Vibra o passado em tudo o que palpita (Walter Benjamin)

Vibra o passado em tudo o que palpita
qual dança em coração de bailarino
ao regressar já mudo o violino
e há nuvens sobre o bosque em que transita

À paz dos seres a morte em seu contínuo
crescer em ramos de coral incita
a bem da noite negra e infinita
ser um raro instrumento é seu destino:

O ceptro dos eleitos que não cansam
o corpo que este tempo já não quebra
é como a cruz que os astros quando avançam

sobre o sul traçam por medida e regra
Os deuses têm-no em suas mãos cativo
risível é quem eles mandam vivo.

Walter Benjamin (1892-1940), filósofo alemão, in "Sonetos" . Tradução de Vasco Graça Moura

Submited by

Lunes, Marzo 3, 2014 - 13:11

Poesia :

Su voto: Nada (1 vote)

AjAraujo

Imagen de AjAraujo
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 2 años 5 semanas
Integró: 10/29/2009
Posts:
Points: 15584

Comentarios

Imagen de deborabenvenuti

Vibra o passado

O passado nunca morre, apenas adormece.
Abraços

http://deborabenvenuti13.blogspot.com.br - LUAR DE OUTONO

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of AjAraujo

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/Poetrix Poemas - de "Magma" (Guimarães Rosa) 2 18.740 06/11/2019 - 11:48 Portuguese
Videos/Musica Ave Maria - Schubert (Andre Rieu & Mirusia Louwerse) 1 24.918 06/11/2019 - 11:02 Inglés
Poesia/Fantasía Cabelos de fogo 0 2.007 04/28/2018 - 21:38 Portuguese
Poesia/Dedicada A criança dentro de ti 0 1.289 04/28/2018 - 21:20 Portuguese
Poesia/Pensamientos O porto espiritual 0 1.244 04/28/2018 - 21:00 Portuguese
Poesia/Dedicada Ano Novo (Ferreira Gullar) 1 1.128 02/20/2018 - 19:17 Portuguese
Prosas/Drama Os ninguéns (Eduardo Galeano) 0 1.401 12/31/2017 - 19:09 Portuguese
Poesia/Dedicada Passagem de ano (Carlos Drummond de Andrade) 0 1.719 12/31/2017 - 18:59 Portuguese
Prosas/Contos Um conto de dor e neve (AjAraujo) 0 2.359 12/20/2016 - 11:42 Portuguese
Prosas/Contos Conto de Natal (Rubem Braga) 0 1.750 12/20/2016 - 11:28 Portuguese
Prosas/Contos A mensagem na garrafa - conto de Natal (AjAraujo) 0 3.045 12/04/2016 - 13:46 Portuguese
Poesia/Intervención Educar não é... castigar (AjAraujo) 0 1.193 07/08/2016 - 00:54 Portuguese
Poesia/Intervención Dois Anjos (Gabriela Mistral) 0 2.873 08/04/2015 - 23:50 Portuguese
Poesia/Dedicada Fonte (Gabriela Mistral) 0 1.985 08/04/2015 - 22:58 Portuguese
Poesia/Meditación O Hino Cotidiano (Gabriela Mistral) 0 1.899 08/04/2015 - 22:52 Portuguese
Poesia/Pensamientos As portas não são obstáculos, mas diferentes passagens (Içami Tiba) 0 2.387 08/02/2015 - 23:48 Portuguese
Poesia/Dedicada Pétalas sobre o ataúde - a história de Pâmela (microconto) 0 3.253 03/30/2015 - 11:56 Portuguese
Poesia/Dedicada Ode para a rendição de uma infância perdida 0 1.812 03/30/2015 - 11:45 Portuguese
Poesia/Tristeza Entre luzes e penumbras 0 2.232 03/30/2015 - 11:39 Portuguese
Poesia/Tristeza No desfiladeiro 1 3.310 07/26/2014 - 00:09 Portuguese
Poesia/Intervención Sinais da história 0 1.907 07/17/2014 - 00:54 Portuguese
Poesia/Fantasía E você ainda acha pouco? 0 2.971 07/17/2014 - 00:51 Portuguese
Poesia/Aforismo Descanso eterno 2 3.579 07/03/2014 - 22:28 Portuguese
Poesia/Intervención Paisagem (Charles Baudelaire) 0 2.579 07/03/2014 - 03:16 Portuguese
Poesia/Meditación Elevação (Charles Baudelaire) 0 2.674 07/03/2014 - 03:05 Portuguese