CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Não vejo sinal

Aquela sensação paralisante
Que deixa a alma estática
O tempo não passa e prolonga-se os minutos
Como se a eternidade fosse real
Como se o infinito fosse visível
E o no pensamento só existisse uma coisa
A sua presença impregnada em mim.

Eu procuro tatear o espaço vazio
Aquele mesmo lugar onde sinto o seu perfume
E não vejo nem um sinal
Nada que possa me acalentar
Nada que possa me trazer de volta
A realidade que está patente aos meus olhos
Você se foi para sempre.

O tempo passou muito rápido
Quando tinha você comigo
E não dei nenhum valor aos seus anseios
E como água a escorrer pelos dedos
Você procurou outros ninhos
Você procurou outros caminhos
Onde pudesse encontrar o que eu não tinha.

Só desejo que o tempo continue
Que não fique parado assim
Quem sabe essa tristeza vá embora
E eu consiga caminhar outra vez
E eu consiga encontrar outro caminho
Que me leve ao coração de alguém.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

quinta-feira, novembro 16, 2023 - 12:14

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 15 horas 33 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 16191

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Intervenção A poesia para os tristes 6 210 07/16/2024 - 19:34 Português
Poesia/Amor A mensagem do amor em seus enredos 6 203 07/15/2024 - 23:35 Português
Poesia/Meditação A loucura da verdade 6 239 07/15/2024 - 13:45 Português
Poesia/Canção Tudo o que desejei 6 168 07/14/2024 - 17:02 Português
Poesia/Pensamentos Palavras escritas para os perdidos 6 524 07/13/2024 - 14:36 Português
Poesia/Amor Amanhã, quem sabe? 6 164 07/12/2024 - 13:50 Português
Poesia/Desilusão O tempo faz esquecer 6 297 07/11/2024 - 14:37 Português
Poesia/Pensamentos Esquecemos o que aconteceu ontem 6 541 07/10/2024 - 16:47 Português
Poesia/Desilusão Passados recompostos 6 482 07/09/2024 - 15:15 Português
Poesia/Desilusão Fere como um punhal 6 325 07/08/2024 - 16:19 Português
Poesia/Pensamentos Que mundo criamos? 6 492 07/07/2024 - 14:34 Português
Poesia/Intervenção Convoco os poetas 8 417 07/07/2024 - 14:28 Português
Poesia/Pensamentos Todas as canções possíveis 6 727 07/05/2024 - 14:21 Português
Poesia/Dedicado Canção ao Festival de Pesca 6 248 07/04/2024 - 14:55 Português
Poesia/Amor No silêncio da noite 6 229 07/03/2024 - 23:34 Português
Poesia/Desilusão Um olhar que se foi 6 374 07/02/2024 - 17:08 Português
Poesia/Amor Para tão longo amor 6 255 07/01/2024 - 13:51 Português
Poesia/Paixão Êxtase 6 170 06/30/2024 - 14:01 Português
Poesia/Pensamentos Escravos da mentira e do vento 6 1.048 06/29/2024 - 15:23 Português
Poesia/Intervenção Planeta a suspirar 6 257 06/29/2024 - 01:23 Português
Poesia/Amor Sempre 6 454 06/28/2024 - 02:07 Português
Poesia/Desilusão Saudade é minha poesia 6 272 06/26/2024 - 20:35 Português
Poesia/Amor Se alguém souber 6 258 06/25/2024 - 03:50 Português
Poesia/Amor Deusa em um jardim 6 646 06/23/2024 - 14:57 Português
Poesia/Pensamentos Um tolo por acreditar 6 956 06/22/2024 - 14:07 Português