CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

INEXORÁVEIS

Quando neste trabalho ou passatempo
Feito sob as luzes dum candelabro
Numa noite augusta de tempestade
O sono chega... O devaneio se evapora
Sobre o catre molhado do suor escaldante
E a Lua não brilha na matreira madrugada
Contaminada pelo calor da atmosfera fria.

Tertúlias sobre colchões macios de madrigais
Traz uma sede de amar sem testemunhas
E onde segredos são revelados de soslaio
Deixando avessos os corações sem chaves...

Nutre-se a fome pelos desvelos da consciência
E nas páginas da vida há os tornados silenciosos
Que acariciam os peitos dos amantes embriagados
Pela disfunção orgânica que segrega os arrepios
E abraça uma voluptuosidade anacrônica e amarga
Que o destino confere aos desavisados da noite...
O salário do amor é o orgasmo que tinge os corpos
De vergonha e da libidinagem ortodoxa do leito!

DE Ivan de Oliveira Melo

Submited by

sábado, fevereiro 29, 2020 - 01:40

Poesia :

No votes yet

imelo

imagem de imelo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 14 semanas
Membro desde: 09/09/2009
Conteúdos:
Pontos: 1659

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of imelo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Soneto AFECÇÕES 0 643 02/08/2021 - 01:22 Português
Poesia/Geral CONEXÃO 1 358 01/27/2021 - 16:36 Português
Poesia/Geral EXTRATIVISMO 1 428 01/27/2021 - 16:33 Português
Poesia/Soneto HOMEM/MULHER 0 536 11/10/2020 - 02:56 Português
Poesia/Gótico PAISAGEM 0 524 11/04/2020 - 02:15 Português
Poesia/Soneto INFINITESIMAL 0 383 11/03/2020 - 01:52 Português
Poesia/Geral SENSAÇÕES 0 403 11/02/2020 - 23:51 Português
Poesia/Soneto SENSAÇÕES EÓLICAS 0 273 11/02/2020 - 00:32 Português
Poesia/Geral HÁBITOS & VÍCIOS 0 350 11/01/2020 - 21:34 Português
Poesia/Gótico ALUVIÃO 0 434 10/29/2020 - 03:23 Português
Poesia/Soneto JUÍZO 0 256 10/26/2020 - 02:03 Português
Poesia/Soneto NEGRUME 0 345 10/25/2020 - 14:12 Português
Poesia/Geral CIENTÍFICO 0 554 10/21/2020 - 04:47 Português
Poesia/Geral MISTÉRIOS 0 415 10/19/2020 - 02:20 Português
Poesia/Geral OS SENTIDOS 0 608 10/18/2020 - 14:48 Português
Poesia/Geral IDONEIDADE 0 428 10/17/2020 - 14:11 Português
Poesia/Soneto INTRÉPIDO 0 344 10/17/2020 - 01:37 Português
Poesia/Soneto EMBALOS 0 417 10/12/2020 - 00:36 Português
Poesia/Geral FUTUM 0 384 10/12/2020 - 00:00 Português
Poesia/Geral FUTUM 0 499 10/11/2020 - 23:57 Português
Poesia/Geral DOUTRINA 0 422 10/06/2020 - 04:33 Português
Poesia/Geral AMAR 0 464 09/30/2020 - 02:36 Português
Poesia/Gótico AGONY 0 470 09/27/2020 - 00:58 Português
Poesia/Geral AGONY 0 1.139 09/27/2020 - 00:21 inglês
Poesia/Geral INDOMÁVEL 0 375 09/26/2020 - 15:45 Português