CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Catarse da morte

Antes que eu morra,
Põe-me um cigarro na boca.

Não adianta, não vale a pena,
Não chores a me confortar.

No meu corpo, não me consigo mover,
Vegetativo, trôpego.
Por isso, tens de ser tu a tirar o maço,
A pousar-me o “very-light”, aqui, no lábio.
Acende o isqueiro.

Mas primeiro tens que o montar.
No bolso esquerdo está o  “euta-” ,
No direito o “-nasia”,
Junta os dois que eu inalo…

 ...relaaaaaaaaxo…

Tu sabes, tal como eu sei,
Tanatos, ai vem…

Acompanha-me…. Fica…
Neste fumo que nos amortalha.

Sente-o
Pela garganta
Escorregando
                        Em
                        Doce
                        Mel
Sua voz bafienta.

É assim!
É assim que se o enfrenta.
Com uma passa de coragem laça, com um último prazer,
A catarse de morrer!

Submited by

quarta-feira, abril 11, 2012 - 01:15

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

vsmario

imagem de vsmario
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 14 semanas
Membro desde: 03/27/2012
Conteúdos:
Pontos: 220

Comentários

imagem de Henricabilio

catarse

estranha
catarse
que se
entranha,
dá-se
e não se
estranha...

Saudações!

_Abilio

imagem de vsmario

catarse

É assim que eu gostaria.

Saudações
Mário

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of vsmario

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Prosas/Pensamentos Divações 0 421 03/22/2014 - 17:56 Português
Poesia/Pensamentos Objeto 0 513 02/02/2013 - 20:17 Português
Poesia/Pensamentos Só assim irás nascer 0 405 02/02/2013 - 20:15 Português
Críticas/Outros Factura?... 0 543 10/18/2012 - 21:26 Português
Prosas/Contos O quarto escuro 0 554 10/09/2012 - 16:10 Português
Críticas/Outros Quem é que nos fodeu a todos? 1 780 10/04/2012 - 17:43 Português
Poesia/Pensamentos Onde devia estar 0 371 10/03/2012 - 18:13 Português
Poesia/Pensamentos Vai ficar tudo bem 0 552 09/18/2012 - 21:02 Português
Poesia/Pensamentos Vazio 0 451 09/18/2012 - 20:49 Português
Poesia/Geral Mata esta sede 0 634 09/18/2012 - 20:43 Português
Poesia/Geral Nascer de novo 0 478 09/10/2012 - 17:17 Português
Prosas/Erótico Anseio 0 464 09/04/2012 - 22:31 Português
Prosas/Outros Brinca com o meu coração 0 393 08/08/2012 - 21:05 Português
Prosas/Erótico Desejo solitário 0 493 07/23/2012 - 02:05 Português
Poesia/Pensamentos Minha terra 1 601 07/07/2012 - 22:24 Português
Poesia/Paixão donzela 1 492 07/06/2012 - 16:56 Português
Prosas/Contos Um tiro no ar - “Colecção Obsessiva de Sentimentos” 0 531 05/18/2012 - 00:41 Português
Poesia/Pensamentos Merdas que me atrasam a alma - “Colecção Obsessiva de Sentimentos” 0 522 05/18/2012 - 00:37 Português
Poesia/Pensamentos Felicidade cíclica - “Colecção Obsessiva de Sentimentos” 0 536 05/16/2012 - 19:12 Português
Prosas/Pensamentos Verão - “Colecção Obsessiva de Sentimentos” 0 516 05/16/2012 - 19:10 Português
Prosas/Contos Plásticos II - “Colecção Obsessiva de Sentimentos” 0 647 05/11/2012 - 20:32 Português
Prosas/Saudade Minha terra 0 785 05/10/2012 - 17:59 Português
Poesia/Pensamentos Lá fora... 0 595 05/10/2012 - 17:24 Português
Poesia/Pensamentos O mundo gira sempre para o mesmo lado? - “Colecção Obsessiva de Sentimentos” 1 479 05/09/2012 - 23:09 Português
Poesia/Amor Quem quer? - "Colecção Obsessiva de Sentimentos" 0 490 05/09/2012 - 22:54 Português