CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Masturbação (dueto Ana Lyra e Vony)

Aprende atravessar o meu corpo com as mãos como se atravessasses um rio profundo, a pé. Porém antes tomas um bom café para teres energia, pois é grande a minha sede, que não cede, como num passe de magia. Sugere com a tua aveludada voz à minha mente, sons relaxantes. Mesmo em pastos distantes, dita-me a tua sinfonia. Traz-me o vento a copular nas giestas. Anda…vem vagar nas frestas deste meu ser sedento, trespassa-me como vento, invisível e poderoso, desfaz-me em momento portentoso e solitário. Dá-me esta sensação serena e fugidia. Essa masturbação plena de vida, que acontece nos pequenos nadas.
Em nós…
Aprende a sussurrar-me palavras dóceis, aprende a garimpar os fósseis de meus desejos há muito sepultados mas que renascem daquelas palavras, cuja indecência me excita, com a mesma inevitabilidade da onda quando se desfaz na areia. Há em mim uma imortal alma de sereia que agita-se ao mar do desejo, de busto exposto ao sol, perdida em busca desta sensação, que só se sente num milésimo de segundo, e que reproduzo na masturbação.
Sim, amor…
É nesse instante mágico que profiro aquelas palavras inenarráveis que fazem corar o sol!
Vá lá...Insinua
perfura os meus tímpanos com o teu hálito, adquire este hábito de desflorar mulheres de imaginação fértil sem um membro erétil capaz de saciá-las. Dá-me o refresco do verbo,como se me colocasse pedras de gelo pelo corpo em ardências inesperadas.
Ah,que bom!!
Aprende os indizíveis gestos que me destapam desse pudor sincronizado, que só acaricia a mentes fechadas. Tacanhas. Hipócritas. Negam-se a este vão e singelo prazer, desflora-me com tua lembrança do amanhecer, preenche meu corpo e minha mente solitária.
…Quero vir-me primeiro em pensamento, numa masturbação poética deslumbrada e ardente, que mal há em ser indecente na solidão?
Dá-me o substrato para amar-me com minha mão, dá-me a imaginação da tua boa à meu seio, não tenhas tanto receio, sou grande não morro mais de desilusão. Alivia este meu corpo em ebulição, este pequeno vulcão que expele palavras com se fossem lava, que petrifica nesta branca e fria folha de papel. Derrama-te como mel em teus versos, não são desejos perversos, são apenas alegorias, que refrescam minha libido. Diga-me que não é proibido amar com a mente, não temas que isso seja a semente de algo mais. Não fiques com pena de deixar-me parada ao cais de olhos perdidos mirando o mar, isso nem será um rascunho do que se chama amar.
É apenas desejo, sim o mais puro e voluptuoso desejo que é vertido em letras cintilantes. Inebriantes.
Lubrifica-me com teu mel de letras, depois desflora-me com teus versos indecentes. Neste momento serei tua, em tuas mãos, que sei, carentes.
Só depois irei pedir-te uma simples e pequena gentileza. Leia-me na minha mais pura singeleza, pois estes versos serão feitos após a languidez do prazer.
E assim nos saciamos. Que mal poderá acontecer?
Aprende a calçar as pedras do rio onde me afogo, muitas vezes num cruel desespero, e salva-me como se fosses um cavalo branco a cavalgar no meu corpo.
Faz-me sentir MULHER!
Sei que no âmago do teu ser é isso que tu simplesmente queres, desflorar com versos todas as mulheres.

Submited by

domingo, abril 11, 2010 - 03:49

Prosas :

No votes yet

analyra

imagem de analyra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 7 anos 10 semanas
Membro desde: 06/14/2009
Conteúdos:
Pontos: 4584

Comentários

imagem de Joao_Rodrigues

Re: Masturbação (dueto Ana Lyra e Vony)

Desejo, intimidade, bem explicito..De facto a masturbaçao e mais que um gesto fisico de prazer, mas uma comunhao do conhecimento do seu proprio ser, dos seus desejos e vontades.

Gostei

imagem de LilaMarques

Re: Masturbação (dueto Ana Lyra e Vony)

Belo texto escrito por duas poetisas das melhores, a meu ver, e, para meu orgulho, amigas, trazendo um tema "intocável" para a simplicidade que lhe compete. Desmistifica o que é tão natural: conhecer-se, dar-se prazer, acariciar-se...

