CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Auto de Natal

O Natal em três Atos

Ato 1 - O anúncio do anjo

Um anjo anuncia
A chegada do Messias
Em sonho-vivo de Maria
E, cumprem-se as escrituras...

A sublime missão angelical
ao dar a notícia à simples Maria
De todas "a escolhida" no amor universal
Se fez motivo de zombaria...

Como um Deus poderia
A uma rude plebéia
Conceder tal honraria?
A de gerar o Menino-Jesus de Praga?

Afinal, com o povo entenderia
Uma jovem judia
Inda virgem Maria
A divindade em seu ventre nasceria?

Ato 2 - José, o carpinteiro

O jovem essênio aprendiz
Em sua arte de marcenaria
Inda mal compreendia
O mistério do amor da anunciação que diz...

A partir de uma família humilde
Nas terras sagradas e prometidas
Será gerado o Menino-Deus no oriente
Entre gregos, romanos, filisteus e fariseus

José, homem simples, determinado
Não mediu esforços em longa peregrinação
Buscando em vão uma pousada para o advento
Encontrando acolhida em uma manjedoura, por predestinação

Ato 3 - A Estrela de Belém e os Reis Magos

Em um berço improvisado
O manto estendido sob a palha
Maria trouxe à vida terrena
Entre cabras e pastores, um menino iluminado

A trajetória da Estrela cintilante de Belém
Fez-se bússola para os peregrinos reis do oriente
Guiando aqueles senhores de terras muito além,
Para adorarem e aclamarem o Salvador de toda a gente

Simbolizando as três primevas raças bíblicas,
os semitas, jafetitas e camitas
os reis Belchior, Gaspar e Baltazar prestaram a homenagem, pois,
de todos os homens da Terra ao Rei dos Reis.

AjAraújo, o poeta humanista relê o grande momento do nascimento e da vinda do redentor Jesus Cristo, escrito em Dezembro de 2009.

Submited by

terça-feira, dezembro 15, 2009 - 21:33

Poesia :

No votes yet

AjAraujo

imagem de AjAraujo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 32 semanas
Membro desde: 10/29/2009
Conteúdos:
Pontos: 15584

Comentários

imagem de RobertoEstevesdaFonseca

Re: Auto de Natal

Belo poema.

Gostei muito.

Um abraço,
REF

imagem de MarneDulinski

Re: Auto de Natal

LINDO TEXTO!
MarneDulinski

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of AjAraujo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Poetrix Poemas - de "Magma" (Guimarães Rosa) 2 17.995 06/11/2019 - 10:48 Português
Videos/Música Ave Maria - Schubert (Andre Rieu & Mirusia Louwerse) 1 24.182 06/11/2019 - 10:02 inglês
Poesia/Fantasia Cabelos de fogo 0 1.593 04/28/2018 - 20:38 Português
Poesia/Dedicado A criança dentro de ti 0 955 04/28/2018 - 20:20 Português
Poesia/Pensamentos O porto espiritual 0 844 04/28/2018 - 20:00 Português
Poesia/Dedicado Ano Novo (Ferreira Gullar) 1 907 02/20/2018 - 18:17 Português
Prosas/Drama Os ninguéns (Eduardo Galeano) 0 1.134 12/31/2017 - 18:09 Português
Poesia/Dedicado Passagem de ano (Carlos Drummond de Andrade) 0 1.309 12/31/2017 - 17:59 Português
Prosas/Contos Um conto de dor e neve (AjAraujo) 0 2.062 12/20/2016 - 10:42 Português
Prosas/Contos Conto de Natal (Rubem Braga) 0 1.332 12/20/2016 - 10:28 Português
Prosas/Contos A mensagem na garrafa - conto de Natal (AjAraujo) 0 2.465 12/04/2016 - 12:46 Português
Poesia/Intervenção Educar não é... castigar (AjAraujo) 0 961 07/07/2016 - 23:54 Português
Poesia/Intervenção Dois Anjos (Gabriela Mistral) 0 2.600 08/04/2015 - 22:50 Português
Poesia/Dedicado Fonte (Gabriela Mistral) 0 1.542 08/04/2015 - 21:58 Português
Poesia/Meditação O Hino Cotidiano (Gabriela Mistral) 0 1.645 08/04/2015 - 21:52 Português
Poesia/Pensamentos As portas não são obstáculos, mas diferentes passagens (Içami Tiba) 0 1.914 08/02/2015 - 22:48 Português
Poesia/Dedicado Pétalas sobre o ataúde - a história de Pâmela (microconto) 0 2.861 03/30/2015 - 10:56 Português
Poesia/Dedicado Ode para a rendição de uma infância perdida 0 1.566 03/30/2015 - 10:45 Português
Poesia/Tristeza Entre luzes e penumbras 0 1.894 03/30/2015 - 10:39 Português
Poesia/Tristeza No desfiladeiro 1 2.909 07/25/2014 - 23:09 Português
Poesia/Intervenção Sinais da história 0 1.706 07/16/2014 - 23:54 Português
Poesia/Fantasia E você ainda acha pouco? 0 2.619 07/16/2014 - 23:51 Português
Poesia/Aforismo Descanso eterno 2 3.160 07/03/2014 - 21:28 Português
Poesia/Intervenção Paisagem (Charles Baudelaire) 0 2.276 07/03/2014 - 02:16 Português
Poesia/Meditação Elevação (Charles Baudelaire) 0 2.218 07/03/2014 - 02:05 Português