CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Farol de Xenon

- Conte com detalhes.

- Eram três. Tenho certeza que trabalhavam no mesmo Banco. Uma trabalhava com os Seguros, a outra na Controladoria e a terceira, que falou, era Sub Gerente e amante do Gerente.

- Como você sabe?

- Pelas roupas. Principalmente porque calçavam meias pretas e sapatos de saltos bem altos.

- Então, o que ela disse?

- Gente, eu não gosto de Carro Popular com farol de Xenon.

- Mas por que isso te irritou?

- Primeiro, porque ele só estava repetindo o que o bobo do amante tinha comentado. Qual mulher deixaria de falar sobre os assuntos que as agradam para repetir essas bobagens de homens incultos, mas que ganham algum dinheiro? E depois, por que eu não posso me conformar que alguém tenha esse tipo de preocupação. Essa superficialidade. Se essa vaca soubesse o que é a vida de verdade, não perderia oxigênio com esse tipo de comentário...

- E então, como foi?

- Eu deveria ter insistido para o T. trazer-me o haloperidol. Eu sei que sem ele "as vozes" não permitem que esse tipo de gente viva.

- E o outro?

- Acho que foi também a falta do haloperidol, mas quando eu pensei que o Iniesta transpira mais que todo mundo, que tem os dedos curtos e grossos e que o Rei dele (imagine, o idiota ainda tinha "Rei" em pleno século XXI) se diverte assassinando elefantes, enquanto o País cai na miséria profunda... mas também é "bem feito", que mandou torturarem os touros nas malditas touradas...

- E agora?

- Terminou o haloperidol de novo e eu vou dar um jeito num certo padre, metido a investigador e analista que adora fazer perguntas...

Obra ficcional. Nomes e circunstâncias que coincidam com a realidade terão sido mera coincidência.

Lettre la art et la culture Fabio Renato Villela

Submited by

sábado, dezembro 20, 2014 - 01:40

Prosas :

No votes yet

fabiovillela

imagem de fabiovillela
Offline
Título: Moderador Poesia
Última vez online: há 3 anos 26 semanas
Membro desde: 05/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 6158

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of fabiovillela

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza A Canção de Alepo 0 1.913 10/01/2016 - 22:17 Português
Poesia/Meditação Nada 0 1.442 07/07/2016 - 16:34 Português
Poesia/Amor As Manhãs 0 1.308 07/02/2016 - 14:49 Português
Poesia/Geral A Ave de Arribação 0 1.355 06/20/2016 - 18:10 Português
Poesia/Amor BETH e a REVOLUÇÃO DE VERDADE 0 1.403 06/06/2016 - 19:30 Português
Prosas/Outros A Dialética 0 1.625 04/19/2016 - 21:44 Português
Poesia/Desilusão OS FINS 0 1.705 04/17/2016 - 12:28 Português
Poesia/Dedicado O Camareiro 0 2.559 03/16/2016 - 22:28 Português
Poesia/Amor O Fim 1 1.409 03/04/2016 - 22:54 Português
Poesia/Amor Rio, de 451 Janeiros 1 1.396 03/04/2016 - 22:19 Português
Prosas/Outros Rostos e Livros 0 1.386 02/18/2016 - 20:14 Português
Poesia/Amor A Nova Enseada 0 1.706 02/17/2016 - 15:52 Português
Poesia/Amor O Voo de Papillon 0 1.181 02/02/2016 - 18:43 Português
Poesia/Meditação O Avião 0 1.058 01/24/2016 - 16:25 Português
Poesia/Amor Amores e Realejos 0 1.958 01/23/2016 - 16:38 Português
Poesia/Dedicado Os Lusos Poetas 0 1.347 01/17/2016 - 21:16 Português
Poesia/Amor O Voo 0 1.261 01/08/2016 - 18:53 Português
Prosas/Outros Schopenhauer e o Pessimismo Filosófico 0 2.118 01/07/2016 - 20:31 Português
Poesia/Amor Revellion em Copacabana 0 1.480 12/31/2015 - 15:19 Português
Poesia/Geral Porque é Natal, sejamos Quixotes 0 1.378 12/23/2015 - 18:07 Português
Poesia/Geral A Cena 0 1.560 12/21/2015 - 13:55 Português
Prosas/Outros Jihadismo: contra os Muçulmanos e contra o Ocidente. 0 1.345 12/20/2015 - 19:17 Português
Poesia/Amor Os Vazios 0 2.422 12/18/2015 - 20:59 Português
Prosas/Outros O impeachment e a Impopularidade Carta aberta ao Senhor Deputado Ivan Valente – Psol. 0 846 12/15/2015 - 14:59 Português
Poesia/Amor A Hora 0 2.032 12/12/2015 - 16:54 Português