CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Poema do Fim (Marina Tsvetáieva)

Poema do fim

Como a pedra afia a faca,
Como ele desliza a serragem ao varrer,
Assim, a pele aveludada
De súbito, entre os dedos. úmida.

Oh dupla coragem, sequidão -
Dos homens, onde está você,
Se em minhas mão há lágrimas
E não chuva?

A água é da fortuna
O que mais poderia querer?
Se teus olhos são diamantes
Que se vertem em minhas palmas,

Já não perco
Nada. Fim do fim.
Carícias, abraços
- Eu acariciava tua face.

Assim somos, orgulhosos
E polacas - Marina -,
Quando chove em minhas mãos
Olhos de águia:

Você chora? Meu amor,
Meu tudo: me perdoe.
Pedras de sal
Caem em minhas mãos.

Planto de homem, veia,
Na cabeça recostada.
Gritos. Outra te devolverá
A vergonha que te fiz deixar.

Somos dois peixes
Dos meus - meu - seu - meu mar
Duas conchas mortas
Labio contra labio.

Todas as lágrimas.
sabor
Um oráculo
- O que acontecerá
quando
Despertares?

Marina Tsvetáieva, poetisa russa.

Submited by

sábado, abril 14, 2012 - 00:10

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

AjAraujo

imagem de AjAraujo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 31 semanas
Membro desde: 10/29/2009
Conteúdos:
Pontos: 15584

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of AjAraujo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Poetrix Poemas - de "Magma" (Guimarães Rosa) 2 17.978 06/11/2019 - 10:48 Português
Videos/Música Ave Maria - Schubert (Andre Rieu & Mirusia Louwerse) 1 24.170 06/11/2019 - 10:02 inglês
Poesia/Fantasia Cabelos de fogo 0 1.585 04/28/2018 - 20:38 Português
Poesia/Dedicado A criança dentro de ti 0 946 04/28/2018 - 20:20 Português
Poesia/Pensamentos O porto espiritual 0 838 04/28/2018 - 20:00 Português
Poesia/Dedicado Ano Novo (Ferreira Gullar) 1 904 02/20/2018 - 18:17 Português
Prosas/Drama Os ninguéns (Eduardo Galeano) 0 1.128 12/31/2017 - 18:09 Português
Poesia/Dedicado Passagem de ano (Carlos Drummond de Andrade) 0 1.303 12/31/2017 - 17:59 Português
Prosas/Contos Um conto de dor e neve (AjAraujo) 0 2.054 12/20/2016 - 10:42 Português
Prosas/Contos Conto de Natal (Rubem Braga) 0 1.325 12/20/2016 - 10:28 Português
Prosas/Contos A mensagem na garrafa - conto de Natal (AjAraujo) 0 2.459 12/04/2016 - 12:46 Português
Poesia/Intervenção Educar não é... castigar (AjAraujo) 0 958 07/07/2016 - 23:54 Português
Poesia/Intervenção Dois Anjos (Gabriela Mistral) 0 2.594 08/04/2015 - 22:50 Português
Poesia/Dedicado Fonte (Gabriela Mistral) 0 1.534 08/04/2015 - 21:58 Português
Poesia/Meditação O Hino Cotidiano (Gabriela Mistral) 0 1.639 08/04/2015 - 21:52 Português
Poesia/Pensamentos As portas não são obstáculos, mas diferentes passagens (Içami Tiba) 0 1.894 08/02/2015 - 22:48 Português
Poesia/Dedicado Pétalas sobre o ataúde - a história de Pâmela (microconto) 0 2.858 03/30/2015 - 10:56 Português
Poesia/Dedicado Ode para a rendição de uma infância perdida 0 1.564 03/30/2015 - 10:45 Português
Poesia/Tristeza Entre luzes e penumbras 0 1.891 03/30/2015 - 10:39 Português
Poesia/Tristeza No desfiladeiro 1 2.905 07/25/2014 - 23:09 Português
Poesia/Intervenção Sinais da história 0 1.700 07/16/2014 - 23:54 Português
Poesia/Fantasia E você ainda acha pouco? 0 2.607 07/16/2014 - 23:51 Português
Poesia/Aforismo Descanso eterno 2 3.154 07/03/2014 - 21:28 Português
Poesia/Intervenção Paisagem (Charles Baudelaire) 0 2.272 07/03/2014 - 02:16 Português
Poesia/Meditação Elevação (Charles Baudelaire) 0 2.197 07/03/2014 - 02:05 Português