CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Dor

Quero cantar o sonho da esperança
a dança sorvente do tempo
da ganancia dos desejos
que vejo e sinto entre dentes
sinto o que quero
mas não vejo
desespero
tento, mas não posso
ter comigo o remorso
da manta do pensamento
enquanto não estiver certo
prosseguir em mais um deserto
penso que o que digo é algo que trago e tento
libertar em meu pensamento

Submited by

terça-feira, abril 5, 2011 - 22:40

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Rui Lima

imagem de Rui Lima
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 anos 25 semanas
Membro desde: 03/04/2011
Conteúdos:
Pontos: 1584

Comentários

imagem de cmcmachado

poemas

Isto mesmo, sigas sim ,  no mesmo deserto existem oásis, mate a sua sede, refersque em suas sombras, levante -se e segues, vá  adiante, busque, não se plante, movimente-se e sinta a ganância do desejo, você pode, ao menos tente! abraço, linda sua poesia.

imagem de Rui Lima

Agradecido pela sua simpatia

Agradecido pela sua simpatia e palavras de apoio amiga cmcmachado

 

Beijos,

Rui Lima

imagem de MarneDulinski

DOR

Lindo poema, gostei muito!

Meus parabéns,

MarneDulinski

imagem de Rui Lima

mais uma vez os meus sentidos

mais uma vez os meus sentidos agradecimentos

 

Um Abraço,

Rui Lima

imagem de Susan

A dor nos provoca estes

A dor nos provoca estes mistos de emoções ...

Por fim vejo seu desejo de esperança latente ao coração ...

Um beijo 

Susan

imagem de Rui Lima

Agradecido pelas tuas lindas

Agradecido pelas tuas lindas palavras Susan.

 

Beijos,

Rui Lima

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Rui Lima

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Intervenção ¿¿O que é isso da liberdade?? 1 1.150 02/27/2018 - 12:15 Português
Ministério da Poesia/Amor o meu 1º poema de amor EVER 9 2.672 12/07/2014 - 11:18 Português
Poesia/Pensamentos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]"Me_Ditação" 3 1.535 07/26/2014 - 00:16 Português
Poesia/Pensamentos "moral" sociedade 1 1.277 06/13/2014 - 21:22 Português
Poesia/Meditação os nossos sonhos e as alegorias que vivemos 1 1.718 06/13/2014 - 03:29 Português
Poesia/Geral folha branca de papel 2 1.810 05/30/2014 - 16:32 Português
Poesia/Geral A Árvore dos Patafúrdios 0 1.454 04/07/2014 - 15:59 Português
Poesia/Pensamentos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]Do Económico ao Social... 0 1.464 03/26/2014 - 01:16 Português
Poesia/Intervenção o dia passa, a vida passa, tudo nasce, tudo morre 0 2.516 02/21/2014 - 18:08 Português
Poesia/Intervenção Distrofia Social 0 1.641 02/17/2014 - 18:04 Português
Poesia/Geral Uma mão cheia de nada 0 1.531 01/25/2014 - 04:50 Português
Poesia/Geral o tempo passa e vai passando e deixa tudo para trás 0 3.892 01/02/2014 - 18:49 Português
Críticas/Outros [ANALISE DE MERCADO] Segmento/nicho de mercado dos "salgadinho" low-cost nas lojas de estações de serviço em Portugal 0 5.096 12/04/2013 - 02:42 Português
Poesia/Pensamentos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]Respeito Vs. Desrespeito 0 1.727 11/01/2013 - 20:04 Português
Poesia/Geral FADO 0 1.672 10/30/2013 - 15:29 Português
Poesia/Pensamentos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]Condicionalismos 0 1.274 10/26/2013 - 01:02 Português
Poesia/Pensamentos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]limitações sociais 0 1.472 10/26/2013 - 00:56 Português
Poesia/Pensamentos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]hipóteses... factos... certezas... 0 1.435 10/25/2013 - 23:45 Português
Poesia/Pensamentos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]Formatação Social 0 1.196 10/25/2013 - 23:40 Português
Poesia/Pensamentos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]Bem Vs. Mal 0 2.638 10/25/2013 - 23:32 Português
Prosas/Outros 15% do IVA dedutivel para o IRS... como manipular a seu favor para receber mais no seu IRS 2013 0 2.865 10/17/2013 - 16:04 Português
Poesia/Geral little moments in time 0 2.882 09/24/2013 - 21:06 inglês
Poesia/Geral TODOS (menos nenhum) 0 1.756 09/02/2013 - 21:18 Português
Poesia/Geral INTENSAMENTE 2 1.756 09/02/2013 - 21:09 Português
Poesia/Geral sociedade(s) decadente(s)... 0 2.017 07/29/2013 - 23:52 Português