CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A Memória Divina (Gabriela Mistral)

Se em minhas mãos abandonardes
uma desnuda estrela,
nem para defender minha alegria
saberei escondê-la.

Eu venho de uma terra
onde nada se perdia.

Se me abrirdes a gruta
maravilhosa assim como uma fruta
de ouro e púrpura que nos banha
os olhos de um grande assombro,
não cerrarei a gruta
nem à serpente, nem à luz do dia,

pois venho de uma terra
onde nada se perdia.

Se me ofereceres vasos
de cinamo e sândalo, capazes
de perfumar as raízes da terra
e de deter o vento quando erra,
a qualquer praia os confiaria,

pois venho de uma terra
em que nada se perdia.

Tive no peito a estrela viva
e inteira ardi como ocaso,
E tive a gruta ensolarada
em que prolongava o dia.

Porém não as guardei, convicta
de que não se oprime quem ama.
Dormi tranquila sobre a sua formosura,
fui serena ao sorver sua doçura.

Tudo perdi sem grito de agonia
pois venho de uma terra
onde a alma – eterna -
não perdia.


Gabriela Mistral, poeta chilena.

Submited by

sábado, janeiro 8, 2011 - 13:35

Poesia :

No votes yet

AjAraujo

imagem de AjAraujo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 8 semanas
Membro desde: 10/29/2009
Conteúdos:
Pontos: 15584

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of AjAraujo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Poetrix Poemas - de "Magma" (Guimarães Rosa) 2 17.221 06/11/2019 - 11:48 Português
Videos/Música Ave Maria - Schubert (Andre Rieu & Mirusia Louwerse) 1 23.695 06/11/2019 - 11:02 inglês
Poesia/Fantasia Cabelos de fogo 0 603 04/28/2018 - 21:38 Português
Poesia/Dedicado A criança dentro de ti 0 520 04/28/2018 - 21:20 Português
Poesia/Pensamentos O porto espiritual 0 538 04/28/2018 - 21:00 Português
Poesia/Dedicado Ano Novo (Ferreira Gullar) 1 688 02/20/2018 - 19:17 Português
Prosas/Drama Os ninguéns (Eduardo Galeano) 0 672 12/31/2017 - 19:09 Português
Poesia/Dedicado Passagem de ano (Carlos Drummond de Andrade) 0 674 12/31/2017 - 18:59 Português
Prosas/Contos Um conto de dor e neve (AjAraujo) 0 1.685 12/20/2016 - 11:42 Português
Prosas/Contos Conto de Natal (Rubem Braga) 0 1.051 12/20/2016 - 11:28 Português
Prosas/Contos A mensagem na garrafa - conto de Natal (AjAraujo) 0 2.104 12/04/2016 - 13:46 Português
Poesia/Intervenção Educar não é... castigar (AjAraujo) 0 784 07/08/2016 - 00:54 Português
Poesia/Intervenção Dois Anjos (Gabriela Mistral) 0 2.314 08/04/2015 - 23:50 Português
Poesia/Dedicado Fonte (Gabriela Mistral) 0 1.307 08/04/2015 - 22:58 Português
Poesia/Meditação O Hino Cotidiano (Gabriela Mistral) 0 1.383 08/04/2015 - 22:52 Português
Poesia/Pensamentos As portas não são obstáculos, mas diferentes passagens (Içami Tiba) 0 1.423 08/02/2015 - 23:48 Português
Poesia/Dedicado Pétalas sobre o ataúde - a história de Pâmela (microconto) 0 2.108 03/30/2015 - 11:56 Português
Poesia/Dedicado Ode para a rendição de uma infância perdida 0 1.363 03/30/2015 - 11:45 Português
Poesia/Tristeza Entre luzes e penumbras 0 1.684 03/30/2015 - 11:39 Português
Poesia/Tristeza No desfiladeiro 1 2.558 07/26/2014 - 00:09 Português
Poesia/Intervenção Sinais da história 0 1.486 07/17/2014 - 00:54 Português
Poesia/Fantasia E você ainda acha pouco? 0 2.291 07/17/2014 - 00:51 Português
Poesia/Aforismo Descanso eterno 2 2.906 07/03/2014 - 22:28 Português
Poesia/Intervenção Paisagem (Charles Baudelaire) 0 2.066 07/03/2014 - 03:16 Português
Poesia/Meditação Elevação (Charles Baudelaire) 0 2.007 07/03/2014 - 03:05 Português