CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Artigo de apreciação crítica do filme “Vatel”

Vatel, não é apenas marca de sal, mas também um ótimo filme francês, baseado em factos reais, realizado por Roland Joffé em 2000.
Passado em 1671 no castelo de Condé a norte de França é assim muito bom para perceber o século XVII, em especial a nobreza.

Toda a história baseia-se numa visita do Rei Luís XIV ao Príncipe de Condé, numa tentativa que este último caia nas boas graças do rei, pois passa agora por uma fase complicada e está completamente enterrado em dívidas e necessita da ajuda do rei. Mas o rei não vai sozinho, leva consigo toda a sua corte. Incluindo assim o seu irmão, o marquês de Lauzan e Anne de Monteusier.
Anne de Monteusier é dama de companhia da rainha e vai ter também um papel importante na história, pois, para além de ser desejada pelo rei é também desejada por Vatel.
François Vatel é a personagem principal do filme, um fantástico mestre de cerimónias e uma presença indispensável em todo o decorrer da história como podemos perceber pelo facto de ser dado o seu nome ao titulo do filme.
É extremamente importante que a corte seja bem servida e é Vatel que vai suportar esse cargo, não só organizando as refeições e criando até receitas mas também divertindo a corte com variados espetáculos como encenações teatrais.
Até que num dia em que o peixe falta e Vatel se apercebe que o seu amo o apostou num jogo como se tivesse a apostar um dos seus cães de caça se suicida.
Ao início Anne tratava-o com um certo desprezo devido ao facto de o estatuto de Vatel ser abaixo do seu. E quando finalmente se apercebe o quanto Vatel poderia ser especial, é tarde demais.

Vatel não era somente um magnífico mestre de cerimónias como tinha origens muito humildes e vivia entre aquelas duas realidades tão diferentes.
O filme para além de ter uma história fantástica cheia de amor, traição e desejo, reflete muito bem o tratamento que era dado á nobreza e todas as suas futilidades vividas, depois temos o contraste de como o povo vivia mal e muitas vezes nem era pago pelos serviços que prestava e temos mesmo casos em que elementos do povo perdem a vida em serviço ao rei. É claro que para a nobreza eram meros números e eram mesmo capazes de achar que a pessoa se deveria sentir lisonjeada só por servir o rei e que só por isso nem merecia pagamento.
Era tudo planeado com todo o detalhe e os próprios lugares na mesa não passavam duma encenação hierarquizada do poder. Podemos observar isso quando o rei manda trocar Anne de lugar para mais junto de si.
Concluo enfim, que é esta diversidade de coisas que faz deste filme um filme tão bom e aconselhável.

Submited by

sexta-feira, abril 27, 2012 - 22:02

Críticas :

No votes yet

Inês Ferreira

imagem de Inês Ferreira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 25 semanas
Membro desde: 04/05/2012
Conteúdos:
Pontos: 61

Comentários

imagem de Star Girl

Vou colocar na minha lista de

Vou colocar na minha lista de filmes pra assitir e me deleitar!!!

Abraços da StarGirl

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Inês Ferreira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Críticas/Filmes Artigo de apreciação crítica do filme “Vatel” 1 5.418 05/23/2012 - 18:23 Português
Poesia/Amor Chamam-lhe amor... 5 395 05/13/2012 - 01:25 Português
Poesia/Tristeza Infância perdida 2 326 05/04/2012 - 14:56 Português
Poesia/Intervenção Metaforicamente falando 12 604 04/30/2012 - 20:38 Português
Poesia/Amor Cartas para ti 7 578 04/28/2012 - 14:28 Português
Poesia/Amor Censura moral 4 540 04/21/2012 - 11:04 Português
Anúncios/Outros - Vende-se Primeiro livro já à venda aqui no waf :) 0 492 04/19/2012 - 16:13 Português
Fotos/Eventos No lançamento do meu primeiro livro 0 949 04/10/2012 - 21:01 inglês
Poesia/Paixão Uma guerra constante 2 338 04/05/2012 - 21:05 Português
Ministério da Poesia/Paixão Uma guerra constante 0 431 04/05/2012 - 12:24 Português