CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Adeus, ano velho (Affonso Romano de Sant'Anna)

Vai, ano velho, vai de vez
Vai com tuas dívidas
e dúvidas, vai, dobra a ex-
quina da sorte, e no trinta e um,
à meia-noite esgota o copo
e a culpa do que nem lembro
e me cravou entre janeiro e dezembro.

Vai, leva tudo: destroços,
ossos, fotos dos presidentes,
beijos de atrizes, enchentes,
secas, suspiros, jornais...
Vade Retrum, pra trás!
leva pra escuridão
quem me assaltou O carro,
a casa e o coração,
Não quero te ver mais,
só daqui a anos, Nos anais,
nas fotos do nunca-mais.

Vem, ano novo, vem veloz,
vem em quadrigas, aladas, antigas
ou jatos de luz modernas, vem,
paira, desce, habita em nós,
vem com cavalhadas, folias, reisados,
fitas multicores, rebercas
vem com uva e mel e desperta
em nosso corpo a alegria.
escancara a alma, a poesia,
e, por um instante, estanca
o verso real, perverso
e sacia em nós a fome
- utopia.

Vem na areia da ampulheta, como a
semente que contivesse outra se-
mente que contivesse ou-
tra semente ou pérola na
casca da ostra
como se
se
outra se-
mente pudesse
nascer do corpo e mente
ou do umbigo da gente como o ovo
o Sol a gema do Ano Novo que rompesse
a placenta da noite em viva flor luminescente.

Adeus, tristeza: a vida
é uma caixa chinesa
de onde brota a manhã.
Agora
é recomeçar.
A utopia é urgente.
Entre flores de urânio
é permitido sonhar.

 

Affonso Romano de Sant'Anna, poeta brasileiro, em belíssimo poema sobre a passagem do ano.

Submited by

segunda-feira, dezembro 26, 2011 - 12:17

Poesia :

No votes yet

AjAraujo

imagem de AjAraujo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 24 semanas
Membro desde: 10/29/2009
Conteúdos:
Pontos: 15584

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of AjAraujo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Intervenção Árvore-vida 0 804 05/14/2012 - 18:22 Português
Poesia/Aforismo Cascata 0 838 05/14/2012 - 18:19 Português
Poesia/Haikai Lágrimas da folha 0 892 05/14/2012 - 18:16 Português
Videos/Música De paso (Luis Eduardo Aute) 0 945 05/01/2012 - 00:31 Espanhol
Videos/Teatro De la luz a la sombra (Luis Eduardo Aute) 0 2.997 05/01/2012 - 00:27 Espanhol
Videos/Música La vida al pasar (Luis Eduardo Aute) 0 1.647 05/01/2012 - 00:17 Espanhol
Poesia/Meditação Tempo será (Manuel Bandeira) 0 912 04/25/2012 - 10:57 Português
Poesia/Meditação Voz de fora (Manuel Bandeira) 0 883 04/25/2012 - 10:55 Português
Poesia/Dedicado Meninos Carvoeiros (Manuel Bandeira) 0 1.426 04/25/2012 - 10:53 Português
Poesia/Meditação Pesquisa (Paulo Mendes Campos) 0 1.588 04/23/2012 - 11:01 Português
Poesia/Meditação Infância (Paulo Mendes Campos) 0 906 04/23/2012 - 10:57 Português
Poesia/Meditação Copacabana 1945 - excertos (Paulo Mendes Campos) 0 918 04/23/2012 - 10:55 Português
Poesia/Alegria O sol e o poeta 1 689 04/14/2012 - 17:34 Português
Poesia/Meditação O sonho nos envia sinais para... viver 0 728 04/14/2012 - 12:06 Português
Videos/Música Irish Traditional Music (Joannie Madden, Bill Douglas and Taliesin Orchestra) 0 1.636 04/14/2012 - 11:23 inglês
Videos/Música Song for the Avatar Movie ending (Enigma) 0 1.349 04/14/2012 - 11:14 Português
Videos/Música Winter HD Landscapes New Age Music HD (James Asher) 0 2.762 04/14/2012 - 10:59 inglês
Poesia/Dedicado Magdalena (Marina Tsvetáieva) 0 759 04/14/2012 - 01:25 Espanhol
Poesia/Amor Poema do Fim (Marina Tsvetáieva) 0 3.682 04/14/2012 - 01:10 Português
Poesia/Intervenção Psique (Marina Tsvetáieva) 1 805 04/14/2012 - 00:58 Português
Poesia/Pensamentos Quando nada é certo, tudo é possível (Margareth Drabble) 0 1.371 04/11/2012 - 12:33 Português
Poesia/Pensamentos A capacidade de mudar o mundo (Margareth Mead) 0 1.373 04/11/2012 - 12:19 Português
Poesia/Meditação Enigma, Sigma (a propósito dos seres e as drogas) 0 946 04/11/2012 - 12:13 Português
Poesia/Amor Uma Carta de Amor (Julio Cortazar) 1 9.336 04/11/2012 - 09:55 Português
Poesia/Meditação Tenho (Nicolas Guillen) 0 953 04/11/2012 - 00:39 Português