CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

ADOTE e o romance Caramelos Emaranhados

Conheça a ADOTE, saiba mais sobre Doação de òrgãos e Tecidos:
www.adote.org.br

Adquira seus romances:

"Caramelos Emaranhados"
https://www.clubedeautores.com.br/book/135131-Caramelos_emaranhados

Sinopse:

“Caramelos emaranhados” é um romance emocionante, uma viagem pelos medos, fraquezas, morte, incompreensão, carências emocionais e físicas, paixão, amor, doação, ciúmes. Ora canta o amor eros, ora o amor fidelis. Mostra as consequências de atos impensados e trafega pelas dores e dificuldades de pacientes com insuficiência renal crônica. Ligações inexplicáveis entre irmãos que jamais se conheceram são descritas, fazendo-nos imaginar como a mão de Deus trabalha nas vidas das pessoas de forma surpreendente.
O fechar das cortinas não se dá no último capítulo em que a história é contada, mas sim com a invocação de todos que o leem para se que disponham à doação de órgãos, informando suas famílias sobre este desejo. Uma campanha de esclarecimento sobre como ser um doador e onde obter informações, mas também uma convocação ao caráter solidário de cada um de nós que poderá ser encontrada nas últimas páginas.
Minha expectativa é a de poder alcançar o coração dos leitores, já que esta é minha proposta de vida. Nunca fazer qualquer coisa apenas por fazer, mas sempre com um objetivo maior que resgate no ser humano o que ele tem de melhor, a começar por mim. A autora

E "O outro lado de Sameli Mendes"
https://clubedeautores.com.br/book/157917--O_outro_lado_de_Sameli_Mendes

Sinopse
Há nesta obra uma constante luta em busca do que se pode chamar de self, ou“verdadeira identidade”. Sameli, uma garota recatada de origem simples, percorre a trajetória árdua da heroína, em que é chamada a uma aventura em busca de seu crescimento profissional. Simpatizamos com o esforço pelo trabalho, a ética e o justo fazer nas suas conquistas. Porém, à medida em que se entrega aos sonhos que nutre desde o convívio com a mãe na arte da costura, Sameli vai progressivamente se libertando das amarras morais e sociais a que era acostumada a respeitar e temer. Suas escolhas e seu ímpeto experimentador remetem-na a um universo de inúmeros traumas e provações. Como uma malha prestes a desfiar, a vida incita a incorruptível moça a esgarçar os limites de sua antes inabalável fibra egóica, revelando espaço para os mais íntimos e penosos desejos.E a autora nos seduz a mergulhar nesta ambivalente transformação quando brinca com o tempo verbal e o “EU” narrativo, arrastando-nos de modo impactante na consciência de Sameli. Amargurada pela auto-condenação, nossa heroína tenta regressar à superfície de seu mundo e resgatar a integridade que antes a fazia segura de si e desbravadora dos mais improváveis desafios.
Dr Marcelo Carlos Pereira
Médico Psiquiatra

Veja sobre Teresa Azevedo

Membro Efetivo da ANLPPB - Cadeira 06
(Academia Nacional de Letras do Portal do Poeta Brasileiro) nos links:
www.teresaazevedo.prosaeverso.net
http://caramelosemaranhados.blogspot.com.br/
www.transtornobipolar-relatoscontnuos.blogspot.com

Participe das Campanhas:

Valorize o poeta vivo!
Comunique aos seus familiares seu desejo em doar seus órgãos e tecidos após sua morte!

Submited by

quinta-feira, março 6, 2014 - 06:40

Anúncios :

No votes yet

teresaazevedo

imagem de teresaazevedo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 44 semanas
Membro desde: 09/16/2010
Conteúdos:
Pontos: 608

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of teresaazevedo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza Simples assim 0 951 05/25/2018 - 20:42 Português
Poesia/Paixão Dono dos meus caprichos 0 718 05/25/2018 - 20:15 Português
Poesia/Paixão Dono dos meus caprichos 0 822 05/25/2018 - 20:15 Português
Poesia/Geral O êxtase do poeta é a poesia 0 956 11/06/2015 - 11:34 Português
Poesia/Geral Poeta é gente diferente 0 1.105 11/06/2015 - 11:32 Português
Poesia/Geral Nós eremitas 0 932 11/06/2015 - 11:31 Português
Poesia/Geral Ser coletivo 0 1.132 11/05/2015 - 18:08 Português
Poesia/Geral Transcendemos corpos e emoções 0 1.536 11/05/2015 - 18:06 Português
Poesia/Meditação Ondulações 0 975 11/05/2015 - 18:04 Português
Videos/Poesia Projeto Ondulações 2014 0 4.190 11/05/2015 - 08:02 Português
Poesia/Tristeza Batem as asas do adeus 1 1.705 07/29/2014 - 01:08 Português
Poesia/Poetrix Crescer sim, beber não! 1 1.226 07/26/2014 - 00:30 Português
Poesia/Geral Miscelânea poética 1 1.661 07/17/2014 - 23:58 Português
Poesia/Aldravias Aldravia 1 0 1.885 07/17/2014 - 16:36 inglês
Poesia/Geral Tarde, mormaço 1 1.267 07/13/2014 - 23:57 Português
Poesia/Geral Descortine-os 0 1.191 07/12/2014 - 18:42 Português
Poesia/Geral Intocável 0 941 07/12/2014 - 18:01 Português
Poesia/Arquivo de textos Como alcançar o inalcançável 0 1.579 07/11/2014 - 04:39 inglês
Poesia/Arquivo de textos Como alcançar o inalcançável 0 1.416 07/11/2014 - 04:39 inglês
Poesia/Arquivo de textos (Poesia coletiva, resultado do primeiro Sarau, produzida através de palavras que cada assistido falou) 0 1.477 06/27/2014 - 19:06 inglês
Poesia/Paixão Casados em cópula 1 1.657 06/19/2014 - 00:12 Português
Poesia/Desilusão Pássaro Errante 1 1.225 06/16/2014 - 03:15 Português
Poesia/Fantasia Sonhei, tão somente sonhei 1 1.060 06/14/2014 - 19:28 Português
Poesia/Paixão Com a força dos temporais 1 1.181 06/12/2014 - 04:55 Português
Poesia/Amor Fragmento da poesia “Nós” 0 1.046 06/11/2014 - 06:21 Português