CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

FEBRE

entre a pele e a lama

dentro, queima!

uma noite de outono

coincidência vermelha

que lateja

e chama

aclama a insônia

faz do meu rosto

um pontilhado constante

sob a pele, estilhaços

que fervem o próprio rubor...

e o nanquim entre os dedos

inflama a folha,

a parte da ideia

que grita

que dói

que se engana

na cabeça estendida...

e no papel imposto

um punho cadenciado

vibra:

palavra...

palavra...

profana!

a sombra projeta...

e não fica mais fácil

a febre noturna...

e a pele ardida,

que os pensamentos acelera,

nada cria,

só isto!


(faça parar! quero dormir!)

*Ao gosto de: Opeth / Burden.

Submited by

segunda-feira, abril 19, 2010 - 08:53

Poesia :

No votes yet

Daisy_Lee82

imagem de Daisy_Lee82
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 15 semanas
Membro desde: 02/25/2010
Conteúdos:
Pontos: 360

Comentários

imagem de Daisy_Lee82

Re: FEBRE

obrigada a todos pelos comentários! só agregam sentidos!

imagem de Henrique

Re: FEBRE

Uma insónia acelerada em palavras pensadas em voz alta!!!

Vibrante!!!

:-)

imagem de nunomarques

Re: FEBRE

Delírios de febre, em noites de poesia, boa poesia.

Beijo

imagem de Daisy_Lee82

Re: FEBRE

Obrigada a todos pela leitura, compreensão e comentários!

numa noite febril, consumimos a própria febre, transmutamos palavras...

imagem de ÔNIX

Re: FEBRE

Sempre com poemas que fazem pensar e recorrer a imagens que só poderão viver dentro de nós se as dispusermos em fila no nossa frente

beijos

Matilde D'Ônix

imagem de danyfilipa

Re: FEBRE

insonia..que doi, ferve e na cabeça moi...

adorei ler :-)

beijo

imagem de Mefistus

Re: FEBRE

entre a pele e a lama

dentro, queima!

Um estado febril de boa poesia.
Inquietantre e linda.
Saudades de te ler.
Intenso!

imagem de Anonymous

Re: FEBRE

Criativa, fantástica, unica.
Um universo circunstancial de palavras, num poema de odio e vontade.

Oxalá tenhas dormido!

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Daisy_Lee82

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Videos/Perfil 1087 0 936 11/24/2010 - 23:09 Português
Videos/Perfil 1086 0 675 11/24/2010 - 23:09 Português
Videos/Perfil 1028 0 788 11/24/2010 - 23:08 Português
Videos/Perfil 1022 0 844 11/24/2010 - 23:08 Português
Videos/Perfil 1021 0 807 11/24/2010 - 23:08 Português
Videos/Perfil 1020 0 831 11/24/2010 - 23:08 Português
Fotos/ - 3297 0 1.004 11/24/2010 - 00:54 Português
Fotos/ - 3298 0 986 11/24/2010 - 00:54 Português
Fotos/ - 3150 0 976 11/24/2010 - 00:54 Português
Ministério da Poesia/Geral Escolha 0 828 11/19/2010 - 19:25 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Inversão 0 641 11/19/2010 - 19:25 Português
Ministério da Poesia/Erótico a brasa e o momento minuncioso 0 806 11/19/2010 - 19:25 Português
Ministério da Poesia/Geral Exist (persis) tência 0 774 11/19/2010 - 19:25 Português
Ministério da Poesia/Erótico Lussuria* 0 965 11/19/2010 - 19:25 Português
Prosas/Outros pedido 2 686 05/08/2010 - 01:41 Português
Poesia/Dedicado Semi-diálogo 6 587 05/03/2010 - 18:08 Português
Poesia/Dedicado espera... 3 718 05/03/2010 - 18:01 Português
Poesia/Geral poesia-conceito 1 702 05/02/2010 - 17:04 Português
Poesia/Intervenção Ata-me (excerto) 1 812 04/29/2010 - 19:24 Português
Poesia/Geral FEBRE 8 703 04/28/2010 - 09:56 Português
Prosas/Ficção Cientifica (análise das minhas criaturas) A Melancolia do Escaravelho 3 686 04/28/2010 - 09:37 Português
Poesia/Pensamentos (des) palavra 1 618 04/13/2010 - 20:56 Português
Poesia/Geral Certeza 1 625 04/13/2010 - 14:33 Português
Poesia/Meditação desgaste... 3 894 04/05/2010 - 18:12 Português
Poesia/Geral Atenção 10 663 04/01/2010 - 22:02 Português