sociedade(s) decadente(s)...

concordante com os actuais momentos incertos
as lembranças e os pensamentos
as memórias certas e as ausentes
as inconcretas e incoerentes vertentes

as melodias inconfluentes das mentes
as inauditas certezas descrentes
as verdades mentiras presentes
as pequenezas das incertezas prementes

as certas necessidades crescentes
as incertas certezas incandescentes
as necessidades latentes
as premissas concretas das correntes
as segmentações dos dias latentes

as probabilidades decadentes
as confluências inconfluentes
as histórias ardentes
as gargalhadas valentes
as paciências de certas gentes

as rivalidades desconexadamente indecentes
as faltas de tino de certas mentes
as inverdades dos dias fluentes
as pazes vistas pelas lentes
as ronhas escondidas das frentes

o dia a dia da(s) nossa(s) sociedade(s) decadente(s)...

Submited by

Lunes, Julio 29, 2013 - 23:52

Poesia :

Sin votos aún

Rui Lima

Imagen de Rui Lima
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 3 años 37 semanas
Integró: 03/04/2011
Posts:
Points: 1584

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of Rui Lima

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Prosas/Otros Ancestral e sisuda, Sé é o epicentro de Braga, em Portugal 3 18.840 06/11/2019 - 09:38 Portuguese
Poesia/Intervención ¿¿O que é isso da liberdade?? 1 1.241 02/27/2018 - 12:15 Portuguese
Ministério da Poesia/Amor o meu 1º poema de amor EVER 9 2.763 12/07/2014 - 11:18 Portuguese
Poesia/Pensamientos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]"Me_Ditação" 3 1.610 07/26/2014 - 00:16 Portuguese
Poesia/Pensamientos "moral" sociedade 1 1.358 06/13/2014 - 21:22 Portuguese
Poesia/Meditación os nossos sonhos e as alegorias que vivemos 1 1.832 06/13/2014 - 03:29 Portuguese
Poesia/General folha branca de papel 2 2.036 05/30/2014 - 16:32 Portuguese
Poesia/General A Árvore dos Patafúrdios 0 1.577 04/07/2014 - 15:59 Portuguese
Poesia/Pensamientos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]Do Económico ao Social... 0 1.584 03/26/2014 - 01:16 Portuguese
Poesia/Intervención o dia passa, a vida passa, tudo nasce, tudo morre 0 2.690 02/21/2014 - 18:08 Portuguese
Poesia/Intervención Distrofia Social 0 1.787 02/17/2014 - 18:04 Portuguese
Poesia/General Uma mão cheia de nada 0 1.628 01/25/2014 - 04:50 Portuguese
Poesia/General o tempo passa e vai passando e deixa tudo para trás 0 4.004 01/02/2014 - 18:49 Portuguese
Críticas/Varios [ANALISE DE MERCADO] Segmento/nicho de mercado dos "salgadinho" low-cost nas lojas de estações de serviço em Portugal 0 5.250 12/04/2013 - 02:42 Portuguese
Poesia/Pensamientos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]Respeito Vs. Desrespeito 0 1.819 11/01/2013 - 20:04 Portuguese
Poesia/General FADO 0 1.789 10/30/2013 - 15:29 Portuguese
Poesia/Pensamientos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]Condicionalismos 0 1.379 10/26/2013 - 01:02 Portuguese
Poesia/Pensamientos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]limitações sociais 0 1.584 10/26/2013 - 00:56 Portuguese
Poesia/Pensamientos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]hipóteses... factos... certezas... 0 1.544 10/25/2013 - 23:45 Portuguese
Poesia/Pensamientos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]Formatação Social 0 1.280 10/25/2013 - 23:40 Portuguese
Poesia/Pensamientos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]Bem Vs. Mal 0 2.787 10/25/2013 - 23:32 Portuguese
Prosas/Otros 15% do IVA dedutivel para o IRS... como manipular a seu favor para receber mais no seu IRS 2013 0 2.975 10/17/2013 - 16:04 Portuguese
Poesia/General little moments in time 0 3.323 09/24/2013 - 21:06 Inglés
Poesia/General TODOS (menos nenhum) 0 1.861 09/02/2013 - 21:18 Portuguese
Poesia/General INTENSAMENTE 2 1.838 09/02/2013 - 21:09 Portuguese