJÃO" 0 1.824 06/25/2014 - 17:33 Português
Poesia/Erótico SÓ POR UMA NOITE / ACORDES DO CORPO 0 1.354 06/25/2014 - 16:31 Português
Videos/Poesia IMAGEM NO ESPELHO 0 2.084 06/25/2014 - 16:19 Português
Videos/Poesia UMA DANÇA POR FAVOR... 0 1.890 06/25/2014 - 16:08 Português
Videos/Outros PEQUENA BIOGRAFIA/ EM ALGUM LUGAR DO PASSADO 0 2.280 06/25/2014 - 15:14 Português
Videos/Poesia APENAS QUERIA... 0 2.943 06/25/2014 - 15:05 Português
Videos/Poesia A LINGUAGEM DO OLHAR 0 2.201 06/25/2014 - 15:01 Português
Videos/Poesia PEQUENAS COISAS 0 1.915 06/25/2014 - 14:57 Português
Videos/Poesia CARÊNCIAS II 0 1.921 06/25/2014 - 14:53 Português
Videos/Poesia HOJE TE DOU FLORES 0 2.464 06/25/2014 - 14:49 Português
Videos/Poesia SEGREDOS DA ALMA (em vídeo) 0 3.085 06/25/2014 - 14:45 Português
Prosas/Outros Mundo dos Rótulos e Preconceitos / Mundo dos Extremos 0 1.549 06/25/2014 - 14:35 Português
Prosas/Ficção Cientifica O VOO QUE NÃO CHEGOU. 0 2.033 06/25/2014 - 14:11 Português
Poesia/Amizade ESPERO A TUA LEMBRANÇA... 0 2.047 06/25/2014 - 14:05 Português
Prosas/Terror ASSOMBRAÇÃO ( CONTO ) 1 3.307 06/21/2014 - 23:36 Português
Poesia/Desilusão O PIANO, A ESPERA, A DESILUSÃO 0 1.637 09/29/2011 - 14:37 Português
Prosas/Erótico A DAMA QUE GOSTAVA DE CAMA-VI ( A INICIAÇÃO DE SARA ) 0 3.202 09/29/2011 - 14:33 Português
Prosas/Mistério O HOMEM QUE VIA ALÉM DOS OLHOS IV 0 2.716 09/24/2011 - 15:48 Português
Prosas/Erótico A DAMA QUE GOSTAVA DE CAMA -V ( O ACORDO) 0 1.901 09/22/2011 - 02:13 Português
Prosas/Erótico A DAMA QUE GOSTAVA DE CAMA -IV 0 2.638 09/20/2011 - 16:21 Português
Poesia/Tristeza OS PÁSSAROS SÃO MAIS FELIZES... 0 2.389 09/20/2011 - 16:11 Português
Poesia/Amor AS AREIAS DO TEMPO II 0 1.747 09/17/2011 - 16:30 Português