CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

OS SONS DA VILA

Entre sons da Vila
Há um que se foi
Fim talvez da fila
Do berro do boi
Noite, tarde, dia
Saudação é “oi”

Cantiga bem-vinda
Ouço, pelo menos
Resiste a venenos
O pássaro ainda
E ao homem pequeno
De ganância infinda

Mas, parece isento
Talvez fim, não tem
Parceiro do vento
Mistério do além
Som que sonolento
Escuto do trem

Mesmo sem o apito
No calor ou inverno
Faz barulho o atrito
No amigo fraterno
Constante conflito
Que parece eterno

Do trilho e da roda
A inércia e o rodar
Alheios à moda
Que sai ao chegar
Som da madrugada
Pra meu versejar

Às vezes bem alto
Escuto o relincho
De um cavalo solto
Som normal do bicho
E o meu tempo curto
Com meu verso espicho

Som de bicho e trem
Nenhum mal carrega
O mal que convém
Político prega
Razão quem não tem
A verdade nega.

Sérgio da Silva Teixeira
BAGÉ/RS/BRASIL.

Submited by

segunda-feira, abril 25, 2022 - 17:44

Poesia :

No votes yet

Sérgio Teixeira

imagem de Sérgio Teixeira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 17 horas 8 minutos
Membro desde: 01/24/2011
Conteúdos:
Pontos: 585

Comentários

imagem de Sérgio Teixeira

Meu prezado amigo escritor

Meu prezado amigo escritor poeta J. Thamiel, agradeço imensamente pelo comentário e prestígio aos meus versos, motivo para que eu ainda continue nessa estrada.
Um fraterno abraço.

imagem de J. Thamiel

Só para reforçar: Louvando o

Só para reforçar:

Louvando o que bem merece
Deixo o que é ruim de lado
Louvando o que bem merece
Deixo o que é ruim de lado

Gilberto Gil

imagem de J. Thamiel

Parabéns, amigo. Seus versos

Parabéns, amigo.
Seus versos são dos poucos
que eu consigo ler até o fim.
J. Thamiel.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Sérgio Teixeira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Anúncios/Outros - Vende-se LIVROS DE MINHA AUTORIA 0 17 06/15/2022 - 00:37 Português
Poesia/Soneto SONNETO DE LA ESPERANZA 0 38 05/09/2022 - 23:40 Espanhol
Poesia/Geral OS SONS DA VILA 3 721 05/09/2022 - 16:33 Português
Fotos/Pessoais LIVRO MEMORIAL EM CONTOS E VERSOS 0 135 04/15/2022 - 13:59 Português
Poesia/Soneto SONETO DO FANTOCHE 2 499 03/30/2022 - 17:05 Português
Poesia/Amor SANTA CRIANÇA 0 151 12/31/2021 - 16:56 Português
Poesia/Geral A PALAVRA MISÉRIA 0 208 12/28/2021 - 16:49 Português
Poesia/Geral VIAGEM AO INTERIOR 0 218 11/19/2021 - 23:23 Português
Poesia/Geral A PIADA E O PASSARINHO 4 413 11/18/2021 - 17:37 Português
Poesia/Geral SONHANDO ACORDADO 2 678 10/27/2021 - 17:57 Português
Poesia/Geral OUTUBRO 0 217 10/01/2021 - 15:54 Português
Poesia/Geral SETEMBRO 4 676 09/21/2021 - 23:30 Português
Poesia/Fantasia A DÚVIDA 2 616 08/14/2021 - 21:49 Português
Poesia/Geral ABAIXO DE ZERO 0 379 07/29/2021 - 20:24 Português
Poesia/Geral QUEBRA CABEÇA 1 346 06/28/2021 - 15:38 Português
Poesia/Geral ALMA 0 492 05/17/2021 - 22:21 inglês
Poesia/Geral O PÃO E A LETRA 2 687 04/21/2021 - 23:20 Português
Poesia/Geral PERIGO REAL E IMEDIATO 2 531 04/08/2021 - 15:09 Português
Poesia/Geral A DERROTA DA MORTE 2 643 04/07/2021 - 15:46 Português
Poesia/Fantasia ETERNA INFÂNCIA 0 526 03/08/2021 - 01:19 inglês
Poesia/Geral PLANOS PARA O FUTURO 1 767 02/28/2021 - 11:18 Português
Poesia/Soneto SONETO DO MORTO VIVO 2 1.049 01/27/2021 - 17:26 Português
Poesia/Geral DÉCIMAS DO ATORMENTADO 2 543 01/27/2021 - 16:16 Português
Poesia/Soneto SONETO ANTAGÔNICO 3 891 01/27/2021 - 16:13 Português
Poesia/Geral DESEJO DE MORTE 4 507 01/24/2021 - 23:24 Português