CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

À minha mãe

Quisera hoje ver-te, ó mãe querida,
contigo estar no meu torrão
e te contar da minha Vida,
da dor que me aperta o Coração.


Quisera alegrar teus olhos cansados,
curar da falta a grande ferida
que te faço e me fazes. Já quebrados
os meus planos, minh`alma está partida.


É tão longa a distância, mãe amada,
que me consola esta página amarelada
onde me debruço a chorar o meu tormento.


Contudo, mãe, se são desfeitos os meus planos,
meu Coração, mesmo entre tantos desenganos,
tanto te ama e não te esquece um só momento.

Submited by

quarta-feira, maio 25, 2011 - 13:19

Poesia :

No votes yet

Remisson

imagem de Remisson
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 anos 49 semanas
Membro desde: 08/21/2008
Conteúdos:
Pontos: 417

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Remisson

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral O mais é resto... 0 434 05/30/2011 - 15:29 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Entrega 0 854 05/30/2011 - 15:24 Português
Ministério da Poesia/Soneto O mendigo 0 774 05/30/2011 - 15:22 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Partida 0 440 05/30/2011 - 15:20 Português
Ministério da Poesia/Geral Convite 0 615 05/30/2011 - 15:19 Português
Ministério da Poesia/Geral Reles 0 731 05/30/2011 - 15:17 Português
Ministério da Poesia/Geral Graças 0 737 05/30/2011 - 15:16 Português
Ministério da Poesia/Geral Inapto 0 647 05/30/2011 - 15:14 Português
Ministério da Poesia/Dedicado Cherry 0 614 05/30/2011 - 15:07 Português
Ministério da Poesia/Dedicado Nova Era 0 690 05/30/2011 - 15:04 Português
Ministério da Poesia/Soneto Mente insana 0 807 05/30/2011 - 15:01 Português
Ministério da Poesia/Geral Cara-de-pau 0 703 05/30/2011 - 15:00 Português
Ministério da Poesia/Geral Aborto 0 812 05/30/2011 - 14:58 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Transe 0 924 05/30/2011 - 14:55 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Inexistência 0 705 05/30/2011 - 14:52 Português
Ministério da Poesia/Geral O amante 0 753 05/25/2011 - 17:49 Português
Ministério da Poesia/Geral Canção final 0 623 05/25/2011 - 17:46 Português
Ministério da Poesia/Soneto O teatro 0 887 05/25/2011 - 17:41 Português
Ministério da Poesia/Soneto Desvario 0 744 05/25/2011 - 17:37 Português
Ministério da Poesia/Geral Os dançarinos 0 651 05/25/2011 - 17:36 Português
Ministério da Poesia/Soneto Terapia do riso absurdo 0 944 05/25/2011 - 17:35 Português
Ministério da Poesia/Soneto A Rosa dos Anjos 0 842 05/25/2011 - 17:32 Português
Ministério da Poesia/Soneto Fantasia 0 872 05/25/2011 - 17:31 Português
Ministério da Poesia/Geral Poeminha prático 0 506 05/25/2011 - 17:29 Português
Ministério da Poesia/Soneto Realeza 0 783 05/25/2011 - 17:28 Português