CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

No mês que vêm

Todo dia, escuridão!
Toda manchete, um tapa!
Toda injustiça, um tombo!

A morte das certezas,
A duvida da justiça.

E agora José?

A honestidade falha,
O governo corrompe?
A população alienada?
Nada faz, nada faz...

Canibalismo a nível social,
Pré-conceito como resposta formal.

Aonde erramos a curva?
Aonde deixamos tudo ficar como esta?

E agora João?
O que fazer Maria?

Não há para onde correr,
A casa é uma prisão...
As ruas da liberdade,
Tem o preço do sangue.

Trabalhadores inocentes,
Assassinos, covardes e ladrões!
Impossível identificar,
Aonde só existe solidão.

Aonde uma pátria se esconde,
Atrás de uma chuteira...
Pé na bunda, parece brincadeira!

Justiça para que?
Justiça para quem?

Acreditamos sempre no discurso na tv,
Aceitamos o dinheiro como verdade,
E quando nos damos conta, a “conta”? Vem!
Em forma de eleição...
Em pacotes de desdém.

Na falta de leitos
O leito da morte,
Faz mais um refém.

Enquanto fechamos os olhos
E esperamos que as coisas melhorem,
Sempre no mês que vêm.

Submited by

quinta-feira, fevereiro 27, 2014 - 13:59

Poesia :

No votes yet

Pablo Gabriel

imagem de Pablo Gabriel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 semana 4 dias
Membro desde: 05/02/2011
Conteúdos:
Pontos: 2916

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Pablo Gabriel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação [Teias] 0 56 03/16/2020 - 14:24 Português
Poesia/Pensamentos [As vozes] 0 117 02/12/2020 - 19:15 Português
Poesia/Meditação [Vento] 0 61 02/10/2020 - 14:13 Português
Poesia/Pensamentos [Queda] 0 191 01/23/2020 - 20:15 Português
Poesia/Amor [Invisíveis] 0 79 01/06/2020 - 18:06 Português
Poesia/Meditação [Casas invisíveis] 0 223 12/13/2019 - 17:59 Português
Poesia/Meditação [PÓ] 0 134 12/09/2019 - 15:01 Português
Poesia/Pensamentos [A hora mais escura] 0 266 09/27/2019 - 18:59 Português
Poesia/Pensamentos [Urubus] 1 484 09/27/2019 - 13:24 Português
Poesia/Pensamentos [Fantasma] 0 235 09/19/2019 - 21:31 Português
Poesia/Amor [Teus lábios] 0 392 08/15/2019 - 15:01 Português
Poesia/Meditação [Á deriva] 0 801 05/08/2019 - 15:29 Português
Poesia/Meditação [Vazios] 0 909 04/03/2019 - 21:00 Português
Poesia/Meditação [Círculos] 0 1.145 03/12/2019 - 17:34 Português
Poesia/Meditação [Mundo] 0 820 12/07/2018 - 20:47 Português
Poesia/Meditação [Curtido] 0 1.137 11/26/2018 - 20:20 Português
Poesia/Meditação [Caminhar] 0 749 11/21/2018 - 14:21 Português
Críticas/Outros [A filosofia do povo] 0 1.269 10/30/2018 - 14:13 Português
Poesia/Meditação [Morto] 0 1.336 10/25/2018 - 19:56 Português
Poesia/Meditação [Novos velhos] 0 772 10/24/2018 - 14:52 Português
Poesia/Meditação [Preço] 0 636 10/23/2018 - 15:12 Português
Poesia/Meditação [Destempero] 0 712 10/05/2018 - 21:19 Português
Poesia/Meditação [Brasília] 0 716 08/03/2018 - 20:28 Português
Poesia/Meditação [Enlatado] 0 2.235 07/24/2018 - 15:13 Português
Poesia/Meditação [Malandro] 0 857 07/19/2018 - 15:11 Português