CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Conceitos

Quero um dia
poder olhar atrás,
e ver que meus atos,
serviram em algum momento
como referência a alguém,
ver que até diante do mais triste fato,
pude despertar profundos sentimentos.
Gostaria de um dia,
poder olhar atrás
e ver que meus olhos,
falaram mais que minhas palavras,
que meus gestos,
significaram mais que meus pensamentos,
que meus conselhos,
acrescentaram mais que
meus presentes,
que minhas críticas
construíram mais que meus elogios,
que meus esforços,
serviram de exemplo mais
do que foram eficazes,
que meus sacrifícios
colheram mais ideias
do que plantaram.

Quero um dia
poder olhar atrás,
e ver que pude transformar
certezas em dúvidas,
e dúvidas em conceitos.
que pude realizar
mais que idealizar,
dar mais que receber

Quero um dia
poder olhar atrás,
e ver que nada foi em vão,
que nenhuma palavra proferida
retornou vazia,
que colhi somente o que plantei,
que ajuntei somente
o necessário para viver,
que todas as vezes
que me excedi,
tive a grandeza de
reconhecer o erro,
e humildade para pedir perdão,
que perdoei aos que
injustamente atacaram-me,
e defendi aqueles que
encontravam-se as margens da sociedade.
Quero um dia
poder olhar atrás,
e ver que o orgulho e a vaidade,
não são os melhores redutos,
que a soberba e a ganância,
são a fonte de todos os males,
e que a única certeza na vida,
é que um dia morreremos.

Obra registrada na fundação biblioteca nacional.

Submited by

domingo, outubro 25, 2009 - 16:42

Poesia :

No votes yet

CleberPaschoal

imagem de CleberPaschoal
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 17 semanas
Membro desde: 10/06/2009
Conteúdos:
Pontos: 377

Comentários

imagem de MarneDulinski

Re: Conceitos

CleberPaschoal!

Conceitos

Lindo seu texto!
Realmente vivemos num mar de incertezas, o que virá não sabemos, nem as ciganas e nem as cartomantes o sabem; a única certeza é a Morte!

MarneDulinski

imagem de Zezinho

Re: Conceitos

Sim verdade! 8-) Mas algo continua...
Bela meditaçao num otimo conceito.
Abrs amigo! 8-)

imagem de Manuelaabreu

Re: Conceitos

...è sempre bom poder olhar para trás para ver se certas atitudes nossas foram as mais correctas, ou as mais adequadas a determinadas situações...e a vida é um estágio...

"...que a soberba e a ganância,
são a fonte de todos os males,
e que a única certeza na vida,
é que um dia morreremos."

Um abraço :-)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of CleberPaschoal

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Rosas 5 344 02/03/2012 - 20:42 Português
Videos/Perfil 575 0 673 11/24/2010 - 22:00 Português
Videos/Perfil 564 0 514 11/24/2010 - 22:00 Português
Videos/Perfil 563 0 506 11/24/2010 - 22:00 Português
Videos/Perfil 562 0 561 11/24/2010 - 22:00 Português
Videos/Perfil 546 0 538 11/24/2010 - 21:59 Português
Videos/Perfil 545 0 517 11/24/2010 - 21:59 Português
Videos/Perfil 544 0 533 11/24/2010 - 21:59 Português
Fotos/ - 1884 0 725 11/23/2010 - 23:40 Português
Fotos/ - 1885 0 706 11/23/2010 - 23:40 Português
Fotos/ - 1865 0 754 11/23/2010 - 23:40 Português
Fotos/ - 1861 0 688 11/23/2010 - 23:40 Português
Fotos/Pessoas Leticia Paschoal 4 706 06/13/2010 - 13:43 Português
Fotos/Rostos Cleber Paschoal 1 760 03/07/2010 - 12:15 Português
Fotos/Rostos Cleber Paschoal 1 659 03/07/2010 - 12:13 Português
Poesia/Geral Planeta sonho 4 402 11/15/2009 - 23:34 Português
Poesia/Geral Poema enfermo 4 403 11/15/2009 - 23:30 Português
Poesia/Paixão Valha-me Deus! 3 364 11/14/2009 - 20:40 Português
Poesia/Geral Cemitério 2 317 11/14/2009 - 18:27 Português
Poesia/Geral É noite! 5 381 11/05/2009 - 23:14 Português
Poesia/Geral Avante bravo paulista! 2 462 11/02/2009 - 03:50 Português
Poesia/Geral O homem e a ilha 3 358 10/31/2009 - 16:01 Português
Poesia/Meditação se ainda! 2 366 10/31/2009 - 15:56 Português
Poesia/Meditação Conceitos 3 444 10/26/2009 - 00:22 Português
Poesia/Geral Até quando! 3 387 10/23/2009 - 16:36 Português