Temores

Não, não temerei,
a morte como final,
Só temerei,
a sorte como sinal,

Não, não temerei,
deixar a porta aberta,
Só temerei
não ouvir o grito de alerta,

Não, não temerei,
o sorriso que estampa
Só temerei
a lágrima não vertida

Não, não temerei,
a dor que me alucina
Só temerei
o ferida que não cicatriza

Não, não temerei,
a flor que despetala
Só temerei
o espinho que lanceta

Não, não temerei,
o passo em falso, a queda
Só temerei
o cadafalso da inércia, na recaída

Não, não temerei,
o amor que em paixão arrebata
Só temerei
o amor que em ódio se transforma.

AjAraujo, o poeta humanista, escrito em 1-Set-2012.
Imagem: ondas com arco-íris.

Submited by

Domingo, Septiembre 2, 2012 - 20:14

Poesia :

Sin votos aún

AjAraujo

Imagen de AjAraujo
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 50 semanas 4 días
Integró: 10/29/2009
Posts:
Points: 15585

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of AjAraujo

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/Fantasía Cabelos de fogo 0 498 04/28/2018 - 21:38 Portuguese
Poesia/Dedicada A criança dentro de ti 0 453 04/28/2018 - 21:20 Portuguese
Poesia/Pensamientos O porto espiritual 0 467 04/28/2018 - 21:00 Portuguese
Poesia/Dedicada Ano Novo (Ferreira Gullar) 1 568 02/20/2018 - 19:17 Portuguese
Prosas/Drama Os ninguéns (Eduardo Galeano) 0 588 12/31/2017 - 19:09 Portuguese
Poesia/Dedicada Passagem de ano (Carlos Drummond de Andrade) 0 542 12/31/2017 - 18:59 Portuguese
Prosas/Contos Um conto de dor e neve (AjAraujo) 0 1.597 12/20/2016 - 11:42 Portuguese
Prosas/Contos Conto de Natal (Rubem Braga) 0 969 12/20/2016 - 11:28 Portuguese
Prosas/Contos A mensagem na garrafa - conto de Natal (AjAraujo) 0 2.045 12/04/2016 - 13:46 Portuguese
Poesia/Intervención Educar não é... castigar (AjAraujo) 0 722 07/08/2016 - 00:54 Portuguese
Poesia/Intervención Dois Anjos (Gabriela Mistral) 0 2.170 08/04/2015 - 23:50 Portuguese
Poesia/Dedicada Fonte (Gabriela Mistral) 0 1.227 08/04/2015 - 22:58 Portuguese
Poesia/Meditación O Hino Cotidiano (Gabriela Mistral) 0 1.309 08/04/2015 - 22:52 Portuguese
Poesia/Pensamientos As portas não são obstáculos, mas diferentes passagens (Içami Tiba) 0 1.334 08/02/2015 - 23:48 Portuguese
Poesia/Dedicada Pétalas sobre o ataúde - a história de Pâmela (microconto) 0 2.028 03/30/2015 - 11:56 Portuguese
Poesia/Dedicada Ode para a rendição de uma infância perdida 0 1.284 03/30/2015 - 11:45 Portuguese
Poesia/Tristeza Entre luzes e penumbras 0 1.595 03/30/2015 - 11:39 Portuguese
Poesia/Tristeza No desfiladeiro 1 2.325 07/26/2014 - 00:09 Portuguese
Poesia/Intervención Sinais da história 0 1.419 07/17/2014 - 00:54 Portuguese
Poesia/Fantasía E você ainda acha pouco? 0 2.207 07/17/2014 - 00:51 Portuguese
Poesia/Aforismo Descanso eterno 2 2.787 07/03/2014 - 22:28 Portuguese
Poesia/Intervención Paisagem (Charles Baudelaire) 0 1.922 07/03/2014 - 03:16 Portuguese
Poesia/Meditación Elevação (Charles Baudelaire) 0 1.929 07/03/2014 - 03:05 Portuguese
Poesia/Intervención A uma mendiga ruiva (Charles Baudelaire) 0 3.564 07/03/2014 - 02:55 Portuguese
Poesia/Intervención Coração avariado 1 1.473 06/25/2014 - 03:09 Portuguese