CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

ETERNO VAZIO

Tanto tempo não te vejo
Que saudade mãe querida
Deixastes para mim a vida
E a morte te fez cortejo

Ficou o eterno vazio
Coração sempre sangrando
Um pedaço me faltando
Dor que não sente fastio

Tua imagem nunca esqueço
A vejo sem que me concentre
Queria voltar ao teu ventre
Ter de novo o meu começo

Dia das mães é cada dia
Como fazem dos filhos seus
Abraço a mãe dos filhos meus
Que se chama Neusa Maria.

 Sérgio Teixeira

Bagé/RS

Submited by

sábado, maio 7, 2011 - 14:11

Poesia :

No votes yet

Sérgio Teixeira

imagem de Sérgio Teixeira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 semana 16 horas
Membro desde: 01/24/2011
Conteúdos:
Pontos: 401

Comentários

imagem de MarneDulinski

ETERNO VAZIO

Lindo e maravilhoso poema, em homenagem a sua Mãe querida!

Meus parabéns,

Marne

imagem de Sérgio Teixeira

Poesia

Prezado Marne Dulinski,

dedico meus versos para todas as mães que fazem parte de tua família.

Obrigado pelo comentário.

Abraço gaúcho.

imagem de Sérgio Teixeira

Poesia

Prezado Marne Kulinski,

agradeço pelo comentário e dedico também meus versos para

todas as mães que fazem parte de tua família.

Abraço gaúcho. 

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Sérgio Teixeira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral DÉCIMAS DO MAL QUE FEZ A PAZ MUNDIAL 2 208 03/27/2020 - 01:51 Português
Poesia/Geral ANALISTA DE MIM MESMO 0 88 03/17/2020 - 14:38 Português
Poesia/Soneto SONETO DO MORTO VIVO 1 254 02/29/2020 - 03:04 Português
Poesia/Soneto SONETO DA EXPERIÊNCIA 0 267 02/17/2020 - 17:52 Português
Poesia/Soneto SONETO DO ACASO 0 107 02/07/2020 - 11:45 Português
Poesia/Geral INÚTIL SABER (DÉCIMAS) 0 251 01/22/2020 - 22:41 Português
Fotos/Pessoais LIVRO RECENTE 0 119 01/05/2020 - 14:06 Português
Fotos/Pessoais LIVRO RECENTE 0 132 01/05/2020 - 13:59 Português
Poesia/Geral AGONIA DO ANO 0 122 12/30/2019 - 00:45 Português
Poesia/Geral DEVANEIO 2 487 12/22/2019 - 12:08 Português
Poesia/Geral ADEUS À PRIMAVERA 0 300 12/22/2019 - 11:36 Português
Poesia/Geral O IDÓLATRA 0 133 11/10/2019 - 17:29 Português
Poesia/Geral RIMAS COM SINAIS 0 233 10/16/2019 - 01:35 Português
Poesia/Soneto SONETO DO SER INVISÍVEL 2 418 10/02/2019 - 23:54 Português
Poesia/Geral SUPERSTIÇÃO (SEXTA-FEIRA TREZE) 1 369 09/13/2019 - 17:22 Português
Poesia/Geral SENTIMENTOS E CORES 1 399 08/19/2019 - 13:00 Português
Poesia/Geral MEU TEMPO, MEU REINO 2 399 08/18/2019 - 19:38 Português
Poesia/Geral SOLSTÍCIO DE INVERNO 2 571 06/23/2019 - 12:42 Português
Poesia/Geral CANTO, SILÊNCIO E LIBERDADE 3 619 06/03/2019 - 12:39 Português
Poesia/Soneto SONETO AO EXPEDICIONÁRIO "SEU ZÉCA" 0 431 05/05/2019 - 14:35 Português
Poesia/Geral OS SONS DO TEMPO 0 440 04/27/2019 - 16:12 Português
Poesia/Tristeza AS FLORES FIÉIS 0 408 04/12/2019 - 19:07 Português
Poesia/Geral A ILUSÃO DE SER POETA 2 509 04/04/2019 - 19:50 Português
Poesia/Geral MUITO ALÉM DO MÊS DE ABRIL 0 433 04/02/2019 - 00:10 Português
Poesia/Geral QUANDO O SILÊNCIO AUMENTA 0 343 03/27/2019 - 12:11 Português