CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Casualidade

Num instante casual, o destino sorriu, 
Dois corações errantes, por acaso se viu. 
Olhares que se cruzam, centelhas no ar, 
Nasceu ali algo mágico, difícil de explicar. 
Era um encontro casual, mas aconteceu algo especial, 
A conexão crescia, tornando-se real. 
Palavras simples, risadas no ar, 
Passo a passo, o encanto começou a se revelar. 
Nos detalhes cotidianos, a beleza emergiu, 
Gestos pequenos, cuidados íntimos que surgiu. 
Uma linha tímida, então floresceu, 
Como uma flor rara, delicada, mas forte cresceu. 

Cada conversa, uma jornada profunda a sorrir, 
Compartilhando histórias, sem medo de se abrir. 
Descobrindo os sonhos, as cores, os tons do amor, 
A paleta da alma, onde a conexão se esculpiu em fervor. 
O sentimento floresceu como uma obra-prima, 
Uma tapeçaria de qualidades, sutilezas de quem se anima. 
Cada sorriso, um traço na tela da emoção, 
Cada olhar, uma pincelada na tela da paixão. 
E assim, da casualidade, brotou a paixão, 
Um fogo ardente que queima com intensão. 
Através das risadas, dos suspiros que escapam, 
Os corações se entregam, nas asas do amor que captam. 

A beleza única desse sentimento, sem igual, 
É como um amanhecer dourado, um céu estrelado surreal. 
Cada momento juntos é um tesouro, um presente, 
Uma jornada compartilhada, onde o amor nunca está ausente. 
A paixão dança, como folhas ao vento, 
Incontrolável, um doce, terno e sublime momento. 
E mesmo nas tempestades, o sentimento é a luz, 
Guiando dois corações, em busca do infinito, da cruz. 
Assim, o encontro casual se tornou o início, 
De uma história de paixão, um doce vício. 
Unidos pela esfera, pelo amor que os conduz, 
Dois corações que se encontraram, e para sempre reluz. 

 Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

quinta-feira, agosto 10, 2023 - 15:32

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 horas 38 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 15265

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão O lamento do sofrer 6 88 04/16/2024 - 11:40 Português
Poesia/Meditação O fim do mundo bate à porta 6 120 04/15/2024 - 23:38 Português
Poesia/Meditação Eu posso dizer não! 6 124 04/15/2024 - 11:29 Português
Poesia/Meditação A angústia de Caim 7 208 04/15/2024 - 00:52 Português
Poesia/Amor Não era brincadeira 6 136 04/13/2024 - 14:09 Português
Poesia/Amor Fascinante 6 475 04/10/2024 - 20:11 Português
Poesia/Amor Em cada pétala de rosa 7 345 04/10/2024 - 02:31 Português
Poesia/Meditação A Mulher Samaritana 6 753 04/08/2024 - 23:06 Português
Poesia/Intervenção Contra o racismo 6 258 04/07/2024 - 14:06 Português
Poesia/Desilusão Do amor não correspondido 6 492 04/06/2024 - 14:18 Português
Poesia/Intervenção Contra o bullying 6 448 04/05/2024 - 22:58 Português
Poesia/Amor Impossível ignorar 6 552 04/05/2024 - 02:43 Português
Poesia/Desilusão Não posso te esquecer 6 767 04/04/2024 - 02:54 Português
Poesia/Desilusão Seu prisioneiro 6 419 04/02/2024 - 11:51 Português
Poesia/Amor Um poema sem palavras 6 489 04/01/2024 - 19:33 Português
Poesia/Desilusão Quando não se pode evitar 6 437 03/30/2024 - 13:27 Português
Poesia/Pensamentos Observação 6 864 03/27/2024 - 22:12 Português
Poesia/Desilusão Agora o coração reclama 6 414 03/26/2024 - 20:13 Português
Poesia/Intervenção A insensatez da guerra 6 440 03/25/2024 - 19:49 Português
Poesia/Intervenção Senso crítico nebuloso 6 502 03/24/2024 - 13:39 Português
Poesia/Desilusão Entre as sombras da noite 6 734 03/23/2024 - 14:32 Português
Poesia/Intervenção O espelho da realidade 6 465 03/22/2024 - 13:17 Português
Poesia/Dedicado À beleza do verso 6 1.043 03/21/2024 - 20:00 Português
Poesia/Amor Permita-me 6 161 03/21/2024 - 11:51 Português
Poesia/Alegria Outono 6 490 03/20/2024 - 22:06 Português