CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O PÃO E A LETRA

No rodízio noite e dia
Em que o sol chega e se ausenta
Há gente que se alimenta
E há de barriga vazia
A cabeça o verso cria
-Mas bem melhor se criasse
Um jeito que não faltasse
O pão na mesa do mundo
Cada letra o fosse pondo
E a toda fome saciasse.

Sérgio da Silva Teixeira
BAGÉ/RS/BRASIL.

Submited by

domingo, abril 18, 2021 - 17:52

Poesia :

No votes yet

Sérgio Teixeira

imagem de Sérgio Teixeira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 dias 3 horas
Membro desde: 01/24/2011
Conteúdos:
Pontos: 539

Comentários

imagem de Sérgio Teixeira

Sempre muito agradecido ao

Sempre muito agradecido ao amigo poeta, pelas palavras incentivadoras que só um mestre pode proferir.
Um forte abraço

imagem de J. Thamiel

coment

Parabéns pela atualidade do texto e
a ausência de banalidade.
J. Thamiel

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Sérgio Teixeira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral SONHANDO ACORDADO 0 50 10/13/2021 - 18:52 Português
Poesia/Geral OUTUBRO 0 49 10/01/2021 - 15:54 Português
Poesia/Geral SETEMBRO 4 425 09/21/2021 - 23:30 Português
Poesia/Fantasia A DÚVIDA 2 434 08/14/2021 - 21:49 Português
Poesia/Geral ABAIXO DE ZERO 0 124 07/29/2021 - 20:24 Português
Poesia/Geral QUEBRA CABEÇA 1 198 06/28/2021 - 15:38 Português
Poesia/Geral ALMA 0 203 05/17/2021 - 22:21 inglês
Poesia/Geral O PÃO E A LETRA 2 441 04/21/2021 - 23:20 Português
Poesia/Geral PERIGO REAL E IMEDIATO 2 380 04/08/2021 - 15:09 Português
Poesia/Geral A DERROTA DA MORTE 2 424 04/07/2021 - 15:46 Português
Poesia/Fantasia ETERNA INFÂNCIA 0 303 03/08/2021 - 01:19 inglês
Poesia/Geral PLANOS PARA O FUTURO 1 596 02/28/2021 - 11:18 Português
Poesia/Soneto SONETO DO MORTO VIVO 2 813 01/27/2021 - 17:26 Português
Poesia/Geral DÉCIMAS DO ATORMENTADO 2 359 01/27/2021 - 16:16 Português
Poesia/Soneto SONETO ANTAGÔNICO 3 623 01/27/2021 - 16:13 Português
Poesia/Geral DESEJO DE MORTE 4 323 01/24/2021 - 23:24 Português
Poesia/Geral DÉCIMAS DA PANDEMIA 1 465 12/04/2020 - 13:03 Português
Poesia/Soneto SONETO DA ESCURIDÃO 2 524 10/30/2020 - 12:15 Português
Poesia/Geral POEMA DO HOMEM INVISÍVEL 0 493 10/10/2020 - 20:45 Português
Poesia/Soneto SONETO À ESPERANÇA 1 414 09/21/2020 - 13:05 Português
Poesia/Geral DESPEDIDA 0 544 07/04/2020 - 21:40 Português
Poesia/Geral POR UNS E OUTROS MOTIVOS (RACISMO) 3 827 06/16/2020 - 21:07 Português
Poesia/Geral SOMOS TODOS IGUAIS (?) 2 830 05/25/2020 - 21:23 Português
Poesia/Geral O CANTAR DO MEU SILÊNCIO 2 697 05/06/2020 - 16:26 Português
Poesia/Soneto SONETO ÀS FLORES DA SEXTA-FEIRA SANTA 0 653 04/10/2020 - 16:10 Português