CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

ENGODO …

No imaginário,
o meu nome é ninguém,
as minhas palavras são sóis.

Os meus desejos são fogos a dois.

O meu corpo,
é um rio no leito do tempo,
o meu sangue é o álcool dos sentimentos.

Os instantes,
são estantes na memória,
engodo que as entrelinhas escondem.

Guardo nas mãos o vento
com que escrevi em mim a liberdade.

O pensamento,
é a crista das ondas que me embalam,
é chuva refrescante que interrompe o silêncio.

O céu estrelado,
é a água que me sacia a sede do olhar.

Dos meus olhos,
as lágrimas lavam-me a alma.

Nos outros olhos,
procuro os meus olhos.

Sou como a noite a abrigar-me nos sonhos.
.
.
.
.

Submited by

sábado, setembro 29, 2012 - 21:03

Poesia :

Your rating: None (5 votes)

Henrique

imagem de Henrique
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 6 semanas
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 34817

Comentários

imagem de jb99

Muito bom poema. Parabéns

Muito bom poema. Parabéns

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Henrique

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Videos/Outros Já viram o Pedro abrunhosa sem óculos? Pois ora aqui o têm. 1 37.020 06/11/2019 - 09:39 Português
Poesia/Tristeza TEUS OLHOS SÃO NADA 1 1.623 03/06/2018 - 21:51 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O INFINITO SEJA O PRINCÍPIO 4 2.233 02/28/2018 - 17:42 Português
Poesia/Pensamentos APALPOS INTERMITENTES 0 2.148 02/10/2015 - 22:50 Português
Poesia/Aforismo AQUILO QUE O JUÍZO É 0 1.994 02/03/2015 - 20:08 Português
Poesia/Pensamentos ISENTO DE AMAR 0 4.013 02/02/2015 - 21:08 Português
Poesia/Amor LUME MAIS DO QUE ACESO 0 2.695 02/01/2015 - 22:51 Português
Poesia/Pensamentos PELO TEMPO 0 1.689 01/31/2015 - 21:34 Português
Poesia/Pensamentos DA POESIA 0 5.433 01/30/2015 - 23:06 Português
Poesia/Pensamentos DO AMOR 0 1.834 01/30/2015 - 21:48 Português
Poesia/Pensamentos DO SENTIMENTO 0 2.270 01/29/2015 - 22:55 Português
Poesia/Pensamentos DO PENSAMENTO 0 2.369 01/29/2015 - 19:53 Português
Poesia/Pensamentos DO SONHO 0 1.636 01/29/2015 - 01:04 Português
Poesia/Pensamentos DO SILÊNCIO 0 2.845 01/29/2015 - 00:36 Português
Poesia/Pensamentos DA CALMA 0 2.187 01/28/2015 - 21:27 Português
Poesia/Pensamentos REPASTO DE ESQUECIMENTO 0 1.874 01/27/2015 - 22:48 Português
Poesia/Pensamentos MORRER QUE POR DENTRO DA PELE VIVE 0 1.760 01/27/2015 - 16:59 Português
Poesia/Aforismo NENHUMA MULTIDÃO O SERÁ 0 1.765 01/26/2015 - 20:44 Português
Poesia/Pensamentos SILENCIOSA SOMBRA DE SOLIDÃO 0 2.927 01/25/2015 - 22:36 Português
Poesia/Pensamentos MIGALHAS DE SAUDADE 0 1.562 01/22/2015 - 22:32 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O AMOR SEMEIA E COLHE A SOLIDÃO 0 1.468 01/21/2015 - 18:00 Português
Poesia/Pensamentos PALAVRAS À LUPA 0 2.391 01/20/2015 - 19:38 Português
Poesia/Pensamentos MADRESSILVA 0 1.430 01/19/2015 - 21:07 Português
Poesia/Pensamentos NA SOLIDÃO 0 1.760 01/17/2015 - 23:32 Português
Poesia/Pensamentos LÁPIS DE SER 0 1.665 01/16/2015 - 20:47 Português