CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Nunca mais verá o meu sorriso

Houve um tempo em que meu sorriso era espontâneo.
Existia em mim uma felicidade
Que fazia meu coração pulsar
E eu nunca imaginava a saudade.

Nunca mais verá o meu sorriso.
O coração que ofereceu a ti o amor
Já não tem a coragem de te encarar
E carrega consigo imensa dor.

O meu semblante estará sempre fechado.
Como um pesadelo terrível na noite
Despertei-me do sonho cruel
E aceitei em mim o açoite.

Sua alegria que se foi com o tempo me fazia sorrir.
Já não existe aqui aquela flor
Do jardim encantado na primavera
Pois secaram na claridade desse calor.

Nunca mais verá o meu sorriso.
Mesmo que voltes da sua ausência
Meus passos seguirão o pôr-do-sol
Para tentar acalmar minha carência.

Odair José
Poeta e Escritor Cacerense

http://odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

quarta-feira, setembro 15, 2010 - 19:16

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 dia 6 horas
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 3342

Comentários

imagem de mariacarla

Re: Nunca mais verá o meu sorriso

Existirá sempre um grande sorriso no coração do poeta, pois mesmo sofredor, o coração choroso... nunca deixa de escrever poesia. Ficará escondido o sorriso por entre folhas e lágrimas de sangue derramadas no papel, pois assim é bela a tua poesia.

beijo

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor O que vejo em seus olhos 0 778 12/22/2015 - 15:13 Português
Poesia/Meditação Que sociedade é essa? 0 379 12/21/2015 - 20:13 Português
Poesia/Amor Que minha alma consiga expressar a razão do meu amor 0 758 12/14/2015 - 19:20 Português
Poesia/Desilusão A solidão me ajuda a caminhar 0 390 11/24/2015 - 01:07 Português
Poesia/Meditação O Doce Amargo da Tragédia 0 225 11/16/2015 - 21:49 Português
Poesia/Amor Se distante de mim você sorrir 0 556 10/28/2015 - 02:28 Português
Poesia/Pensamentos A agonia de querer ser livre 0 496 10/22/2015 - 02:30 Português
Prosas/Lembranças Poema de amor não correspondido 0 517 10/17/2015 - 02:18 Português
Poesia/Meditação Corra com os cavalos 0 423 10/16/2015 - 02:18 Português
Poesia/Meditação Tudo no mundo são sombras que passam 0 384 10/06/2015 - 15:36 Português
Poesia/Tristeza Não te encontrarei antes da noite 0 434 10/01/2015 - 02:12 Português
Poesia/Paixão Ejaculei o desejo 0 683 09/24/2015 - 18:02 Português
Poesia/Desilusão Recuso a despedir-me 0 342 09/24/2015 - 17:55 Português
Poesia/Meditação Acredite no impossível 0 386 09/24/2015 - 03:46 Português
Poesia/Tristeza Labirinto 0 510 09/23/2015 - 01:55 Português
Poesia/Fantasia A serpente entre os livros 0 735 09/21/2015 - 18:59 Português
Poesia/Amor Coração confuso 0 830 09/14/2015 - 22:13 Português
Poesia/Alegria Deixe marcas de felicidade por onde passar 0 545 09/12/2015 - 01:32 Português
Poesia/Amor Não leia este poema 0 400 09/11/2015 - 00:19 Português
Poesia/Meditação Deus! Cuida de mim! 0 891 09/11/2015 - 00:13 Português
Poesia/Amor Perdido em pensamentos 0 367 09/10/2015 - 23:48 Português
Poesia/Meditação Se alguém me matar eu perdoo a morte 0 376 09/07/2015 - 22:37 Português
Poesia/Amor Desejo de amar 0 346 09/07/2015 - 22:34 Português
Poesia/Amor Quando seu olhar cativou meu coração 0 316 09/07/2015 - 22:30 Português
Poesia/Tristeza O Pequeno Aylan 0 287 09/05/2015 - 01:43 Português