CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A armadilha na teia de aranha

Ousou desafiar o maior perigo que existisse 
Queria provar a sua coragem 
Não importava o perigo que fosse 
Escalaria a maior altura que tivesse 
Nadaria as maiores correntezas que pudesse existir 
Romperia as correntes mais fortes 
Enfrentaria o diabo se fosse preciso. 
 
Então, sabia que poderia desafiar o Leão 
E não mediu esforços para realizar tal tarefa 
E mostrar ao mundo todo a sua coragem 
Por isso foi até o descanso do felino 
O rei da natureza selvagem era desafiado 
Com grandes brados disse ao Leão que ele não era nada 
E que poderia desafiá-lo a qualquer momento 
A Fera não queria ser incomodado 
E, por isso, não reagiu a provocação 
Continuou em seu estado passivo só observando a paisagem. 
 
Na sua jactância concluiu que havia vencido o Leão 
E caminhou de peito aberto pela floresta 
Via os olhares de todas as aves 
O rastejar de todos os répteis 
E o nado de todos os peixes 
E concluiu que seu desafio havia sido perfeito 
Afinal, havia humilhado o rei da Selva 
E quem mais poderia desafiá-lo agora? 
 
Foi então que sentiu seus movimentos estáticos 
Estava preso em alguma coisa 
E não tinha forças suficientes para escapar 
Que coisa tão absurda era essa? 
Questionava-se a si mesmo 
Quando percebeu que estava preso na teia de aranha 
E que seria devorado por um mísero aracnídeo 
Não faz sentido! 
Exclamou em um brado angustiante 
E todos os olhares se voltaram para ele 
Não havia mais, agora em seu rosto, a arrogância e altivez 
Apenas a decepção e angústia 
De quem teria um fim bastante trágico. 

 
Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Siga-nos @poetacacerense

Submited by

segunda-feira, abril 17, 2023 - 22:43

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 10 horas 26 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 15926

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos Um tolo por acreditar 6 156 06/22/2024 - 14:07 Português
Poesia/Pensamentos A noite dos gafanhotos 8 208 06/22/2024 - 14:05 Português
Poesia/Pensamentos Enigmas de uma vida intensa 6 341 06/20/2024 - 20:08 Português
Poesia/Desilusão Desejos que acabam de partir 6 283 06/18/2024 - 23:49 Português
Poesia/Amor Ao pôr do sol no cais 6 255 06/17/2024 - 23:47 Português
Poesia/Pensamentos As distâncias do mundo 6 808 06/16/2024 - 13:12 Português
Poesia/Desilusão Em cada despedida 6 300 06/15/2024 - 13:12 Português
Poesia/Desilusão O vento levou 6 214 06/14/2024 - 21:14 Português
Poesia/Meditação Dez pragas terríveis 6 190 06/13/2024 - 23:07 Português
Poesia/Amor Teu amor é jardim em flor 6 175 06/12/2024 - 22:31 Português
Poesia/Poetrix Saudades 6 434 06/12/2024 - 04:07 Português
Poesia/Desilusão Recordo-me da morena 6 356 06/11/2024 - 03:10 Português
Poesia/Desilusão Ruminando os pedaços 6 259 06/09/2024 - 13:07 Português
Poesia/Meditação Confusão mental 6 573 06/07/2024 - 13:46 Português
Poesia/Amor E a saudade se foi 6 374 06/06/2024 - 12:09 Português
Poesia/Pensamentos Um mistério em cada esquina 6 885 06/05/2024 - 22:18 Português
Poesia/Amor Você é a razão 6 239 06/04/2024 - 20:23 Português
Poesia/Amor No olhar dela 6 331 06/04/2024 - 12:04 Português
Poesia/Amor Se o amor não faz parte 6 230 06/04/2024 - 02:43 Português
Poesia/Pensamentos Caminhos desconhecidos 6 1.054 06/03/2024 - 20:38 Português
Poesia/Dedicado Ser poeta é... 6 248 06/02/2024 - 13:53 Português
Poesia/Amor Mil segredos temos nós 6 290 06/01/2024 - 13:42 Português
Poesia/Pensamentos Ecos distantes em nossa cabeça 6 1.068 05/31/2024 - 13:46 Português
Poesia/Amor Só não sei como te dizer 6 270 05/30/2024 - 20:17 Português
Poesia/Meditação Ignorância 6 334 05/29/2024 - 22:05 Português