Um beijo nas duas e parabéns pelo texto.

imagem de gege

Re: Masturbação (dueto Ana Lyra e Vony)

Analyra
se fosse no tempo que ainda tivesse
a censura, esse a diblaria,
pois apesar de ser erótico
ele se desfarça bem.

Voces duas estão de parabéns.

imagem de Anonymous

Re: Masturbação (dueto Ana Lyra e Vony)

Poeticamente em prosa atraente, genial talvez, mas e o erótcio da tesão...onde o colocaram?
Gostei de ler., está um excelente trabalho, mas achei um bocado publicidade enganosa em relação ao titulo.
Sei lá....faltou pimenta!

Não me fez sentir Mulher!, mas cresci bastante ao admirar esta forma de expressão artistica

Parabens às duas

imagem de Anonymous

Re: Masturbação (dueto Ana Lyra e Vony) resp a: Valkyra

Valkyria,
na verdade registando a sua crítica
acho que entra um pouco em contradição,
Muitas vezes as palavras induzem o leitor a
um determinado pensamento. Se queria algo mais apimentado, pois... pretendemos apenas escrever uma prosa poética. O título escolhido só pode ser
publicidade enganosa, se estivesse à espera de
algo explicitado e não erótico.
Ficamos gratas pela sua opinião.
Um abraço
Vóny Ferreira

imagem de analyra

Re: Masturbação (dueto Ana Lyra e Vony)

Tens razão, troquei a categoria. Na verdade talvez o que buscaste ao ler foi diferente do que buscamos ao escrever.Não tínhamos o intuito de fazer ninguém sentir-se mulher, pois se prestares a atenção no conteúdo do texto é uma carta dirigida a um homem que lhe serve de substrato masturbatório, exaltando a característica imaginativa e criativa da masturbação. Se realmente o que sentiste foi uma certa frustração, conseguimos, pois é realmente isso o que a protagonista sente, sendo este o apelo dela ao poeta.
Grande abraço e grata pela leitura.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of analyra

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Dedicado Adoro tua voz ao amanhecer 13 2.076 03/12/2018 - 13:50 Português
Poesia/Meditação Destino 7 1.379 04/16/2012 - 21:46 Português
Poesia/Aforismo É amor!!!! 7 1.592 03/28/2011 - 18:18 Português
Videos/Perfil 441 0 2.022 11/24/2010 - 22:56 Português
Fotos/ - 3748 0 3.526 11/24/2010 - 00:41 Português
Fotos/ - 1908 0 2.378 11/24/2010 - 00:41 Português
Fotos/Cidades 1882 0 2.106 11/24/2010 - 00:40 Português
Fotos/ - 1880 0 3.365 11/24/2010 - 00:40 Português
Fotos/ - 1881 0 2.997 11/24/2010 - 00:40 Português
Fotos/ - 1762 0 2.321 11/24/2010 - 00:40 Português
Fotos/ - 1763 0 2.755 11/24/2010 - 00:40 Português
Fotos/ - 1759 0 2.724 11/24/2010 - 00:40 Português
Fotos/ - 1760 0 2.993 11/24/2010 - 00:40 Português
Fotos/ - 1761 0 2.114 11/24/2010 - 00:40 Português
Fotos/ - 1661 0 3.239 11/24/2010 - 00:40 Português
Fotos/ - 1291 0 3.670 11/24/2010 - 00:38 Português
Prosas/Pensamentos A poesia contemporânea. 0 2.435 11/18/2010 - 23:48 Português
Prosas/Comédia Perfis e perfis... 1 1.585 08/31/2010 - 14:59 Português
Poesia/Dedicado Declaração de amor 6 1.648 08/16/2010 - 22:44 Português
Poesia/Alegria Liberdade 6 2.188 08/01/2010 - 04:22 Português
Poesia/Meditação A vida 5 1.599 07/31/2010 - 00:59 Português
Prosas/Pensamentos Eu tive um sonho ruim... 0 2.165 07/29/2010 - 16:56 Português
Poesia/Meditação EROTISMO? 3 1.599 07/29/2010 - 06:34 Português
Poesia/Amor Esse mar 2 5.234 07/26/2010 - 04:42 Português
Poesia/Geral Versos ao léu, realidade de papel. 6 1.500 07/25/2010 - 13:49 Português