CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Acróstico de Natal: Meus amigos, meu presente!


Meus Amigos, este Acróstico é muito especial,
É o meu presente de Natal...


M ais um ano se finda,

E o Natal se aproxima,

U ma data que se repete

S imbólica, envolvente.


A nuncia um re-nascer!

M esa posta, pão e vinho,

I magem de presépio, Deus menino,

G estos de paz, mãos abertas, re-fazendo,

O s laços, de doar-se, de abrir os presentes,

S orrir, de se solidarizar como irmãos humanos.


F estejar a ceia, a reunião,

E ncontro dos entes queridos,

L embrar dos ausentes, dos chamados,

I nventar sempre uma razão ou emoção,

Z elar pela harmonia, união, comunhão.


N este Natal se fortaleça o terno abraço

A amizade, os valores, a crença na mudança,

T al como se fora uma dança cósmica,

A stros – pessoas, que brindam anunciada chegada,

L uz de Belém que se projeta na vida do outro.

***************************************************************************************************************************
Aos meus diletos amigos (as), companheiros de lutas,
Presentes em tantas jornadas pela vida afora,
Saibam que o meu melhor presente de Natal
É a semente da amizade, cultivada e irrigada,
Com o fermento disseminado por nossas mãos,
Com a água vertida de nossas lágrimas,
Com a luz refletida em nossos olhares,
Com a pulsão de vida de nossos corações,
Com a força e conforto de nossos abraços,
Com os ares renovados de nossos pulmões,
Com o sentido de direção de nossos passos,
Com a mente aberta para os novos desafios.

E queiram saber que tudo isto é recíproco,
Só se pode doar aquilo que verdadeiramente se tem.


Feliz Natal e um novo ano de 2011, renovador, pacificador,
agregador e, acima de tudo, realizador dos sonhos de cada um de vocês!


AjAraújo, médico e poeta humanista, escrito em 18 de dezembro de 2010.

Submited by

sábado, dezembro 18, 2010 - 14:03

Poesia :

No votes yet

AjAraujo

imagem de AjAraujo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 16 semanas
Membro desde: 10/29/2009
Conteúdos:
Pontos: 15584

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of AjAraujo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Poetrix Poemas - de "Magma" (Guimarães Rosa) 2 17.421 06/11/2019 - 11:48 Português
Videos/Música Ave Maria - Schubert (Andre Rieu & Mirusia Louwerse) 1 23.928 06/11/2019 - 11:02 inglês
Poesia/Fantasia Cabelos de fogo 0 698 04/28/2018 - 21:38 Português
Poesia/Dedicado A criança dentro de ti 0 596 04/28/2018 - 21:20 Português
Poesia/Pensamentos O porto espiritual 0 620 04/28/2018 - 21:00 Português
Poesia/Dedicado Ano Novo (Ferreira Gullar) 1 796 02/20/2018 - 19:17 Português
Prosas/Drama Os ninguéns (Eduardo Galeano) 0 766 12/31/2017 - 19:09 Português
Poesia/Dedicado Passagem de ano (Carlos Drummond de Andrade) 0 763 12/31/2017 - 18:59 Português
Prosas/Contos Um conto de dor e neve (AjAraujo) 0 1.771 12/20/2016 - 11:42 Português
Prosas/Contos Conto de Natal (Rubem Braga) 0 1.134 12/20/2016 - 11:28 Português
Prosas/Contos A mensagem na garrafa - conto de Natal (AjAraujo) 0 2.216 12/04/2016 - 13:46 Português
Poesia/Intervenção Educar não é... castigar (AjAraujo) 0 858 07/08/2016 - 00:54 Português
Poesia/Intervenção Dois Anjos (Gabriela Mistral) 0 2.438 08/04/2015 - 23:50 Português
Poesia/Dedicado Fonte (Gabriela Mistral) 0 1.383 08/04/2015 - 22:58 Português
Poesia/Meditação O Hino Cotidiano (Gabriela Mistral) 0 1.482 08/04/2015 - 22:52 Português
Poesia/Pensamentos As portas não são obstáculos, mas diferentes passagens (Içami Tiba) 0 1.522 08/02/2015 - 23:48 Português
Poesia/Dedicado Pétalas sobre o ataúde - a história de Pâmela (microconto) 0 2.187 03/30/2015 - 11:56 Português
Poesia/Dedicado Ode para a rendição de uma infância perdida 0 1.451 03/30/2015 - 11:45 Português
Poesia/Tristeza Entre luzes e penumbras 0 1.751 03/30/2015 - 11:39 Português
Poesia/Tristeza No desfiladeiro 1 2.674 07/26/2014 - 00:09 Português
Poesia/Intervenção Sinais da história 0 1.554 07/17/2014 - 00:54 Português
Poesia/Fantasia E você ainda acha pouco? 0 2.374 07/17/2014 - 00:51 Português
Poesia/Aforismo Descanso eterno 2 3.035 07/03/2014 - 22:28 Português
Poesia/Intervenção Paisagem (Charles Baudelaire) 0 2.148 07/03/2014 - 03:16 Português
Poesia/Meditação Elevação (Charles Baudelaire) 0 2.062 07/03/2014 - 03:05 Português