CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Mel

- Mel -

O mel fora levado
as abelhinhas voavam bem vivas
zum, zum, zum, zum

Muita doçura seria espalhada
aos quatro cantos do mundo

Pães de mel...
balinhas de mel com gengibre
xaropes para curar as gargantas doídas

As abelhinhas pousavam nas flores
levavam o pólen para outros pomares
cantavam umas as outras
vamos levar alegrias a todos os lugares

Rios que corriam e viravam cachoeiras
peixinhos lindos nadavam livres
as borboletas voavam até cansarem

Chegava a noitinha
os vagalumes abriam a festa
suas luzes eram fluorescentes
as rãs e os sapinhos ficavam contentes

Duas onças pintadas, três carneirinhos
povoavam os sonhos do menininho

Muitas tramas, personagens e enredos
uma tranquilidade tamanha
mostrando uma força estranha

A natureza montou uma equipe
convocou e provocou os homens ao ócio
parem e pensem, olhem para mim

Somos todos um
tenham cautela com a laborlatria
deixem as abelhinhas voarem
fazerem o mel, deixar a vida doce

Respirem, pensem, reflitam
dê tempo ao tempo
usem outras matérias-primas

Abusem da vida...
esgotem as doses de amor
exagerem na poesia
transformem a tristeza em alegria.

Submited by

segunda-feira, dezembro 27, 2021 - 14:10

Poesia :

No votes yet

fabio ferreira do amaral

imagem de fabio ferreira do amaral
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 dia 10 horas
Membro desde: 05/07/2013
Conteúdos:
Pontos: 1958

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of fabio ferreira do amaral

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Primavera 0 228 02/14/2024 - 20:57 Português
Poesia/Fantasia Avenidas 0 228 02/14/2024 - 20:41 Português
Poesia/Geral O velhinho 0 1.080 01/19/2022 - 13:52 Português
Poesia/Geral Verdades irreais 0 1.100 01/19/2022 - 13:35 Português
Poesia/Geral Clausura 0 676 12/29/2021 - 14:24 Português
Poesia/Desilusão Os erros 0 763 12/29/2021 - 14:08 Português
Poesia/Pensamentos Solidão 0 576 12/29/2021 - 13:53 Português
Poesia/Pensamentos Carminha 0 1.074 12/27/2021 - 14:33 Português
Poesia/Fantasia Mel 0 1.098 12/27/2021 - 14:10 Português
Poesia/Intervenção Impossível ? 0 928 12/27/2021 - 13:51 Português
Poesia/Pensamentos Zé-ninguém 0 825 09/16/2021 - 14:47 Português
Poesia/Pensamentos Tempo Fora 1 1.172 06/17/2021 - 16:45 Português
Poesia/Fantasia Os tomates 1 1.257 06/17/2021 - 16:45 Português
Poesia/Amor Minha Musa 1 1.256 06/17/2021 - 16:43 Português
Poesia/Pensamentos Vazio 0 5.309 06/17/2021 - 13:23 inglês
Poesia/Geral Debaixo do sol 0 967 05/21/2021 - 15:10 Português
Poesia/Geral O amor 0 867 05/21/2021 - 14:52 Português
Poesia/Geral Fotografias 0 1.141 05/21/2021 - 14:38 Português
Poesia/Meditação Voz longínqua 0 1.375 05/19/2021 - 14:53 Português
Poesia/Pensamentos O porteiro 0 1.129 05/19/2021 - 14:21 Português
Poesia/Pensamentos Sombras 0 1.024 12/29/2020 - 17:02 Português
Poesia/Pensamentos Gotas 0 914 12/29/2020 - 16:47 Português
Poesia/Pensamentos Rastros 0 962 12/29/2020 - 16:33 Português
Poesia/Pensamentos Serpentes 0 1.285 12/28/2020 - 16:13 Português
Poesia/Pensamentos O deus do verão 0 1.338 12/26/2020 - 16:45 Português