CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Zé-ninguém

-  Zè-ninguém -

Zé-ninguém assistia a tevê
estava em posição de meditação
suas pernas começaram a ter cãibras
seu coração pulava de tanta palpítação

As notícias eram nefastas, patéticas
sua mente parecia explodir
Zé-ninguém era apenas um menino
que sorria às vezes
e sonhava em ser feliz

Zé-ninguém queria ser alguém
ora um jogador de futebol
outra um boxeador
acordava pensando em ser um bombeiro
apagando as chamas do mundo inteiro

Zé-ninguém fechava os olhos
fixava sua mente em um ponto luminoso
trazia para si pensamentos bons
sua barriga desejava bombons

Um menino ia ser apenas um homem
continuaria ouvindo tristezas da tevê
suas lágrimas virariam rios
encontrando o mar viver

Mar revolto afogando o homem já morto
em seus sonhos ao amanhecer

Tristeza é viver
apodrecer numa prisão
esquecer a vida lá fora
mergulhado na solidão

Zé-ninguém é um prisioneiro inocente
vítima das garrras da imaginação
preso a correntes
algemado a desilusão

Os juízes incompetentes são injustos
não enxergam a verdade, condenam precipitadamente
são menores que o Zé-ninguém
odeiam à liberdade!

Submited by

quinta-feira, setembro 16, 2021 - 14:47

Poesia :

No votes yet

fabio ferreira do amaral

imagem de fabio ferreira do amaral
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 dias 6 horas
Membro desde: 05/07/2013
Conteúdos:
Pontos: 1948

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of fabio ferreira do amaral

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral O velhinho 0 140 01/19/2022 - 13:52 Português
Poesia/Geral Verdades irreais 0 206 01/19/2022 - 13:35 Português
Poesia/Geral Clausura 0 132 12/29/2021 - 14:24 Português
Poesia/Desilusão Os erros 0 118 12/29/2021 - 14:08 Português
Poesia/Pensamentos Solidão 0 93 12/29/2021 - 13:53 Português
Poesia/Pensamentos Carminha 0 195 12/27/2021 - 14:33 Português
Poesia/Fantasia Mel 0 135 12/27/2021 - 14:10 Português
Poesia/Intervenção Impossível ? 0 144 12/27/2021 - 13:51 Português
Poesia/Pensamentos Zé-ninguém 0 246 09/16/2021 - 14:47 Português
Poesia/Pensamentos Tempo Fora 1 357 06/17/2021 - 16:45 Português
Poesia/Fantasia Os tomates 1 515 06/17/2021 - 16:45 Português
Poesia/Amor Minha Musa 1 468 06/17/2021 - 16:43 Português
Poesia/Pensamentos Vazio 0 2.371 06/17/2021 - 13:23 inglês
Poesia/Geral Debaixo do sol 0 344 05/21/2021 - 15:10 Português
Poesia/Geral O amor 0 282 05/21/2021 - 14:52 Português
Poesia/Geral Fotografias 0 366 05/21/2021 - 14:38 Português
Poesia/Meditação Voz longínqua 0 367 05/19/2021 - 14:53 Português
Poesia/Pensamentos O porteiro 0 489 05/19/2021 - 14:21 Português
Poesia/Pensamentos Sombras 0 364 12/29/2020 - 17:02 Português
Poesia/Pensamentos Gotas 0 400 12/29/2020 - 16:47 Português
Poesia/Pensamentos Rastros 0 375 12/29/2020 - 16:33 Português
Poesia/Pensamentos Serpentes 0 557 12/28/2020 - 16:13 Português
Poesia/Pensamentos O deus do verão 0 516 12/26/2020 - 16:45 Português
Poesia/Amor Primeiro 2 1.896 02/27/2018 - 12:32 Português
Poesia/Intervenção Recesso 4 2.058 02/08/2018 - 17:05 Português