CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Ode ao Peido

ODE AO PEIDO
Jorge Linhaça

Vou falá desse amigo
qui muitos abomina
acham ele um perigo
todo mundo recrimina
mas anda sempre contigo
sejas tu rapaz ou menina

Quando ele aparece
tratam logo di isconder
alguns fazem inte prece
pru danado si conter
muitos se enrubescem
querendo na hora morrer

Pode falar fininho
quase qui num assovio
se chega devagarinho
causa inté um calafrio
se espalha rapidinho
como porva de pavio

pode vir di guerrilheiro
falando com metralhadora
traquetraqueando faceiro
duma forma vingadoura
espaiando no ar o cheiro
de repolho e de cebola

Num intendo o preconceito
eu cá num tenho nenhum
num vejo como defeito
apesar do seu futum
qualquer que seja o sujeito
duvido que num solte pum.

Sou a favor da liberdade
jogo aqui a minha sorte
podem xingar a vontade
num que isso me importe
ao peido em solidariedade
grito "liberdade ou morte!"

Que jogue a primeira flexa
quem nunca se aliviou
até nu meio da festa
e discretamente peidou
e batendo na sua testa
um outro num acusou.

e aqui vou terminando
essa minha homenagem
uns traques aqui soltando
desfrutando da aragem
e voce ta ai peidando
de rir desta molecagem

Num sei o baruio que faiz
o ventinho que tu soltou
mas di garanti sou capaiz
que oce já se aliviou
libertou do buxo o gais
e com essa eu já mi vou

pffuuuuiiiiiii
 

Submited by

segunda-feira, maio 23, 2011 - 12:16

Poesia :

No votes yet

Jorge Linhaca

imagem de Jorge Linhaca
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 anos 46 semanas
Membro desde: 05/15/2011
Conteúdos:
Pontos: 1891

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Jorge Linhaca

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação No dia em que eu Partir 0 918 07/11/2015 - 11:46 Português
Ministério da Poesia/Soneto Fiat Lux 0 3.069 07/11/2015 - 11:43 Português
Poesia/Soneto Minha cabeça já não pensa mais poesia 0 634 07/11/2015 - 11:35 Português
Poesia/Comédia Punheta seca ou molhada...o que mais te agrada? 1 7.146 11/19/2013 - 18:16 Português
Culinária/Sobremesas baba de moça 1 3.425 10/20/2011 - 20:41 Português
Culinária/Outros Tapioca 2 2.183 10/20/2011 - 20:38 Português
Poesia/Fantasia Aquarela da vida 1 2.849 10/20/2011 - 20:35 Português
Poesia/Soneto Nefelin do amor 1 1.364 10/20/2011 - 20:32 Português
Poesia/Soneto Pé Na Estrada 1 1.694 10/20/2011 - 20:31 Português
Poesia/Alegria CARTA PRÔ SANT'ANTÔNHO 0 1.128 06/10/2011 - 20:34 Português
Poesia/Aniversários A Ti, Afortunado Amigo 0 2.331 06/06/2011 - 15:02 Português
Prosas/Outros A Democracia da Depressão 0 1.512 06/06/2011 - 13:16 Português
Poesia/Soneto Poeta Fora do Tempo 0 2.318 06/06/2011 - 00:39 Português
Poesia/Soneto Meu Último Verso 0 2.870 06/06/2011 - 00:36 Português
Poesia/Soneto Eu, Nefelin do Amor 0 1.366 06/06/2011 - 00:34 Português
Poesia/Geral Quem Dera 0 1.737 06/06/2011 - 00:30 Português
Poesia/Comédia Vamos comer uma Sakana? 0 3.438 06/04/2011 - 16:10 Português
Poesia/Comédia Caldo de Pinto 0 2.428 06/04/2011 - 15:14 Português
Poesia/Comédia Vamos comer uma putanesca 0 2.435 06/04/2011 - 15:13 Português
Poesia/Comédia Vamos comer uma Kenga? 0 2.456 06/04/2011 - 15:11 Português
Poesia/Comédia Como Fazer uma Chupetinha 0 3.530 06/04/2011 - 15:09 Português
Poesia/Geral Churrasco para os amigos 0 1.493 06/04/2011 - 15:06 Português
Poesia/Geral Caruru para os amigos 0 2.004 06/04/2011 - 15:05 Português
Culinária/Pratos Principais Carreteiro de Charque 0 4.072 06/04/2011 - 15:02 Português
Culinária/Sobremesas Chico Balanceado 0 2.899 06/04/2011 - 14:59 Português