CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Maneiras de lutar (Rubén Vela)

Que não me digam
que escrevem simplesmente,
que dizem o poema
sem pensá-lo sequer.
Que ele nasce porque sim.

É um árduo trabalho,
um ofício de ferreiros,
um fazer proletário.
Um cansaço que continuará amanhã.

Que não me digam
que se fazem poemas sem suores,
sem uma longa e violenta jornada de trabalho.
Tenho as mãos como as de um camponês,
duras, gastas, cheias de poemas.

Rubén Vela (1928-), poeta e diplomata argentino.
Poema de "Los Secretos", tradução live.

Submited by

sexta-feira, janeiro 17, 2014 - 23:09

Poesia :

No votes yet

AjAraujo

imagem de AjAraujo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 anos 5 semanas
Membro desde: 10/29/2009
Conteúdos:
Pontos: 15584

Comentários

imagem de AjAraujo

Maneiras de Lutar

Estimada poetisa, este poema é de um autor argentino - Rubén Vela. Sabe, eu também funciono como você, às vezes são retratos, instantâneos gravados na memória que afloram, como se fossem novamente vivificados, outras vezes surgem de algum lugar que não sei bem como definir, simplesmente me transformo em instrumento das gotas em palavras, como que brotam em um veio da montanha, é por aí... obrigado pela visita. Beijo no coração.

imagem de deborabenvenuti

Maneiras de lutar

Olá Rubén!

Pois eu te digo que tudo aquilo que escrevo vai surgindo sem eu pensar. Às vezes fico a imaginar de
onde surgem tantas idéias que vou colocando no papel. Se me esforçar para escrever,não escrevo nada.
Abraços

http://oacendedordecoracoes.blogspot.com.br

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of AjAraujo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Poetrix Poemas - de "Magma" (Guimarães Rosa) 2 18.735 06/11/2019 - 11:48 Português
Videos/Música Ave Maria - Schubert (Andre Rieu & Mirusia Louwerse) 1 24.912 06/11/2019 - 11:02 inglês
Poesia/Fantasia Cabelos de fogo 0 2.005 04/28/2018 - 21:38 Português
Poesia/Dedicado A criança dentro de ti 0 1.286 04/28/2018 - 21:20 Português
Poesia/Pensamentos O porto espiritual 0 1.241 04/28/2018 - 21:00 Português
Poesia/Dedicado Ano Novo (Ferreira Gullar) 1 1.125 02/20/2018 - 19:17 Português
Prosas/Drama Os ninguéns (Eduardo Galeano) 0 1.397 12/31/2017 - 19:09 Português
Poesia/Dedicado Passagem de ano (Carlos Drummond de Andrade) 0 1.715 12/31/2017 - 18:59 Português
Prosas/Contos Um conto de dor e neve (AjAraujo) 0 2.356 12/20/2016 - 11:42 Português
Prosas/Contos Conto de Natal (Rubem Braga) 0 1.748 12/20/2016 - 11:28 Português
Prosas/Contos A mensagem na garrafa - conto de Natal (AjAraujo) 0 3.041 12/04/2016 - 13:46 Português
Poesia/Intervenção Educar não é... castigar (AjAraujo) 0 1.191 07/08/2016 - 00:54 Português
Poesia/Intervenção Dois Anjos (Gabriela Mistral) 0 2.870 08/04/2015 - 23:50 Português
Poesia/Dedicado Fonte (Gabriela Mistral) 0 1.983 08/04/2015 - 22:58 Português
Poesia/Meditação O Hino Cotidiano (Gabriela Mistral) 0 1.896 08/04/2015 - 22:52 Português
Poesia/Pensamentos As portas não são obstáculos, mas diferentes passagens (Içami Tiba) 0 2.382 08/02/2015 - 23:48 Português
Poesia/Dedicado Pétalas sobre o ataúde - a história de Pâmela (microconto) 0 3.250 03/30/2015 - 11:56 Português
Poesia/Dedicado Ode para a rendição de uma infância perdida 0 1.810 03/30/2015 - 11:45 Português
Poesia/Tristeza Entre luzes e penumbras 0 2.230 03/30/2015 - 11:39 Português
Poesia/Tristeza No desfiladeiro 1 3.307 07/26/2014 - 00:09 Português
Poesia/Intervenção Sinais da história 0 1.894 07/17/2014 - 00:54 Português
Poesia/Fantasia E você ainda acha pouco? 0 2.967 07/17/2014 - 00:51 Português
Poesia/Aforismo Descanso eterno 2 3.577 07/03/2014 - 22:28 Português
Poesia/Intervenção Paisagem (Charles Baudelaire) 0 2.576 07/03/2014 - 03:16 Português
Poesia/Meditação Elevação (Charles Baudelaire) 0 2.672 07/03/2014 - 03:05 Português