de ti trago memórias

de ti trago memórias
que o tempo cuidou em preservar,
voos de ícaros que ainda amanhecem
no orvalho da minha sede
pela febre do teu corpo
que em mim nunca se extinguiu.

minhas mãos ainda te buscam
ainda que há muito já não te toquem.
perco-me em minha insensatez
colhendo alegorias, ilusões,
acorrentado à tua miragem,
quimera de deslumbramento
dos meus infinitos enganos.
à noite, no espelho é o teu rosto que vejo.

são para ti as rubras rosas que trago,
é por ti que pulsa o sangue em minhas veias,
é teu este meu grito mudo.
são para os teus peitos
este toque dos meus dedos.

ecos da tua voz me trazem
tuas palavras agora antigas.
te ouço ainda mesmo que ausente
e me sopras ventos de nostalgia
que vagam pelas esquinas dos meus dias.

o hálito morno de tua respiração
me invade o fôlego
e me torno o avesso do meu avesso.
restaram pequenas palavras
que me sussurravas com tua voz muda
quando me pedias que te ouvisse,
quando me pedias que te tocasse,
quando me pedias:
me beija, me fode.

te trago dentro de mim,
te fiz parte de mim,
caminhas ao lado dos meus passos,
pisando comigo este mesmo chão
e me conduzes ao longo do dia
para algum vago sitio,
para algum improvável lugar.

caminhamos juntos pela mesma estrada
mas há muito já não há mais estrada,
somente o rastro que nossas feridas deixaram.
somente um abismo profundo e negro.
um vazio, implorando aos gritos
que algo o preencha.

Poema do livro Amores Possíveis
A venda em http://sergioprof.wordpress.com
Contato:
blog: http://sergioprof.wordpress.com/
facebook: https://www.facebook.com/jardimpoeta
https://www.facebook.com/poetajardim
twitter: http://twitter.com/SERGI0_ALMEIDA
linkedin: https://www.linkedin.com/in/poeta-jardim-a7b0222b
google +: https://plus.google.com/+sergioalmeidaJardim
skoob: http://www.skoob.com.br/autor/7181-jardim

Submited by

Domingo, Enero 29, 2017 - 12:57

Poesia :

Sin votos aún

jardim

Imagen de jardim
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 2 años 25 semanas
Integró: 07/28/2012
Posts:
Points: 358

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of jardim

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/Amor o anjo que pego em meu colo 0 594 02/02/2017 - 11:18 Portuguese
Poesia/Amor será que consegues 0 498 02/02/2017 - 11:15 Portuguese
Poesia/Amor antes que eu pudesse me dar conta 0 478 02/01/2017 - 19:40 Portuguese
Poesia/Amor algo se quebrou no universo 0 504 02/01/2017 - 19:38 Portuguese
Poesia/Amor guardei para ti rosas e versos 0 488 02/01/2017 - 19:34 Portuguese
Poesia/Amor foi preciso te encontrar 0 407 01/31/2017 - 11:36 Portuguese
Poesia/Amor foram eternos dias 0 515 01/31/2017 - 11:35 Portuguese
Poesia/Amor em minha boca calada 0 482 01/31/2017 - 11:33 Portuguese
Poesia/Amor nos acostumamos 0 473 01/30/2017 - 12:05 Portuguese
Poesia/Amor se me falta o chão em que piso 0 356 01/30/2017 - 12:03 Portuguese
Poesia/Amor a casa está vazia 0 2.108 01/30/2017 - 12:01 Portuguese
Poesia/Amor eternos dias 0 405 01/29/2017 - 12:59 Portuguese
Poesia/Amor de ti trago memórias 0 496 01/29/2017 - 12:57 Portuguese
Poesia/Amor provo teu negro amor 0 377 01/29/2017 - 12:55 Portuguese
Poesia/Amor penetraste 0 406 01/28/2017 - 11:16 Portuguese
Poesia/Amor te busco em todas as outras 0 601 01/28/2017 - 11:09 Portuguese
Poesia/Amor sou somente um bardo 0 424 01/28/2017 - 11:07 Portuguese
Poesia/Amor dentro de nós 1 361 01/27/2017 - 15:00 Portuguese
Poesia/Amor andei pelas avenidas até minhas pernas se confundirem com o asfalto. 0 456 01/27/2017 - 10:40 Portuguese
Poesia/Amor menti, enganei, aprend 0 386 01/27/2017 - 10:38 Portuguese
Poesia/Amor vívido corpo 0 411 01/26/2017 - 11:10 Portuguese
Poesia/Amor dentro daquele beijo 0 403 01/26/2017 - 11:07 Portuguese
Poesia/Amor decifrando teus abismos 0 541 01/26/2017 - 11:06 Portuguese
Poesia/Amor o meu corpo a buscar teu corpo ausente 0 495 01/25/2017 - 12:59 Portuguese
Poesia/Amor de tuas entradas às tuas entranhas 0 372 01/25/2017 - 12:57 Portuguese