CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Tostada de bacalhau com coulis de pimento

Ingredientes

Para 4 pessoas
4 fatias de pão regional com côdea
Vaqueiro Alho
1 lombo de bacalhau (sem pele nem espinhas)
1 pimento verde
1 pimento vermelho
1 pimento amarelo
óleo Vaqueiro

Preparação

Toste levemente as fatias de pão na torradeira, numa chapa ou numa grelha sobre brasas. Barre o pão com Vaqueiro Alho e reserve.

Ponha o lombo de bacalhau a assar juntamente com os pimentos na chapa ou na grelha sobre brasas. Vá virando os pimentos e o lombo de bacalhau. Quando os pimentos estiverem assados, meta-os num saco de plástico e mantenha-os abafados durante 5 a 10 minutos para retirar a pele com mais facilidade.

Entretanto lasque o bacalhau. Limpe os pimentos de peles e sementes e rasgue-os em tiras.

Deite metade das tiras do pimento vermelho e do amarelo no copo da varinha mágica, junte 1 a 2 colheres de sopa de óleo Vaqueiro e reduza a puré com a varinha.

Distribua as lascas de bacalhau pelas fatias de pão, enfeite com as tiras de pimento e sirva acompanhado com o coulis de pimentos (numa colher torta).

Submited by

sábado, março 6, 2010 - 18:22

Culinária :

No votes yet

Henrique

imagem de Henrique
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 14 semanas
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 34817

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Henrique

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos DA POESIA 1 5.733 05/26/2020 - 23:50 Português
Videos/Outros Já viram o Pedro abrunhosa sem óculos? Pois ora aqui o têm. 1 37.579 06/11/2019 - 09:39 Português
Poesia/Tristeza TEUS OLHOS SÃO NADA 1 1.779 03/06/2018 - 21:51 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O INFINITO SEJA O PRINCÍPIO 4 2.459 02/28/2018 - 17:42 Português
Poesia/Pensamentos APALPOS INTERMITENTES 0 2.289 02/10/2015 - 22:50 Português
Poesia/Aforismo AQUILO QUE O JUÍZO É 0 2.141 02/03/2015 - 20:08 Português
Poesia/Pensamentos ISENTO DE AMAR 0 4.122 02/02/2015 - 21:08 Português
Poesia/Amor LUME MAIS DO QUE ACESO 0 2.941 02/01/2015 - 22:51 Português
Poesia/Pensamentos PELO TEMPO 0 1.800 01/31/2015 - 21:34 Português
Poesia/Pensamentos DO AMOR 0 1.954 01/30/2015 - 21:48 Português
Poesia/Pensamentos DO SENTIMENTO 0 2.514 01/29/2015 - 22:55 Português
Poesia/Pensamentos DO PENSAMENTO 0 2.499 01/29/2015 - 19:53 Português
Poesia/Pensamentos DO SONHO 0 1.786 01/29/2015 - 01:04 Português
Poesia/Pensamentos DO SILÊNCIO 0 3.133 01/29/2015 - 00:36 Português
Poesia/Pensamentos DA CALMA 0 2.436 01/28/2015 - 21:27 Português
Poesia/Pensamentos REPASTO DE ESQUECIMENTO 0 1.978 01/27/2015 - 22:48 Português
Poesia/Pensamentos MORRER QUE POR DENTRO DA PELE VIVE 0 1.989 01/27/2015 - 16:59 Português
Poesia/Aforismo NENHUMA MULTIDÃO O SERÁ 0 2.003 01/26/2015 - 20:44 Português
Poesia/Pensamentos SILENCIOSA SOMBRA DE SOLIDÃO 0 3.141 01/25/2015 - 22:36 Português
Poesia/Pensamentos MIGALHAS DE SAUDADE 0 1.648 01/22/2015 - 22:32 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O AMOR SEMEIA E COLHE A SOLIDÃO 0 1.616 01/21/2015 - 18:00 Português
Poesia/Pensamentos PALAVRAS À LUPA 0 2.545 01/20/2015 - 19:38 Português
Poesia/Pensamentos MADRESSILVA 0 1.563 01/19/2015 - 21:07 Português
Poesia/Pensamentos NA SOLIDÃO 0 1.841 01/17/2015 - 23:32 Português
Poesia/Pensamentos LÁPIS DE SER 0 1.834 01/16/2015 - 20:47 Português