CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Encontro

No Bar e Café Pessoa encontrei Fernando.

Ele bebericava numa caneca de porcelana,

lendo O Corvo. Puxei uma cadeira da mesa ao lado

e sentei, observando seu porte magro, alheio a tudo

em redor. Ali, o mundo e o pensamento eram

somente dele. Sobre a mesa de tampo fino,

repousava uma caixa envolta em papel pardo,

com uma etiqueta da Air Portugal. Ele devia ter

chegado há pouco de lá, talvez para visitar o Reis.

Fiquei observando-o durante longo tempo.

Calmamente, após pousar O Corvo sobre a mesa,

ele dirige sua atenção a mim, uma expressão

de desalento no olhar, como a dizer:

- Fui descoberto!

Ouço a voz da garçonete e viro o rosto:

- Sim, traga-me café numa caneca de porcelana.

Volto-me e já não o vejo. Corro até a porta,

perscruto a rua parcamente iluminada.

Não o encontro, ele sumiu definitivamente.

Retorno à mesa onde ele estivera.

A garçonete se aproxima e repete:

- Não temos caneca de porcelana, senhor.

Abro o pacote que, na pressa, ele esquecera.

Há vários livros, entre os quais um de Poe

que me chama a atenção, intitulado

Histórias Extraordinárias.
 

www.nossomundo.bligoo.com.br

Submited by

terça-feira, maio 24, 2011 - 17:42

Poesia :

No votes yet

Remisson

imagem de Remisson
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 3 semanas
Membro desde: 08/21/2008
Conteúdos:
Pontos: 417

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Remisson

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral O mais é resto... 0 451 05/30/2011 - 15:29 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Entrega 0 863 05/30/2011 - 15:24 Português
Ministério da Poesia/Soneto O mendigo 0 789 05/30/2011 - 15:22 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Partida 0 450 05/30/2011 - 15:20 Português
Ministério da Poesia/Geral Convite 0 625 05/30/2011 - 15:19 Português
Ministério da Poesia/Geral Reles 0 742 05/30/2011 - 15:17 Português
Ministério da Poesia/Geral Graças 0 750 05/30/2011 - 15:16 Português
Ministério da Poesia/Geral Inapto 0 657 05/30/2011 - 15:14 Português
Ministério da Poesia/Dedicado Cherry 0 622 05/30/2011 - 15:07 Português
Ministério da Poesia/Dedicado Nova Era 0 699 05/30/2011 - 15:04 Português
Ministério da Poesia/Soneto Mente insana 0 815 05/30/2011 - 15:01 Português
Ministério da Poesia/Geral Cara-de-pau 0 712 05/30/2011 - 15:00 Português
Ministério da Poesia/Geral Aborto 0 821 05/30/2011 - 14:58 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Transe 0 931 05/30/2011 - 14:55 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Inexistência 0 714 05/30/2011 - 14:52 Português
Ministério da Poesia/Geral O amante 0 764 05/25/2011 - 17:49 Português
Ministério da Poesia/Geral Canção final 0 640 05/25/2011 - 17:46 Português
Ministério da Poesia/Soneto O teatro 0 897 05/25/2011 - 17:41 Português
Ministério da Poesia/Soneto Desvario 0 754 05/25/2011 - 17:37 Português
Ministério da Poesia/Geral Os dançarinos 0 661 05/25/2011 - 17:36 Português
Ministério da Poesia/Soneto Terapia do riso absurdo 0 953 05/25/2011 - 17:35 Português
Ministério da Poesia/Soneto A Rosa dos Anjos 0 854 05/25/2011 - 17:32 Português
Ministério da Poesia/Soneto Fantasia 0 883 05/25/2011 - 17:31 Português
Ministério da Poesia/Geral Poeminha prático 0 515 05/25/2011 - 17:29 Português
Ministério da Poesia/Soneto Realeza 0 795 05/25/2011 - 17:28 Português