CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Gnose

Espero destruir amanhã
as minhas certezas de hoje.
Espero não compreender o porquê das coisas
De maneira diferente de como hoje não as compreendo.
Que tudo que hoje sou,
Venha a ser motivo de chacota nos meus discursos.
Porque é o agora que é ridiculo!
Sempre foi!
Pleonasmicamente
O ridiculo sou eu,
Pois tudo que me rodeia é demais para mim.
Ou demais ou de menos.
Mas seja como for não me desculpa a imbecilidade.
Que homem sábio faria da sua vida
Um Quiz Show de perguntas sem respostas!?
Deixei a vida lá trás,
Como quem arruma um pertence numa caixa etiquetada
Num sotão, para que não me esquecesse o que a caixa continha.
Mas esqueci-me foi da caixa e do sotão,
E da casa do sotão
E de quem vive na casa
E o que faz profissionalmente quem paga o empréstimo ao banco
da compra da casa.
E porque razão se comprou a casa.
Terá alguem conhecido alguém1'
terá se sentido atraido até ao ponto de procriar!?
Aí está uma pergunta simples a que acabei de fazer.
Mas não..... escolhi não saber que perguntas escolher fazer,
Para que assim seja impossivel satisfazer-me com uma resposta.
O que sou eu?

Submited by

domingo, julho 18, 2010 - 18:30

Poesia :

No votes yet

Outro

imagem de Outro
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 21 semanas
Membro desde: 03/02/2010
Conteúdos:
Pontos: 890

Comentários

imagem de Susan

Re: Gnose

Outro adorei o final da sua questão quem sou eu ?
Algo que me pergunto todos os dias e quando chego na conclusão que sou Susan e ponto .
Começo a me questionar novamente...
Muito bom !!!
Abraços
Susan

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Outro

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Ao volante do Chevrolet pela estrada de Sintra- Álvaro de Campos -Poema Pintado- Paint sobre Paint 0 591 01/17/2018 - 22:11 Português
Poesia/Geral O Astro Rei 0 795 01/14/2018 - 17:14 Português
Poesia/Geral Imagina lá tu... 0 1.456 01/14/2018 - 16:54 Português
Poesia/Geral Alfanumérico 0 919 01/13/2018 - 13:56 Português
Poesia/Geral Raízes 0 510 01/11/2018 - 18:45 Português
Poesia/Geral Inteligência Artificial 0 741 01/07/2018 - 19:32 Português
Poesia/Geral Canção ás Minhas 3 Meninas 0 566 01/02/2018 - 11:13 Português
Poesia/Geral contemplamento 0 510 01/01/2018 - 17:27 Português
Poesia/Amor Livros 0 804 12/15/2017 - 16:06 Português
Poesia/Geral As Grandes Guerras 2 1.339 07/27/2011 - 14:36 Português
Poesia/Geral Patetice 4 1.354 07/27/2011 - 14:17 Português
Poesia/Geral Palavras Caídas 0 1.391 07/27/2011 - 13:45 Português
Poesia/Geral Palavreados 0 1.202 07/05/2011 - 13:23 Português
Poesia/Geral Hermético 0 2.669 06/19/2011 - 22:54 Português
Poesia/Geral Sinapse em Tilt 0 2.436 06/05/2011 - 11:57 Português
Poesia/Geral Convite Para Lançamento de Livro 0 2.523 05/18/2011 - 18:38 Português
Poesia/Geral Não Tenho Titulo Para Isto 13 1.881 04/27/2011 - 15:23 Português
Poesia/Geral Os Encalhados 4 2.235 04/27/2011 - 09:17 Português
Poesia/Geral Silêncios 4 1.477 04/17/2011 - 23:44 Português
Poesia/Geral Escrito Por Todos Nós 0 1.774 03/17/2011 - 16:45 Português
Poesia/Geral In Perfeição 3 1.024 03/15/2011 - 22:50 Português
Poesia/Geral Valium 1 2.119 03/13/2011 - 00:44 Português
Poesia/Geral "Tu" 0 1.699 03/12/2011 - 16:37 Português
Poesia/Geral "Porque a Galinha Atravessa a Estrada?" 0 1.512 03/12/2011 - 15:53 Português
Poesia/Geral "Eu" 1 1.302 03/11/2011 - 00:51 Português