Sonhos pró futuro

tempos que não sabemos ver

incertos caminhos virados do avesso

sem sentido nem desterro

Apenas uma celeridade inebriante

da vontade de ver tudo que nos rodeia

Acende, incendeia

Aquece o corpo e a alma

A mente, descrente

sem retorno nem chama

Saudades dos tempos passados

Dos quais só reza a memoria

Insólitas passagens de toda uma grande história.

Sonhos, saudades, esperança

Todo o sonho de viver

Todo o sonho de uma criança
 

Submited by

Sábado, Mayo 7, 2011 - 22:08

Poesia :

Sin votos aún

Rui Lima

Imagen de Rui Lima
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 3 años 45 semanas
Integró: 03/04/2011
Posts:
Points: 1584

Comentarios

Imagen de MarneDulinski

Sonhos pró futuro

Lindo poema, gostei muito!

Meus parabéns,

Marne

Imagen de Rui Lima

Agradecido mais uma vez pelo

Agradecido mais uma vez pelo seu apreço e bom gostowink

 

um abraço amigo Marne,

Rui Lima

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of Rui Lima

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Prosas/Otros Ancestral e sisuda, Sé é o epicentro de Braga, em Portugal 3 19.003 06/11/2019 - 09:38 Portuguese
Poesia/Intervención ¿¿O que é isso da liberdade?? 1 1.323 02/27/2018 - 12:15 Portuguese
Ministério da Poesia/Amor o meu 1º poema de amor EVER 9 2.854 12/07/2014 - 11:18 Portuguese
Poesia/Pensamientos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]"Me_Ditação" 3 1.661 07/26/2014 - 00:16 Portuguese
Poesia/Pensamientos "moral" sociedade 1 1.411 06/13/2014 - 21:22 Portuguese
Poesia/Meditación os nossos sonhos e as alegorias que vivemos 1 1.898 06/13/2014 - 03:29 Portuguese
Poesia/General folha branca de papel 2 2.137 05/30/2014 - 16:32 Portuguese
Poesia/General A Árvore dos Patafúrdios 0 1.635 04/07/2014 - 15:59 Portuguese
Poesia/Pensamientos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]Do Económico ao Social... 0 1.661 03/26/2014 - 01:16 Portuguese
Poesia/Intervención o dia passa, a vida passa, tudo nasce, tudo morre 0 2.772 02/21/2014 - 18:08 Portuguese
Poesia/Intervención Distrofia Social 0 1.881 02/17/2014 - 18:04 Portuguese
Poesia/General Uma mão cheia de nada 0 1.703 01/25/2014 - 04:50 Portuguese
Poesia/General o tempo passa e vai passando e deixa tudo para trás 0 4.089 01/02/2014 - 18:49 Portuguese
Críticas/Varios [ANALISE DE MERCADO] Segmento/nicho de mercado dos "salgadinho" low-cost nas lojas de estações de serviço em Portugal 0 5.397 12/04/2013 - 02:42 Portuguese
Poesia/Pensamientos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]Respeito Vs. Desrespeito 0 1.908 11/01/2013 - 20:04 Portuguese
Poesia/General FADO 0 1.845 10/30/2013 - 15:29 Portuguese
Poesia/Pensamientos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]Condicionalismos 0 1.444 10/26/2013 - 01:02 Portuguese
Poesia/Pensamientos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]limitações sociais 0 1.648 10/26/2013 - 00:56 Portuguese
Poesia/Pensamientos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]hipóteses... factos... certezas... 0 1.629 10/25/2013 - 23:45 Portuguese
Poesia/Pensamientos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]Formatação Social 0 1.338 10/25/2013 - 23:40 Portuguese
Poesia/Pensamientos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]Bem Vs. Mal 0 2.902 10/25/2013 - 23:32 Portuguese
Prosas/Otros 15% do IVA dedutivel para o IRS... como manipular a seu favor para receber mais no seu IRS 2013 0 3.042 10/17/2013 - 16:04 Portuguese
Poesia/General little moments in time 0 3.405 09/24/2013 - 21:06 Inglés
Poesia/General TODOS (menos nenhum) 0 1.916 09/02/2013 - 21:18 Portuguese
Poesia/General INTENSAMENTE 2 1.929 09/02/2013 - 21:09 Portuguese