CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

SERIA A IARA? UM CONTO DA AMAZÔNIA

SERIA A IARA? UM CONTO DA AMAZÔNIA

 

Havia dias que eles estavam a trabalho na floresta amazônica.
Faziam parte de uma equipe enviada por uma grande empresa de mineração.
Alojamentos devidamente adequados às necessidades dos funcionários, mas bem longe da capital Manaus...

Certo dia, Pedro e seus amigos de trabalho, 'sortearam' quem iria atravessar um pequeno rio da região, para buscar uma penca de bananas na outra margem.
Ele foi o sorteado, atravessou devagar com cautela, porque haviam muitas pedras ali. ao chegar na outra margem retirou uma banana e comeu tratando logo de cortar o resto da penca e colocar nas costas para levar para os companheiros...
Logo em seguida, começou a ter dores de cabeça fortes, por dois dias.
Duas noite seguidas, sonhou com uma linda morena que estava dentro das águas do rio, e chamava pelo seu nome com insistência, depois disse que ele havia sido escolhido por ela, para ser seu companheiro. E que dentro de poucos dias viria buscá-lo...
Ele acordava asustado, dizendo que não iria, que não queria!

Contou os sonhos para seus amigos e pediu-lhes que pelo sim ou não, o amarrassem naquela noite na cama bem fortemente. Um deles era marinheiro e sabia fazer aqueles nós, que só eles mesmos sabem desatar... E assim, ele amarrou Pedro na cama, dizendo que no dia seguinte pela manhã viria soltá-lo. Todos foram dormir, o silêncio era total...

Ao raiar do dia, o companheiro de trabalho Ramiro, foi até o andar de cima do alojamento para desatar Pedro. Mas deparou-se com as cordas soltas e a cama desfeita, objetos pelo chão indicando luta...
Os amigos deram parte na empresa e na polícia local que enviou para a floresta helicópteros de busca, cães farejadores, etc...
Nada foi encontrado... E eles já temiam pela vida de Pedro.
Foi quando Ramiro teve um sonho revelador:
Vinha um índio imponente na sua direção e lhe dizia que sabia onde estava seu amigo Pedro, dando-lhe todas as coordenadas para que o encontrasse...
Assim ele e uma equipe de resgate saíram a procura mais uma vez, e o acharam no meio da floresta, coberto por folhas de bananeira, visivelmente apático, desidratado e desnutrido...
O socorro aéreo, o levou a um hospital de Manaus, onde ficou até se recuperar totalmente...

Quando Pedro retornou ao alojamento quase tudo já havia acabado do trabalho ali...
Lembrou-se de que dias antes de acontecer tudo aquilo com ele, havia achado umas pedras preciosas no mesmo rio que vira a linda mulher e colocara em um copo, e dado para o geólogo da equipe, para que analisasse, contando que depois o devolvesse, mas não foi isso que ocorreu...

Perguntou aos amigos pelo tal geólogo, e foi informado que ele havia deixado tudo: emprego, laptop, roupas, mochila, simplesmente fora embora sem nada dizer!
"FUGIU COM MINHA PEDRAS, O SAFADO", pensou...
Os companheiros estavam curiosos em saber o que havia acontecido na noite do desaparecimento de Pedro, e indagaram:
_ Pedro fala daquela noite, como te levaram daqui?
_ Quatro homens enormes entraram, me desataram. Ainda tentei lutar, mas não dava contra 4...
Depois, um índio mais forte ainda que eles, surgiu do 'nada' na mata, e eles fugiram, como se o temessem...
O índio me cobriu com as folhas, e disse que ficaria ali até que alguém me achasse.
_ Ah, então foi o índio que apareceu no meu sonho, dizendo onde você estava, Pedro!
OS MISTÉRIOS DA MATA...

Nessa noite, ele sonhou novamente com a bela morena do rio:
MOSTRAVA COMO O GEÓLOGO HAVIA MUDADO DE VIDA, ESTAVA RICO COM A VENDA DAS PEDRAS QUE PEDRO HAVIA ACHADO, ( QUE ERA UM PRESENTE DA MORENA DO RIO, PARA O FUTURO COPANHEIRO ) E DISSE-LHE:
_ Está vendo o que perdeu em não querer ficar comigo?
Pedro não teve dúvidas, depois que acordou:
Pegou suas coisas e foi embora, nunca mais quis saber de trabalhar na floresta amazônica, porque lá, há mistérios que nenhum ser humano entende ainda...

Fátima Abreu
NOTA: FOI VERÍDICO!

Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=196287#ixzz1...
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives
Fátima Abreu

Submited by

quinta-feira, setembro 15, 2011 - 14:33

Prosas :

No votes yet

fatimaabreu

imagem de fatimaabreu
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 28 semanas
Membro desde: 10/26/2009
Conteúdos:
Pontos: 1929

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of fatimaabreu

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral AS AREIAS DO TEMPO I 1 1.942 02/27/2018 - 12:38 Português
Fotos/Outros MEU LIVRO : "O ESQUECIMENTO AZUL" 0 2.448 06/25/2014 - 18:29 Português
Fotos/Outros MEU LIVRO : "UM BAILE, UMA VIDA"... 0 2.190 06/25/2014 - 18:22 Português
Prosas/Contos CRISTINA & ALBERTINA / MINHA VERSÃO DE "JOÃO & O PÉ DE FEIJÃO" 0 1.825 06/25/2014 - 17:33 Português
Poesia/Erótico SÓ POR UMA NOITE / ACORDES DO CORPO 0 1.358 06/25/2014 - 16:31 Português
Videos/Poesia IMAGEM NO ESPELHO 0 2.092 06/25/2014 - 16:19 Português
Videos/Poesia UMA DANÇA POR FAVOR... 0 1.898 06/25/2014 - 16:08 Português
Videos/Outros PEQUENA BIOGRAFIA/ EM ALGUM LUGAR DO PASSADO 0 2.300 06/25/2014 - 15:14 Português
Videos/Poesia APENAS QUERIA... 0 2.950 06/25/2014 - 15:05 Português
Videos/Poesia A LINGUAGEM DO OLHAR 0 2.210 06/25/2014 - 15:01 Português
Videos/Poesia PEQUENAS COISAS 0 1.922 06/25/2014 - 14:57 Português
Videos/Poesia CARÊNCIAS II 0 1.931 06/25/2014 - 14:53 Português
Videos/Poesia HOJE TE DOU FLORES 0 2.471 06/25/2014 - 14:49 Português
Videos/Poesia SEGREDOS DA ALMA (em vídeo) 0 3.095 06/25/2014 - 14:45 Português
Prosas/Outros Mundo dos Rótulos e Preconceitos / Mundo dos Extremos 0 1.551 06/25/2014 - 14:35 Português
Prosas/Ficção Cientifica O VOO QUE NÃO CHEGOU. 0 2.035 06/25/2014 - 14:11 Português
Poesia/Amizade ESPERO A TUA LEMBRANÇA... 0 2.050 06/25/2014 - 14:05 Português
Prosas/Terror ASSOMBRAÇÃO ( CONTO ) 1 3.314 06/21/2014 - 23:36 Português
Poesia/Desilusão O PIANO, A ESPERA, A DESILUSÃO 0 1.641 09/29/2011 - 14:37 Português
Prosas/Erótico A DAMA QUE GOSTAVA DE CAMA-VI ( A INICIAÇÃO DE SARA ) 0 3.203 09/29/2011 - 14:33 Português
Prosas/Mistério O HOMEM QUE VIA ALÉM DOS OLHOS IV 0 2.718 09/24/2011 - 15:48 Português
Prosas/Erótico A DAMA QUE GOSTAVA DE CAMA -V ( O ACORDO) 0 1.905 09/22/2011 - 02:13 Português
Prosas/Erótico A DAMA QUE GOSTAVA DE CAMA -IV 0 2.639 09/20/2011 - 16:21 Português
Poesia/Tristeza OS PÁSSAROS SÃO MAIS FELIZES... 0 2.391 09/20/2011 - 16:11 Português
Poesia/Amor AS AREIAS DO TEMPO II 0 1.750 09/17/2011 - 16:30 Português